15 de outubro de 2014

DataCaf de hoje: Dilma 44 a 42 (Datafalha e Globope confirmam DataCaf: A margem de acerto deles tem a credibilidade do candidato que apoiam)


Por Paulo Henrique Amorim no Conversa Afiada

"O tracking do DataCaf de hoje, sem captar o DilmaBATE, deu Dilma 44 a 42.

É o mesmo dos instrumentos de campanha tucana: o Globope, já vendido a empresa inglesa e na fase (êpa-êpa) de earn-out e o Datafalha, que só existe porque sai no jn.

Tire-lhes a margem de erro – ou acerto – e temos o límpido resultado do DataCaf.

E olhe que ainda falta ele explicar o bafômetro.

Como se sabe, se algum entrevistador do Globope for identificado no Rio Grande do Sul e na Bahia corre o risco de levar uma surra: eles foram os maiores derrotados."
____________________________________________________

Tracking DataCaf: Dilma 44 a 42
E ