31 de agosto de 2013

E, no fim de agosto, Yanni Live at El Morro, Puerto Rico

Hoje é o último dia de agosto.
Os antigos diziam (ou rimavam) que agosto era "mês de desgosto" ou "mês de cachorro louco", em uma época que a vacinação canina ainda não era disseminada.
Bobagens! De qualquer forma, que vá em paz, esperando que tenha sido um bom mês para todos. Pelo menos "normal".
Eu tenho um digipack (CD + DVD) do tecladista e compositor grego Yanni chamado "Live at El Morro - Puerto Rico", gravado em um antigo forte à beira do Atlântico, no Caribe.
Nele, tem uma antiga música instrumental (parece que tem uma versão com letra) que ele não apresentava há décadas. 
Ele compôs em um momento difícil de sua vida, quando ainda morava na Grécia (há muito tempo reside nos EUA). O recado que ele manda com a canção é a de que, estando com problemas, dificuldades, ao invés de emanar sentimentos ruins como raiva, desgosto, tristeza, utilizou lições aprendidas para criar momentos musicais belos, visando transmitir amor, paz, felicidade, esperança e fé.
O nome da música? "End of August"!


"O sonho de 20 anos de Yanni de tocar no lindo Castillo San Felipe Del Morro, do século XVI, em Porto Rico, tornou-se realidade no último mês de dezembro, quando ele apresentou e gravou dois concertos com ingressos esgotados em HD e 5.1 Dolby Digital Surround Sound para transmissões internacionais e norte-americanas via PBS. A apresentação no El Morro conecta o famoso marco porto-riquenho a outros locais espetaculares como o Taj Mahal, na Índia, a Acrópole, na Grécia, e a Cidade Proibida, na China, que já receberam as performances mundialmente famosas de Yanni. O repertório do CD e DVD conta com Yanni e sua renomada orquestra apresentando de forma majestosa os sucessos favoritos do público, incluindo “Truth of Touch”, “Voyage” e “Vertigo”, do úlitmo álbum de estúdio de Yanni, Truth of Touch, lançado no ano passado. Além disso, o CD e DVD traz uma novíssima versão do grande hit de Yanni “Nightingale”, junto a outros clássicos que não eram gravados há décadas, tais como “The End of August”, “The Rain Must Fall”, “Felitsa”, “Ode To Humanity” e mais dois bis: “Niki Nana” e “One Man’s Dream”. O lançamento de Yanni: Live At El Morro, Puerto Rico também marca o início de uma grande turnê mundial de dois anos. A primeira parte da turnê começa em West Palm Beach (Florida) e atravessará os EUA e o Canadá. Uma turnê na América do Sul acontecerá em seguida, e outra turnê, por diversas cidades chinesas, está marcada para 2013 e deve continuar por 2014."
P.S.do blogueiro: Ele passou por aqui em 2012. Que tal retornar no ano da Copa?!
Castillo San Felipe Del Morro, Porto Rico

30 de agosto de 2013

The Book Is On The Table: "O Príncipe da Privataria"

Mais um livro bomba! 
Mais um que provavelmente será evitado pela mídia, ministério público, etc. 
Mas se fosse o PT...

 
"Uma grande reportagem, 400 páginas, 36 capítulos, 20 anos de apuração, um repórter da velha guarda, um personagem central recheado de contradições, poderoso, ex-presidente da República, um furo jornalístico, os bastidores da imprensa, eis o conteúdo principal da mais nova polêmica do mercado editorial brasileiro: O Príncipe da Privataria – A história secreta de como o Brasil perdeu seu patrimônio e Fernando Henrique Cardoso ganhou sua reeleição (Geração Editorial, R$ 39,90)."

Musa da Semana: Osmary Hidalgo

Não tem jeito: vai chegando a sexta-feira e os amigos começam a cobrar.
Então vamos lá.
Fomos na Venezuela buscar a Musa da Semana.
A latino-americana Osmary Hidalgo tem 21 anos, é modelo e atriz.
No momento atua em uma novela ("Dulce Amargo") na emissora Televen.
Em março deste ano foi capa da Playboy venezuelana com sucesso total.
E é essa espetacular atuação da morena curvilínea que trazemos para os nossos nobres leitores, pedindo licença às nossas queridas leitoras.








29 de agosto de 2013

Uma Nova Terra: Despertando a Finalidade da Vida (ou: "O Olho do Espectador")

Eye of the Beholder é um curta-metragem que incentiva o espectador a abandonar idéias e concepções antigas sobre o ser e sobre o mundo para voltar a um lugar de admiração e reverência.
Belo vídeo da natureza.
Gostamos muito de postar isso por aqui: o computador serve de janela para o mundo natural, fora do escritório.
Este tem uma narrativa em inglês. Infelizmente não consegui legendado.
Mas o que está sendo dito foi em parte baseado no livro "A New Earth: Awakening to Your Life's Purpose" do escritor Eckhart Tolle.
Desta forma resolvi colocar, logo abaixo do pequeno documentário visual, um trecho do referido livro para que os leitores entrem no clima do que é proposto (atenção: não se trata de uma tradução do que está sendo dito do filme).
A música é de Michael Wynne e a produção de Doug Urquhart.
Assistam em tela cheia e com fones.



(...) "Desse modo, quando estamos atentos e contemplamos uma flor, uma ave ou um cristal sem nomeá-los mentalmente, eles se transformam numa janela para o que não tem forma. Surge uma abertura interna, ainda que quase imperceptível, para o domínio espiritual. É por isso que, desde tempos imemoriais, essas três formas de vida "iluminadas" desempenham um papel tão importante na evolução da consciência humana. Também é por essa razão que, por exemplo, a jóia da flor de lótus é um símbolo fundamental do budismo, enquanto uma ave branca - a pomba -representa o Espírito Santo no cristianismo. Elas vêm preparando o terreno para uma mudança mais profunda na consciência planetária que está destinada a acontecer com nossa espécie. Esse é o despertar espiritual que estamos começando a testemunhar agora.
Estará a humanidade pronta para uma transformação da consciência, um florescimento interior tão radical e profundo que, comparado a ela, o desabrochar das flores, por mais bonito que seja, pareça apenas seu pálido reflexo? Seremos capazes de perder a densidade das nossas estruturas mentais condicionadas e nos tornar como cristais ou pedras preciosas, isto é, transparentes à luz da consciência? Conseguiremos desafiar a atração gravitacional do materialismo e da materialidade e permanecer acima da identificação com a forma, que mantém o ego imóvel e nos condena à prisão dentro da nossa própria personalidade?
A possibilidade de ocorrer uma transformação desse tipo tem sido a essência dos ensinamentos de grande sabedoria da humanidade. Os mensageiros - Buda, Jesus e outros, nem todos conhecidos - foram as
primeiras flores do gênero humano. São os chamados precursores, seres raros e preciosos. Como um florescimento mais disseminado ainda não era possível na época em que eles viveram, suas mensagens se tornaram amplamente incompreendidas e muito distorcidas. Assim, não transformaram o comportamento humano, exceto no que diz respeito a um pequeno número de pessoas.
Estaria a humanidade mais preparada agora do que na época dos primeiros mestres? Por que se poderia esperar isso? O que você pode fazer, se é que pode, para produzir ou apressar essa mudança interna? O que caracteriza o antigo estado egóico da consciência e quais sinais nos permitem reconhecer a nova consciência que está surgindo?"

Humor de Quinta: Verbetes bem explicados

Tem algumas (ou muitas) palavras da língua portuguesa que possuem mais de um significado.
Recebi esta lista que mostra algumas delas.
Só que o significado mostrado é apenas um deles. E é aquele da criatividade humorística do brasileiro.
O blog, contribuindo com os dicionários da língua portuguesa, orgulhosamente apresenta verbetes que merecem destaque especial.
Aliás, o que é mesmo "verbete"? Wikipedia: Verbete é um texto escrito, de caráter informativo, destinado a explicar um conceito segundo padrões descritivos sistemáticos, determinados pela obra de referência da qual faz parte: mais comumente, um dicionário ou uma enciclopédia. O verbete é essencialmente destinado a consulta, o que lhe impõe uma construção discursiva sucinta e de acesso imediato, embora isso não incorra necessariamente em curta extensão. Geralmente, os verbetes abordam conceitos bem estabelecidos em algum paradigma acadêmico-científico, ao invés de entrar em polêmicas referentes a categorias teóricas discutíveis.
Então tá.

ABREVIATURA - ato de se abrir um carro de policia;
ALOPATIA - dar um telefonema para a tia;
CÁLICE - ordem para ficar calado;
CAMINHÃO - estrada muito grande;
CATÁLOGO - ato de se apanhar coisas rapidamente;
DESTILADO - aquilo que não está do lado de lá;
DETERGENTE - ato de prender indivíduos suspeitos;
DETERMINA - prender uma garota;
ESFERA - animal feroz amansado;
LEILÃO - Leila com mais de 2 metros de altura;
KARMA - expressão mineira para evitar o pânico;
LOCADORA - uma mulher maluca de nome Dora;
NOVAMENTE - diz-se de indivíduos que renovam sua maneira de pensar;
QUARTZO - partze ou aposentzo de um apartamentzo;
RAZÃO - lago muito extenso porém pouco profundo;
RODAPÉ - aquele que tinha carro mas agora roda a pé;
SAARA - muulher do Jaaco;
SIMPATIA - concordando com a irmã da mãe;
SOSSEGA - mulher desprovida de visão;
TALENTO - característica de alguma coisa devagar;
TÍPICA - o que o mosquito nos faz;
UNÇÃO - erro de concordância muito frequente (o correto seria UM É);
VATAPÁ - ordem dada por prefeito de cidade esburacada;
VIDENTE - dentista falando sobre seu trabalho;
VIÚVA - ato de ver uva;
VOLÁTIL - sobrinho avisando onde vai.

28 de agosto de 2013

Ainda os Médicos Cubanos

Quando vi a foto que reproduzo abaixo fiquei tão envergonhado que nem toquei no assunto.
Depois, a bem da verdade, achei que poderia ser uma armação.
Parece que não era mesmo. Infelizmente.
Hoje saiu uma reposta do médico cubano vaiado.
Reproduzimos a seguir.


Médico cubano dá lição de dignidade a colegas brasileiros

Os brasileiros deveriam fazer como a gente, ir nos lugares mais pobres

"O médico cubano Juan Delgado [de camisa amarela, na foto acima, conforme saiu na capa da Folha de S. Paulo], que foi vaiado e chamado de “escravo” por médicos do Ceará, deu uma lição de dignidade ao responder às ofensas dirigidas a ele durante o protesto da categoria. Em entrevista à Folha de São Paulo, Delgado se mostrou surpreso com as atitudes dos colegas brasileiros e disse que não entendeu o motivo da hostilidade, já que está no país para ser “escravo da saúde e dos pacientes doentes, pelo tempo que for necessário”. Os ataques ao médico cubano e a outros profissionais estrangeiros aconteceram na segunda-feira, após o primeiro treinamento do programa Mais Médicos. Juan foi estampado numa foto com duas mulheres de jaleco branco, aparentando boas condições financeiras, que o vaiavam.

“Vamos ocupar lugares onde eles não vão”, disse Delgado, em referência ao manifesto dos médicos cearenses. O médico cubano ficou impressionado com a reação dos colegas de profissão e ressaltou que os estrangeiros que chegaram ao Brasil “não vão tirar os postos de trabalho dos brasileiros”. Delgado se candidatou ao Mais Médico por vontade própria e já atuou no Haiti. Durante a entrevista, ele deu um caminho mais civilizado para os médicos brasileiros evitarem a contratação de outros estrangeiros. “Eles [médicos brasileiros] deveriam fazer o mesmo que nós, ir aos lugares mais pobres prestar assistência”, opinou. Para ele, o comportamento ofensivo não está partindo de toda a classe, mas apenas de alguns que rejeitam os cubanos.

Delgado comentou sobre as dificuldades que os médicos cubanos podem encontrar nas áreas mais remotas do país. “O trabalho vai ser difícil, porque vamos a lugares onde nunca esteve um médico e a população vai precisar muito de nossa ajuda”, disse Delgado, completando que é possível oferecer uma assistência eficiente à população, mesmo em condições de infraestrutura precária.

Nesta terça-feira (27), o Ministério da Saúde e outras entidades da classe médica no Ceará pediram desculpas aos médicos cubanos ofendidos e classificaram como “intolerância, racismo e xenofobia” a atitude dos médicos do Simec. O presidente do sindicato, José Maria Pontes, alegou que as vaias não foram dirigidas aos profissionais cubanos, mas aos gestores do curso e a expressão “escravos” não teve um sentido pejorativo. A presidente Dilma Rousseff também comentou o incidente, com a frase “Eu achei bom os aplausos”.

Jornalista é criticada por comentários preconceituosos

A jornalista potiguar, Michelline Borges, provocou revolta nas redes sociais ao se referir de forma racista e preconceituosa aos médicos cubanos que chegaram ao Brasil para trabalhar no programa Mais Médicos. “Me perdoem se for preconceito, mas essas médicas cubanas têm uma cara de empregada doméstica”, comentou a jornalista no seu perfil no Facebook. Na mesma postagem, Michelline questiona o profissionalismo dos médicos, comentando que “Médico, geralmente, tem postura, tem cara de médico, se impõe a partir da aparência”, diz ela. No final do texto, a jornalista deseja sorte ao povo brasileiro. Após ser acusada de racismo por milhares que usuários das redes sociais, que criticaram o tom preconceituoso que a jornalista tratou o assunto, Michelline apagou o seu perfil no Facebook, mas antes a postagem foi compartilhada por mais de mil pessoas.

Nesta quarta-feira (28), milhares de usuários das redes sociais estão promovendo manifestos em favor dos médicos cubanos e comentando os últimos protestos. Pelo perfil #bemvindomedicoscubanos, no Twitter, a população está deixando a sua opinião, pedindo desculpas aos médicos estrangeiros pelo comportamento dos médicos brasileiros no Ceará e elogiando o programa Mais Médicos."
Fontes:
Jornal do Brasil
Viomundo

Médicos Desaparecidos

É claro que não se pode generalizar, mas notícias como essas quase que fazem parte da rotina.
Aí fica difícil reclamar da contratação de médicos estrangeiros, concordam?
Aliás foi um absurdo o que aconteceu ontem quando médicos cubanos foram vaiados em Fortaleza (não sei quem vaiou), quando estavam fazendo um curso. Se não concordam recorram apenas às vias políticas e jurídicas. Os médicos estrangeiros são seres humanos e labutam na mesma bela profissão. Merecem o minimo de respeito.

Procura-se: Médicos 'fogem' de expediente em hospital público
Eles deveriam estar no Cardoso Fontes, onde têm salários de até R$ 16 mil, mas quase não vão ao hospital público
Por João Antonio Barros e Francisco Edson Alves

Rio - "A face oculta do Hospital Cardoso Fontes, em Jacarepaguá, ganha contornos e vida nas clínicas particulares. Praticamente desaparecidos da emergência e dos ambulatórios, onde deveriam trabalhar todas as semanas, um grupo de médicos e enfermeiros raramente é visto atendendo no hospital. Passa o dia no corre-corre para cumprir a extensa agenda de clientes exigentes nas Zonas Sul e Oeste.
No Rio, 88 médicos estrangeiros — nenhum cubano — entram nesta quarta-feira no terceiro dia de avaliação do Programa Mais Médicos, no Centro Cultural Banco do Brasil. As aulas são de saúde pública brasileira e Língua Portuguesa. Eles não escondem a ansiedade.
No estado, serão contratados 70 médicos, 10 deles estrangeiros, para trabalhar em 14 municípios: Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Mesquita, Nova Iguaçu, Paracambi, Queimados, Rio, São Gonçalo, São João de Meriti e Seropédica."
Leiam o restante em O Dia

27 de agosto de 2013

O Doi-Codi, a Embaixada em La Paz e a Direita

É claro que já estão tentando botar algum peso nas mãos de Dilma relativo ao episódio da fuga sem salvo-conduto do Senador boliviano. Tudo é motivo para estancar a retomada do crescimento da aceitação de seu governo.
Sobre este assunto duas matérias que colhi na Internet.
A primeira são as declarações de Dilma feitas hoje.
A segunda, uma matéria que mostra gente da oposição interessada na saída do senador de La Paz, segundo declarações de um deputado que conheceria toda a história.

O Doi-Codi e a Embaixada em La Paz
"Demonstrando irritação com o episódio da entrada do senador boliviano Roger Pinto Molina no Brasil, a presidente Dilma Rousseff fez questão de dar uma declaração à imprensa para destacar a sua preocupação com a segurança do senador. Dilma também aproveitou a conversa com jornalistas para distinguir a situação de confinamento do senador na Embaixada do Brasil em La Paz da realidade de presos políticos no Brasil durante a ditadura militar.
"Não há nenhuma similaridade. E eu estive no DOI-Codi. Eu sei o que é o DOI-Codi. E asseguro a vocês: é tão distante o DOI-Codi da embaixada brasileira lá em La Paz, como é distante o céu do inferno. Literalmente, isso", disse Dilma, irritada, questionando um dos principais argumentos usados pelo encarregado de negócios do Brasil em La Paz, Eduardo Saboia , que assumiu a responsabilidade pela operação que trouxe Pinto Molina ao Brasil no sábado.
A presidente afirmou que o Brasil "jamais" poderia aceitar em momento algum sem salvo-conduto do governo da Bolívia trazer Molina para o Brasil. "Não poderia colocar em risco a vida de uma pessoa que estava sob sua guarda", disse.
Dilma reagiu também dizendo que a embaixada brasileira é "extremamente confortável" e ressaltou que o governo brasileiro tentou negociar em "vários momentos" o salvo-conduto de Molina. "E não conseguimos", observou.
"Lamento profundamente que um asilado brasileiro tenha sido submetido à insegurança que este foi. Porque um Estado democrático e civilizado, a primeira coisa que faz, é proteger a vida, sem qualquer outra consideração. Protegemos a vida, a segurança e garantimos o conforto ao asilado", ponderou a presidente.
"Se nada aconteceu (com o senador na fuga) não é a questão, poderia ter acontecido", declarou a presidente, acrescentando: "Um governo não negocia vidas, um governo age para proteger a vida. Não estamos em situação de exceção." "
Fonte: IG



Fuga de senador foi ação orquestrada, diz deputado do PT
"Para o deputado Cláudio Puty (PT-PA), que participou de uma missão oficial à Bolívia, em março, onde conheceu os principais personagens envolvidos na trama, fuga do senador boliviano Roger Pinto (foto) não foi obra individual de um destemido diplomada brasileiro, mas ação organizada pela direita com apoio de setores conservadores do Itamaraty, que atuam contra governos progressistas latino-americanos e a favor do agronegócio."
Por Najla Passos, de Brasília.

Brasília –" A fuga do senador boliviano que custou o cargo ao ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, não foi obra individual de um destemido diplomada brasileiro, mas uma ação organizada pela direita com apoio de setores conservadores do Itamaraty, que mantêm estreitos laços em questões políticas e econômicas, como o boicote aos governos socialistas e a defesa intransigente do agronegócio.
A avaliação é do deputado Cláudio Puty (PT-PA), que participou de uma missão oficial à Bolívia, em março, onde conheceu os três principais personagens envolvidos na trama: o então embaixador do Brasil na Bolívia, Marcel Biato, que patrocinou a aceitação brasileira ao pedido de asilo político do senador, o diplomata brasileiro Eduardo Sabóia, que afirma ter organizado sozinho a fuga do político, e o próprio senador oposicionista Roger Pinto, que viveu 545 dias na embaixada brasileira na Bolívia.
“Esta foi uma ação sem precedente na história da diplomacia brasileira. Como pode um diplomata patrocinar a fuga de um criminoso comum, à revelia do governo brasileiro, escondido do governo boliviano e com o apoio explícito da direita brasileira, que já o aguardava na fronteira do país?”, questiona Puty.
Para ele, é inadmissível que o Brasil, que não aceitou o pedido de asilo político do ex-agente da CIA, Edward Snowden, corra o risco de colocar em xeque as relações com um país amigo para ajudar um criminoso comum como Roger Pinto. “Pelo que consta, o Brasil não reconhece a Bolívia como um governo de exceção. Portanto, essa ação foi um atentado à soberania boliviana que precisa ser punida exemplarmente”, acrescentou.

Missão oficial
O deputado foi à Bolívia acompanhado de outros quatro colegas que, como ele, atuavam na CPI do Trabalho Escravo. Em visita à embaixada brasileira em La Paz, se surpreenderam com a presença de Roger Pinto. “Ele usava a embaixada como escritório particular para fazer oposição ao governo de Evo Morales. Recebia colegas do partido e concedia entrevista livremente”, relembra.
Puty ficou muito impressionado também com a postura de Biato e Sabóia que, a despeito das excelentes relações bilaterais entre Brasil e Bolívia, tratavam aquele país com total desrespeito. “Eles falavam sobre a Bolívia, os bolivianos e o Evo com tanto preconceito que o jantar de recepção à nossa delegação terminou em bate-boca”, recorda ele, ressaltando a cumplicidade ideológica entre diplomatas e senador.
Para o deputado, a aceitação do pedido de asilo político, patrocinada por Biato, foi um erro que, desde então, tem gerado desconforto na relação Brasil e Bolívia. Pressionado, o Brasil decidiu transferir Biato para a Suécia, em junho passado. Saboia, então, passou a responder como embaixador em exercício."
Leiam o restante em Carta Maior

A Importância de um bom descanso

Interessante os temas abordados no post "Por que você não deveria trabalhar uma quantidade de horas definida" do designer Michael Choo, fundador do site ooomf, traduzido pelo Papo de Homem.

O artigo é divido nos seguintes temas:
- Como surgiu a semana de trabalho de 40 horas
- Notívagos vs Madrugadores
- A importância de ter um respiro
- Dê uma pausa não apenas por criatividade (mas pela sua saúde)
- 4 passos para a felicidade no trabalho-vida

Reproduzimos pequena parte do texto:
"Como nossos corpos foram projetados para trabalhar em ritmos, não por horas seguidas, pausas são tão importantes quanto o trabalho que fazemos.
Uma pesquisa discutida no livro Creativity and the Mind mostrou que pausas regulares melhoram significativamente habilidades relacionadas à dissolução de problemas, em parte, por facilitar para você a busca por pistas na sua memória.
Focar apenas no seu trabalho por quatro ou cinco horas seguidas limita as suas chances de fazer novas e perspicazes conexões neurais, coisa que não vai ajudar quando você precisar ser criativo.
Algumas empresas têm adotado essa necessidade de retirada do trabalho para aumentar produção e criatividade.
No seu TED talk, o designer gráfico Stefan Sagmeister explica a importância do tempo livre e porque ele desativa seu estúdio por um ano. Sagmeister diz que esse afastamento do trabalho permite que ele e seus colegas ganhem novas perspectivas e frescor, culminando em produzir um trabalho melhor.
Quirky, uma empresa web, está trabalhando em um experimento de desativar suas operações por quatro semanas todos os anos. Aqui está uma citação de um e-mail do CEO da Quirky, Ben Kaufman, enviou à equipe:
    Nós estamos desligando a máquina inteira por quatro semanas no próximo ano. Ao invés de funcionar por 52, vai funcionar por 48.
    Este é um completo e obrigatório desligamento de todas as atividades internas. Luzes apagadas. Respiração profunda…
    Nossa tese é centrada no fato de que isso vai nos levar a trabalhar melhor, mais produtos bonitos e um time emocionalmente equilibrado
."

26 de agosto de 2013

Por onde anda Nikka Costa?

Todos em algum momento já se perguntaram "por onde anda tal pessoa", referindo-se a algum amigo ou conhecido do qual não tem notícias há muito tempo.
Com a nossa crônica falta de tempo nem nos damos conta que ele está passando rápido demais e que, apesar dos facebooks da vida, as pessoas seguem por caminhos diferentes e aquele amigo agora é distante no tempo e espaço.
Isso se aplica também a pessoas que não fizeram parte de círculos de amizade mas que marcaram de alguma forma em algum momento a nossa vida.
Me refiro a atores e atrizes, cantores e cantoras, jogadores de futebol (para apaixonados pelo esporte), etc.
Tudo isso porque hoje ouvi uma antiga música que não ouvia há décadas e que tinha a curiosidade de ser cantada por uma menina de uns oito anos mais ou menos e fez sucesso mundial no início dos anos 70.
Filha do maestro e produtor Don Costa que era amigo de Fank Sinatra que veio a ser padrinho dela, desapereceu depois de duas lindas músicas que eu ouvia muito.
Por onde andará hoje a ítalo-americana (que nasceu em Tókio) Nikka Costa?
Não resisti e fui tentar descobrir alguma coisa na Internet. E achei.
Depois de indas e vindas, altos e baixos na vida pessoal e profissional, ela tem hoje 41 anos, casada e com um filho.
Voltou a gravar e tem público cativo em alguns países. Adotou um visual sexy e continua seu caminho pop na vida, que vai nos levando daqui pra li, de lá pra cá.
Para mim ela sempre lembrará a angelical cantora de "I Believe In Love" e "On My Own", parada no tempo.
Embora esteja bem sexy atualmente... ;)



25 de agosto de 2013

The Book Is On The Table: Vem aí "Nem Morto 2" e você pode apoiar

Wikipedia: O financiamento coletivo1 (crowdfunding) consiste na obtenção de capital para iniciativas de interesse coletivo através da agregação de múltiplas fontes de financiamento, em geral pessoas físicas interessadas na iniciativa. O termo é muitas vezes usado para descrever especificamente ações na Internet com o objetivo de arrecadar dinheiro para artistas, jornalismo cidadão2 , pequenos negócios e start-ups, campanhas políticas, iniciativas de software livre, filantropia e ajuda a regiões atingidas por desastres, entre outros.

O excelente ilustrador Léo Finocchi, filho do amigo Fábio Finocchi está com um projeto no site Catarse para arrecadar fundos e viabilizar a continuação da saga do ótimo livro HQ "Nem Morto". O blog está apoiando.



"O que aconteceria se alguém morresse, virasse um zumbi e quisesse retornar a sua vida normal antes da morte?
Essa é a premissa do Nem Morto, quadrinho que venho publicando na Internet desde maio de 2010.
Meu nome é Leonardo Finocchi. No ano passado lancei o Nem Morto – volume 01, o primeiro livro de Nem Morto, que foi indicado ao Troféu HQMix de Melhor Publicação Independente de Autor de 2012.
Agora quero lançar o Nem Morto – volume 02: Apocalipse. Nesse segundo livro veremos a continuação da história. O que acontece quando o simples fato de ser um zumbi andando livremente por aí fica perigoso demais pra sociedade?
Dessa vez lançarei o livro pelo Catarse e preciso de 6000 reais. Nesse valor já estão incluídos a impressão do livro, as recompensas e a taxa do Catarse.
O volume 2 terá também algumas tiras inéditas – tiras que nunca entrarão no site, criadas por convidados especiais (só gente de alta qualidade!). Todos serão apresentados durante a campanha. Além disso o volume 02 terá 136 páginas coloridas (24 a mais que no primeiro livro). Um detalhe importante: no Catarse o preço do livro vai ser mais barato do que quando acabar a campanha!!!!

A previsão de lançamento é pro FIQ (Festival Internacional de Quadrinhos) em Novembro de 2013 em Belo Horizonte. Caso fique pronto antes você pode escolher entre pegar no FIQ ou receber na sua casa.
A campanha tem valores diferentes pra recompensas diferentes (confira ao lado). Mas preste bastante atenção: há recompensas apenas com o volume 02 e outras recompensas pra quem quiser os dois livros (Nem Morto – Volume 01 e Nem Morto – Volume 02) de uma vez só.
Pra isso acontecer, preciso do apoio de vocês. Colabore com alguma das recompensas e/ou divulgue no facebook, no twitter, fale para seus amigos, espalhe a notícia por aí!"
E-mail pra contato: contato.nemmorto@gmail.com
http://nemmorto.com/
https://www.facebook.com/nemmorto

Os Médicos Cubanos e o Trabalho Escravo

Chupa essa, CFM!
Fonte da Imagem: Porra Serra
"O maior questionamento nas redes sociais a respeito da cooperação do Ministério da Saúde, por intermédio da OPAS/OMS, para a vinda de médicos cubanos para o Brasil é o de que Cuba reteria parte do dinheiro, seria uma forma de trabalho escravo.
Bom, a pergunta que fica: é trabalho escravo somente por que são médicos? Ou por que são cubanos?
No Brasil, quando se contrata qualquer empresa de serviços, que envolve profissionais de nível superior, esta empresa fica com cerca de 51% do que a contratante destinou, repassando somente 49% aos funcionários. Se for um profissional de nível médio, a empresa fica com cerca de 47%, repassando apenas o restante: 53%.
Isto também ocorre entre operadoras de planos de saúde e médicos credenciados. Ou seja, também recebem apenas a metade.
Ou seja: pau que dá no Chico não pode dar no Francisco? Ninguém nunca bradou que o modelo de Cuba era trabalho escravo. E agora virou?"
Por Fernando Ramos Silva
Fonte: Com Texto Livre

24 de agosto de 2013

De volta ao velho toca-discos

Já deu para perceber que estes blogueiros são aficionados por boa música.
E, em época de mp3, ainda achamos prazer em manusear a parte física da música: CDs e LPs com suas capas e encartes.
Se o mp3 facilita para ouvirmos música em qualquer lugar, em casa raramente utilizo esse formato.
Pois bem, além dos aparelhos que rodam CDs - notebook, CD player, home-theater, blu-ray - possuo dois antigos toca-discos para os LPs. Um Gradiente e outro Sony. Ambos do início dos anos 1980 que fazem conjunto com um pré-amplificador Cygnus que ligo no home-theater.
Acontece que os três (os players e o pré) precisam de manutenção, andam dando uns estalos e falhas que incomodam. O difícil é achar quem conserte.
Entramos no motivo principal deste post: catando umas ofertas em CD na Internet (existem raridades novas sendo vendidas a R$ 12,00!) me deparei com o aparelho que vocês podem conferir abaixo.
Trata-se de uma réplica de rara peça dos anos 40, que veio antes da "Radio-Vitrola" que era em formato de móvel surgido nos anos 1950.
Fizeram umas adaptações e colocaram tape-deck na lateral que é um aparelho que toca fitas cassete (ou K-7) e radio AM/FM analógico e toca CDs. Mas o design anos 40 permaneceu o mesmo, com botões, madeira, etc.
Pois adorei a réplica e achei que seria ótimo dar uma descansada nos velhos toca-discos e passar a utilizar este. A potência não é grande coisa, mas pode-se ligar em um amplificador.
O preço estava bom. Restava saber se uma peça dessa iria combinar com o restante da sala. É claro que não. Mas fui salvo pelo modismo vintage e pela abertura das possibilidades de misturar itens bem diferentes em decoração.
Achei um lugar ideal para ele de forma que não se destaque tanto e faça uma composição inusitada com os
demais apetrechos do ambiente. Ficou legal e eu matei as saudades desse visual e do bom som dos meus vinis.
Resta frisar que eu não sou da época deste aparelho - que fique bem claro - o máximo que me lembro são das radio-vitrolas, quando ainda era criança. Mas sempre li a respeito da evolução dos aparelhos de som e é um assunto que tem tudo a ver com música, obviamente.
Logo após a foto, coloquei trecho da publicidade do aparelho.
E, mais abaixo, um documentário sobre uma velha loja de discos e seu proprietário.
Quem frequentou ou frequenta velhos sebos, que quase não existem mais, vai se emocionar.
Infelizmente está em inglês, mas dá para entender grande parte, até mesmo pelas imagens do caos da loja. Por incrível que pareça o velho senhor musical sabe onde estão todos os títulos que dispõe.

"Curta o retorno do LP com estilo. Bandas e gravadoras voltaram a lançar e relançar grandes sucessos em vinil. Não é apenas um modismo, o mercado de vinil cresce continuadamente e com muita força em todo o mundo. Com 60 anos de existência o vinil se mantém vivo entre os apaixonados pela boa música. O ritual prazeroso e relaxante de retirar o disco do álbum e colocá-lo para tocar não tem paralelo em outras mídias. Resgate sua coleção de vinil ou aproveite e comece a sua curtindo seus LPs com estilo. O Sistema Hi-Fi CLASSIC da CTX reúne qualidade superior e design único."

O Documentário
"Com CDs, LPs, VHSs e velhas fitas cassete empilhados até o teto, a Rainbow Music é um paraíso para colecionadores.
Apesar da aparente bagunça, o seu proprietário peculiar, conhecido como "The Birdman ', sabe exatamente onde está tudo.
Entre as Starbucks e estações de metrôs surgindo em todos os cantos do East Village, a Rainbow Music mantém o seu estilo e a sensação pop: é uma jóia escondida para seus clientes.
Devido à fraca economia, as vendas online de música e à pirataria, bem como a mudança de bairro, este rabugento carismático está lutando para vender o que ele tem em sua loja.
Apesar destes desafios, The Birdman continua a sua própria melodia."

O documentário recbeu os seguintes prêmios e indicações:
WINNER: Grand Jury Award for Short Documentary 2013 Slamdance Film Festival
WINNER: Best Documentary Short, 2012 Williamsburg Independent Film Festival
WINNER: Neighborhood Award, 2013 Lower East Side Film Festival
WINNER: Audience Favorite 2013 Media Film Festival
OFFICIAL SELECTION: 2012 Doc NYC Film Festival
OFFICIAL SELECTION: 2013 Independent Film Festival Boston
OFFICIAL SELECTION: 2013 Arizona International Film Festival
OFFICIAL SELECTION: Rooftop Films 2013 Summer Series


E veja também: Roteiros do Vinil em São Paulo

23 de agosto de 2013

Colombiana faz 21 cirurgias plásticas no rosto e corpo: será que valeu a pena?

Não sei onde isso vai parar...
Neste caso eu acho que, dependendo do ângulo de visão, a coisa ficou desproporcional. Sobretudo a bunda em relação às coxas e à cintura. Quer dizer, os glúteos.
Reproduzo duas fotos, mas confiram 16 fotos da recordista em cirurgias plásticas clicando aqui.
Enfim, é o mundo pós-moderno...

"A colombiana Yenis Lugo passou por 21 cirurgias que transformaram seu rosto e corpo tanto a ponto de amigos e familiares não a reconhecerem. Somente no rosto ela fez sete cirurgias."

"Entre os procedimentos aos quais a colombiana se submeteu, estão lipoescultura no rosto, braços, pernas, abdômen e costas; retoques no abdômen; três cirurgias para afinar o nariz; duas no queixo; operações para marcar as maçãs do rosto; dois procedimentos para aumentar os glúteos; enchimento nos lábios; e quatro cirurgias para aumentar os seios."

"A primeira cirurgia foi nos seios e deu início a uma série de retoques que ela necessitava. Yenis conseguiu se tornar modelo, trabalho conciliado com as atividades no hospital.  Mas quando voltou à cidade natal, Montería, ninguém a reconheceu."



Musa da Semana: Carol Dias

A jovem Ana Caroline Dias, nascida em São Paulo em 1990 (23 anos), não tem o que reclamar.

Bela morena de cabelos negros (bem, por enquanto não mudou a cor dos mesmos) já atuou em diversos programas de TV, foi Ring Girl (aquelas meninas que aparecem anunciando o número do round nas lutas de MMA) e atualmente é uma das famosas Panicats - o programa de TV que faz sucesso agora na Band.

Sobretudo este segundo semeste de 2013 promete: acaba de posar para o site Paparazzo, atuou em campanha de jeans e deverá ser capa da revista Sexy de novembro, cujo ensaio fotográfico será no México.

Realmente nada mal...

O blog acompanha o sucesso da moça e presenteia os 'marmanjos' com algumas imagens de Carol Dias, a nossa Musa da Semana desta sexta-feira.

Para começar bem o fim de semana.





 







Na semana passada ou retrasada - não me peçam para lembrar esses detalhes: a memória não anda lá essas coisas - colocamos, para finalizar o post, uma imagem que nada tinha a ver com a musa escolhida mas que tinha a mesma temática: belas mulheres, só que em uma abordagem diferente, fora dos padrões.
Achei uma boa ideia e de vez em quando vamos enriquecer o post desta forma.
Hoje escolhi esta imagem que é capa do novo disco da banda britânica de Power-Metal Cain's Dinasty. Seria legal encontrar um clipe da banda com essas personagens, não acham?! Vou procurar! :)

21 de agosto de 2013

Palestra em vídeo: Moral e estilo de vida na crise da contemporaneidade

Excelente palestra sobre a realidade contemporânea. A realidade da nossa vida, é importante frisar.

"O questionamento sobre a ética aparenta ser constante na sociedade. Com ou sem crise. Com mudança ou não de valores e paradigmas. O discurso da eficácia corporativa e suas metas, tão elogiados no início do século, hoje é duramente condenado. Problemas econômicos e ambientais sugerem o retorno aos valores baseados no respeito e na cooperação.
Com o advogado e filósofo Clóvis de Barros Filho."


7 de Setembro: O Desfile Golpista

Taí a "Operação 7 de setembro"... Dá para acreditar?


Quem são os organizadores de um protesto contra Dilma Rousseff no Dia da Independência
por André Barrocal — publicado 20/08/2013
"As manifestações de junho começaram com a defesa do transporte público gratuito e de qualidade por militantes do Movimento Passe Livre (MPL), mas depois tomaram rumos novos e uma proporção inesperada. Aglutinados pelas redes sociais da internet, milhares de jovens foram às ruas contra “tudo isso que está aí”, sobretudo os partidos políticos. Nas mesmas redes sociais há quem tente articular outra explosão de protestos, agora no Dia da Independência. Não se sabe se o plano vai funcionar, mas uma coisa é certa: ao contrário dos acontecimentos de junho, o movimento nada tem de apartidário.

O alvo da “Operação Sete de Setembro” é a presidenta Dilma Rousseff. O caráter político-ideológico da “operação” fica claro quando se identificam alguns de seus fomentadores pela internet. Entre os mais ativos consta uma ONG simpatizante de uma conhecida família de extrema-direita do Rio de Janeiro, os Bolsonaro. E um personagem ligado ao presidente da Assembleia Legislativa e do PSDB paranaenses, Valdir Rossoni. É uma patota e tanto. Envolvidos em algumas denúncias de corrupção, não surpreenderia se eles mesmos virassem alvo de protestos.

A ONG em questão é a Brazil No Corrupt – Mãos Limpas, sediada no Rio. Seus principais integrantes são dois bacharéis em Direito, Ricardo Pinto da Fonseca e seu filho, Fábio Pinto da Fonseca. Há cinco anos eles brigam nos tribunais contra a Ordem dos Advogados do Brasil na tentativa de acabar com a exigência de uma prova para obter o registro de advogado. Os dois foram reprovados no exame da OAB. Em sua página na internet e no Twitter, a ONG promove a “Operação Sete de Setembro” e a campanha Eu não voto em Dilma: Eleição 2014, Brasil sem PT.

Um dos principais parceiros da entidade nas redes sociais é o deputado estadual fluminense Flávio Bolsonaro, do PP. Pelo Twitter, ele compartilha informações, opiniões e iniciativas da ONG. A dobradinha extrapola o mundo ­virtual. Bolsonaro comanda na Assembleia do Rio uma frente para acabar com a prova da OAB. Em Brasília, a ONG conseguiu um neoaliado, o líder do PMDB na Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, que encampou a ideia de extinguir o exame.

Filho do deputado federal Jair Bolsonaro, Flávio tem as mesmas posições do pai, célebre representante da extrema-direita nacional. Os Bolsonaro são contra o casamento gay, as cotas raciais nas universidades e os índios. Defendem a pena de morte e a tortura. Chamam Dilma de “terrorista” por ter ela enfrentado a ditadura da qual eles sentem saudade. “Naquele tempo havia segurança, havia saúde, educação de qualidade, havia respeito. Hoje em dia, a pessoa só tem o direito de quê? De votar. E ainda vota mal”, declarou o Bolsonaro mais jovem não faz muito tempo.

A ONG adota posturas parecidas com aquela dos parlamentares. Em sua página na internet, um vídeo batiza de “comissão da veadagem” alguns dos críticos da indicação do pastor Marco Feliciano para o comando da Comissão de Direitos Humanos da Câmara. Divulga ainda um vídeo de ­teor racista contra nordestinos, no qual o potencial candidato do PT ao governo do Rio, o senador Lindbergh Farias, nascido na Paraíba, é chamado de... “paraibano”.

A agressividade no trato com os semelhantes custou aos Fonseca uma denúncia à Justiça elaborada pelo Ministério Público Federal no ano passado. Pai e filho foram acusados de caluniar o juiz federal Fabio Tenenblat. Em 2009 e 2010, ambos entraram na Justiça com ­duas ações populares contra o exame da OAB e o então presidente da entidade no Rio, Wadih Damous. A segunda ação parou nas mãos de Tenenblat, que a arquivou em julho de 2011. Na sentença, o juiz acusa os autores de “litigância de má-fé”, pelo fato de manterem outra ação semelhante. “O dolo, a deslealdade processual e a tentativa de ludibriar o Poder Judiciário são evidentes”, anotou.

Na apelação levada ao juiz para tentar reabrir o caso, os Fonseca e seu advogado, José Felicio Gonçalves e Souza, acusaram Tenenblat de favorecer a OAB “por tráfico de influência ou por desconhecimento”, o que “demonstra claramente sua parcialidade e má-fé como magistrado”. Em maio de 2012, os três foram denunciados pela procuradora Ana Paula Ribeiro Rodrigues por crime contra a honra. Em novembro, um acordo suspendeu o processo por dois anos. Os acusados foram obrigados a se retratar publicamente, a se apresentar à Justiça de tempos em tempos e a pedir autorização sempre que pretenderem deixar o Rio por mais de 30 dias. Também levaram uma multa. Se descumprirem o acordo, o processo será retomado.

Ari Cristiano Nogueira, outro ativo incentivador nas redes sociais da “Operação Sete de Setembro”, também está na mira do Ministério Público. Morador de Curitiba, é investigado por promotores estaduais por supostamente ser funcionário fantasma do gabinete do deputado Rossoni.

Nogueira é um ativo militante na internet sob o pseudônimo Ary Kara. Por meio do Twitter, foi o primeiro a circular, em meados de julho, a notícia de que Dilma teria recebido na eleição de 2010 uma doação de 510 reais de uma ex-beneficiária do Bolsa Família, chamado por ele de “bolsa preguiça”. Dias depois, a doação, registrada na prestação de contas de Dilma entregue à Justiça eleitoral, virou notícia nos meios de comunicação. O Ministério do Desenvolvimento Social acionou a doa­dora, Sebastiana da Mata, para saber se a contribuição era dela mesmo. Ela negou.

Por Twitter e Facebook Nogueira é um dos difusores da convocação para o “maior protesto da história do Brasil”, em 7 de setembro. Sua página no Twitter é ilustrada com o dizer “Partido Anti Petralha”, forma depreciativa de se referir aos militantes petistas bastante difundida na rede de computadores. No Orkut, define-se como “conservador de direita” e manifesta preferência pelo PSDB. Até junho de 2012, era assessor do presidente do partido no Paraná, como contratado na Assembleia. Deixou o gabinete para trabalhar na campanha à reeleição do então prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, que concluía o mandato herdado em 2010 do atual governador do Paraná, o tucano Beto Richa.

Em 2010, uma série de denúncias levou o MP estadual a abrir um inquérito para apurar uma lista com mais de mil supostos funcionários fantasmas na Assembleia. Nogueira a integrava. Desde então, alguns suspeitos foram denunciados e julgados. O caso de “Ary Kara” segue em aberto. O promotor Rodrigo Chemim aguarda uma autorização judicial para quebrar o sigilo bancário do investigado. Espera ainda por respostas de empresas de segurança onde Nogueira teria trabalhado, enquanto deveria dar expediente no Parlamento estadual.

Rossoni, antigo patrão de Nogueira, foi investigado pelo Ministério Público por uso de caixa 2 na eleição de 2010, pois parte dos gastos de sua campanha não estava comprovada. Ao julgar o caso em agosto do ano seguinte, o Tribunal Regional Eleitoral reconheceu a existência de despesas de pagamento sem a devida comprovação, mas os valores foram considerados baixos e o deputado acabou absolvido por 4 votos a 2.

Reeleito à presidência da Assembleia, o tucano foi recentemente acusado de receber benefícios de empresas donas de contratos de rodovias privatizadas no Paraná. Durante mais de dois anos, o parlamentar conseguiu barrar a criação de uma CPI do Pedágio no estado. Perdeu, porém, a guerra. A comissão parlamentar de inquérito foi instalada no mês passado."
Fonte: Carta Capital

20 de agosto de 2013

O cão e a criança

Não sou muito de ficar assistindo esses videos emocionantes. 
Quando tenho tempo de entrar no You Tube vou direto procurar umas raridades musicais ou alguma coisa de humor.
Mas fui pego por esse filme de um cão labrador interagindo com uma criança especial.
Realmente emocionante.



"O vídeo-clipe mostra a demonstração de amizade entre um garotinho com Síndrome de Down e um enorme cão.

O cão parece entender a situação e parece também querer dar carinho, conforto, esperança e ânimo ao menino.

Há momentos em que o cão parece querer falar com o garotinho como um pai ao filho. Se soubesse falar, o que ele diria..."

Saúde: Pesquisas científicas russas poderão provar fenômenos 'esotéricos' e curas 'inexplicáveis'


Sempre adotamos com cuidado aqui no blog temáticas 'esotéricas' e religiosas, embora sempre tenhamos achado que as fronteiras entre ciência e espiritualidade vão um dia se dissolver. O mesmo para a separação corpo / mente / espírito.
No Oriente isso se encontra mais avançado. Pelo lado não científico em algumas regiões, pelo lado científico em outras.
No segundo caso está a Rússia que faz pesquisas nessa área desde fins da Segunda Guerra Mundial (nem sempre com fins pacíficos, diga-se de passagem).
Recebi parte do texto abaixo e saí pesquisando de onde vinha. Consegui descobrir e copiei o texto completo, de tradução e autoria da Psicóloga e Terapêuta Tânia Resende, dentro do site Anima Mundhy.
Muito interessante e nada fantasioso considerando as referências e os trabalhos desenvolvidos dentro da filosofia da Física Quântica.
 
Cientistas revelam: DNA possui funções medíunicas: telepatia, irradiação e contato interdimensional!

“Nosso DNA é um biocomputador”, dizem cientistas russos.

Pesquisas científicas poderão explicar os fenômenos como a clarividência, a intuição, atos espontâneos de cura e auto cura e outros.


Quando cientistas começaram a desvendar o mundo da genética, compreenderam a utilidade de apenas 10% do nosso DNA.
O restante (90%) foi considerado “DNA LIXO”, ou seja: sem função alguma para o corpo humano.
Porém, este fato foi motivo de questionamentos, pois alguns cientistas não acreditaram que o corpo físico traria algum elemento que não tivesse alguma utilidade.
E foi assim que o biofísico russo e biólogo molecular Pjotr ​​Garjajev e seus colegas iniciaram pesquisas com equipamentos “de ponta”, com a finalidade de investigar os 90% do DNA não compreendido.
E os resultados apresentados são fantásticos, atingindo aspectos antes considerados “esotéricos” do nosso DNA.

Antes de continuar, ATENÇÃO:
Este é um breve resumo, em linguagem não científica, sem a pretensão de ser um tratado científico. Se você gosta de uma linguagem mais científica, de conhecer relatórios de pesquisas e de “ler para crer”, referências estão ao longo deste texto e ao final do mesmo.
Não deixe abrir os links e aventurar-se nas leituras. São interessantíssimas, vão muito além deste breve resumo.

Deseja debater e questionar a teoria e referidas pesquisas?
Clique aqui para contatar Dr. Pjotr ​​Garjajev, PhD



AS EVIDÊNCIAS DAS PESQUISAS

1. O DNA tem propriedade telepática? Hipercomunicação do DNA
A partir das últimas pesquisas, cientistas concluíram que o nosso DNA é receptor e transmissor de informações além tempo-espaço.
Segundo essas pesquisas, o nosso DNA gera padrões que atuam no vácuo, produzindo os chamados “buracos de minhoca” magnetizados. São “buracos de minhocas” microscópicos, semelhantes aos “buracos de minhocas” percebidos no Universo.
Estudos sobre “buracos de minhocas” (Pontes de Einstein-Rosen) estão sendo aprofundados com a intenção de comprovar que os mesmos funcionam como pontes ou túneis de conexões entre áreas totalmente diferentes no universo, através das quais a informação é transmitida fora do espaço e do tempo.
Para pesquisadores, o DNA atrai informação e as passa para as células, uma função que os cientistas consideram como a internet do corpo físico, porém mais avançada que a internet que entra em nossos computadores.
Em pesquisas realizadas no Departamento de Química do “Imperial College London“ observou-se que há interações entre duas cadeias simples de DNA em sequências homólogas (similares) e estão investigando os possíveis mecanismos de reconhecimento e interações entre DNAs homólogos à distância.
Se esta e outras hipósteses similares forem comprovadas, significará que o DNA possui propriedades semelhantes ao que se poderia chamar de “telepatia interespacial e interdimensional”.
Em outras palavras, cientistas pesquisam a Hipercomunicação do DNA, partindo da ideia de que o DNA está aberto á diversos níveis de comunicação.
Pesquisas relacionadas à Hipercomunciação do DNA poderão explicar os mecanismos de fenômenos medíunicos como clarividência, cura á distância, intuição, telepatia, atos espontâneos de cura, auto cura e outros.
Na natureza, a hipercomunicação foi aplicada com sucesso por milhões de anos, organiznando fluxo de vida nos reinos dos insetos, por exemplo.

Sobre o tema, leia também:
DNA double helices recognize mutual sequence homology
Three-stranded DNA structure; is this the secret of DNA homologous recognition?


2. Reprogramação do DNA através da mente e das palavras
O grupo de Garjajev descobriu também que o DNA possui uma linguagem própria, contendo uma espécie de sintaxe gramatical, semelhante á gramática da linguagem humana, levando-os a concluir que o DNA é influenciável por palavras emitidas pela mente e pela voz, confirmando a eficácia das técnicas de afirmação, de hipnose (ou auto hipnose) e de visualizações positivas.
Esta foi uma descoberta impressionante, pois diz que se nós adequarmos as frequências da nossa linguagem verbal e das imagens geradas por nosso pensamento, o DNA se reprogramará, aceitando uma nova ordem e uma nova regra, a partir da ideia que está sendo transmitida.
O DNA, neste caso, recebe a informação das palavras e das imagens do pensamento e as transmite para todas as células e moléculas do corpo, que passam a ser comandadas segundo o novo padrão emitido pelo DNA.
Os cientistas russos estão sendo capazes de reprogramar o DNA em organismos vivos, usando as frequências de ressonância de DNA corretas e estão obtendo resultados bastante positivos, especialmente na regeneração do DNA danificado!
Utilizam para isso a Luz Laser codificada como a linguagem humana para transmitir informações saudáveis ao DNA e essa técnica já está sendo aplicada em alguns hospitais universitários europeus, com sucesso em vários tipos de câncer de pele. O câncer é curado, sem cicatrizes remanescentes.
Um “a parte”: Unindo ciência com a espiritualidade
Permita-me uma junção: estas foram descobertas impressionantes, pois nos lembra os ensinamentos (a nós, espiritualistas) dos hindus sobre os mantras, das afirmações positivas, dos Decretos da Grande Fraternidade Branca, do envio de Luz à distância e tantos outros.
Ensinamentos estes que nos dizem que ao qualificarmos postitivamente a nossa linguagem verbal, o nosso pensamento e as imagens geradas por nosso pensamento, o DNA (e todo o Ser) se reprogramará, aceitando uma nova ordem e uma nova regra, a partir da ideia que está sendo transmitida.
Uma indicação: vale a pena ler o livro: “As Chaves de Enoch“,  onde J.J. Hurtak explica de forma maravilhosa e completa essa união entre ciência e espiritualidade, abordando especialmente a interferência sonora sobre nossas moléculas.

Voltando aos cientistas
Os cientistas russos estão sendo capazes de reprogramar o DNA em organismos vivos, usando as frequências de ressonância de DNA corretas e estão obtendo resultados bastante positivos, especialmente na regeneração do DNA danificado!
Porém, essas pesqusias estão ainda em suas fases iniciais, mas já é possível vislumbrar grandes avanços para a saúde humana.
Utilizam a Luz Laser codificada para transmitir informações corretas ao DNA.
Sobre o tema, leia também:
The operation of the laser holographic-data converter
Linguistic Wave Genetics
Brief introduction into WaveGenetics
Change the letters in the table names


3. O DNA responde á interferências da Luz Laser
Continuando nessa linha de pesquisas, o pesquisador russo Dr. Vladimir Poponin, colocou o DNA em um tubo e enviou feixes de Luz Laser através dele. Quando o DNA foi removido do tubo, a Luz Laser continuou a espiralar no DNA e a irradiar, formando como que “pequenos chacras”.
O DNA mostrou-se agir como um cristal quando faz a refração da Luz, concluindo que o DNA mantém e irradia a Luz que recebe.
Esta descoberta está levando os cientistas a investigarem com maior profundidade a formação dos campos eletromagnéticos ao redor do DNA, o que possivelmente levará a uma maior compreensão sobre os campos eletromagnéticos ao redor das pessoas (aura), assim como também poderá levar ao entendimento das irradiações emitidas por curadores e sensitivos, partindo do pressuposto de que as mesmas acontecem segundo esse mesmo padrão observado no DNA: receber e irradiar, manter a Luz e assumir novos padrões.
Sobre o tema, leia também:
Reading (scanning) and recording of localized light 


Mais um “a parte” fora da ciência: Assuma o Comando do seu Ser!
Apesar de estarmos apenas começando, as pesquisas continuam – e se aprofundam, dia-a-dia. Vemos que muitos aspectos interessantes estão sendo desvendados. Os pesquisadores acreditam que ainda estão por descobrir muito mais.
Por enquanto, pelo sim, pelo não, as evidências científicas nos estimulam a continuarmos com as técnicas de afirmações positivas, cuidando dos nossos pensamentos e das imagens por geradas na mente, a fim de que as nossas transmissões sejam correspondentes a saúde, ao bem estar e a harmonia, enviadas não apenas ao DNA como também para todo o Ser!
Tenho certeza de que o nosso DNA agradece por suas informações positivas transmitidas a ele!
Que tal melhorar as suas transmissões verbais e mentais?
Comunique-se positivamente com seu corpo e reprograme seu DNA, enviando-lhes as frequências corretas!
Luz e Paz!
Tania Resende

Deseja aprofundar-se?
DNA Wave biocomputer functions

Molecular – tissuey “radio stations”
Antenna Model 
Mathematical Modeling of solitons on DNA 
Quantum teleportation of genetic-metabolic information
The Biological Chip in our Cells – Revolutionary results of modern genetic


18 de agosto de 2013

Músicas especiais para uma boa semana

Uma fantástica seleção com energia positiva para uma ótima semana que vai começando bem fria, pelo menos aqui por essas bandas.

Ouçam com fones e vejam em tela cheia.

Primeiro o harpista suíço Andreas Wollenweider em incrível e rara perfomance live.

Depois a clássica "Starway To Heaven" do Led Zeppelin executado pelas irmãs Ann e Nancy Wilson do histórico grupo Heart. Detalhe: era uma homenagem ao Led com Robert Plant e Jimmy Page na platéia!

No terceiro, um encontro de gerações: o baixista original do Floyd, Roger Waters, com o vocalista do Pearl Jam, Eddie Vedder, na clássica "Confortably Numb" do Pink Floyd.

Por fim, a pianista americana Suzanne Ciani e a cantora japonesa Yu Chyi, com a bela canção "Turning".

Boa semana!







A morte e a morte de Martinez e o erro primário do STF



"Os “crimes ” de Dirceu – para os quais não há uma ÚNICA prova ! – foram cometidos quando Martinez, presidente do PTB, estava vivo, claro.

Enquanto Martinez esteve vivo, a pena era mais branda.

Por isso, Dirceu não vai em cana.

Um único – dentro oito ! – “crime” do Dirceu foi depois da morte do Martinez.

Interessante, mas, como se sabe, viva o Brasil !

O que faz com que o notável Ataulfo Merval de Paiva (*) considere que houve “um crime continuado” e, portanto, Dirceu tem que ser condenado com as penas mais severas (que vigoraram depois da mortes do Martinez) e devidamente algemado a tempo de o jornal nacional fazer uma edição de 18′, outra vez.

A questão é essa: a Globo quer a cabeça do Dirceu !

O resto é o luar de Paquetá, diria o Nelson Rodrigues.

 Folha e Ataulfo concordam com Barbosa sobre “chicana”.

A verdade, amigo navegante Nikola, é que a nomeação de Teori Zavascki e Luiz Roberto Barroso mudou a química política do Supremo.

Os dois, com o julgamento do Cassol e o primado do Legislativo sobre o destino dos mandatos parlamentares, e a definição de quadrilha reestabelecem a hegemonia da Constituição.

O Supremo não vai mais poder legislar, como legislou até então.

E legislou, reescreveu os Direitos Fundamentais no julgamento do mensalão (o do PT).

E é por isso que o Ataulfo está aflito.

Porque ele e a Globo Overseas Investment BV não controlam mais TODOS os os votos do Supremo.

Não há como mudar a data da morte do presidente do PTB.

Não é isso, Ministro Marco Aurélio?"

Por Paulo Henrique Amorim no Conversa Afiada

17 de agosto de 2013

Chega! Já está demais!

Ótimo artigo do grande Zuenir Ventura.

Sim à não violência
ARTIGO - ZUENIR VENTURA
Publicado em 17/08/13
"Estou igual àquele jornalista do interior que, quando Hitler invadiu a Polônia, dando início à Segunda Guerra Mundial, escreveu: “Bem que eu avisei.” No dia 29 de junho, quando ainda se comemorava o despertar do gigante, “avisei” que em alguns setores da sociedade já se notavam sinais de preocupação e medo. É que logo depois de quatro dias de tumulto no Centro do Rio, shoppings, lojas de rua, hotéis, além de clínicas médicas e odontológicas, reclamavam da queda de 50% no faturamento e dos estragos materiais sofridos. Eu falava no “risco de desvirtuamento das manifestações” — que tinham conquistado rapidamente o apoio da população — causado pela “infiltração de vândalos, arruaceiros e demais bandidos encapuzados”. Estava virando rotina: as passeatas começavam pacíficas, ordeiras, iam engrossando e acabavam em arrastões, com coquetéis molotov, quebra-quebra, invasões de edifícios públicos, saques. Alegava-se com razão que a polícia tinha começado tudo, com sua costumeira truculência, e que a PM do Rio e de SP infiltrara agentes nos protestos para incitar a desordem.
Mas o fato é que a violência foi contaminando o movimento e, de lá para cá, o quadro só se agravou, com o esvaziamento da participação. Um retrato disso é o que aconteceu na Cinelândia, no Rio, onde há pouco mais de um mês se concentraram 200 mil manifestantes e, anteontem, não mais de 200, que paralisaram a cidade por sete horas, sobrepondo-se ao direito de ir e vir, tão legítimo quanto o de se reunir. Mais grave ainda foi a tentativa de invasão do Hospital Sírio-Libanês em SP por 50 enfurecidos gatos pingados para reivindicar melhores condições de atendimento à população, como se esse tipo de ação tivesse alguma eficácia. No episódio, a falta de limites atingiu o auge da insensatez.
Por tudo isso é que já se ouvem aqui e ali indignados desabafos do tipo: “chega!”, “já está demais!” Como já vi um filme parecido, em que a “violência revolucionária” levou à prisão, ao exílio e à tortura uma parte do que havia de melhor numa geração, acho que esses jovens de agora, pelo menos os que acreditam na “violência como expressão política”, deveriam se inspirar menos na força bruta e mais na não violência ativa e eficaz, aquela de Gandhi, Martin Luther King e Mandela, que não tinham nada de inofensivos pacifistas. É bom lembrar que, com ela, o líder indiano conquistou a independência do seu país; o pastor americano derrubou as leis segregacionistas contra os negros; e o grande herói sul-africano pôs fim ao apartheid."
Fonte: The Globe

Contratempos / Contra o Tempo

Tem uma música do Sá & Guarabira cujo verso remete a uma velha profecia nordestina "o sertão vai virar mar / dá no coração, o medo que algum dia o mar também vire sertão...".
Me lembrei dela quando vi essa ótima animação de fantasia.
Também pensei nas previsões (não profecias) de estudiosos que apontam um 'engolimento' pelo mar das cidades costeiras se o aquecimento global continuar neste ritmo.
Assistam em tela cheia clicando nas setinhas à direita.



16 de agosto de 2013

Da série 'Hotéis que nunca vamos nos hospedar, mas gostaríamos...'

O Hotel President Wilson fica em Genebra, na Suíça, à beira do lago que tem o mesmo nome da cidade com vista para a montanha Montblanc nos Alpes e pertinho de uma rua que tem as melhores grifes do mundo.
Lugar de milionários. Rico não entra.
Ele tem a suíte considerada mais cara do mundo, com diárias de mais de R$ 180 mil!
Nela se hospedam famosos, poderosos e bilionários. A maioria é tudo isso junto.
Ontem fiz um post (vejam mais abaixo, passando pela Musa) sobre um amigo que vai para a Itália fazer o Caminho de Assis.
Quanta diferença deste hotel em relação aos lugares em que ele vai se hospedar...
Bem, entre a busca espiritual da peregrinação e esta mordomia toda, será que eu poderia ficar com os dois?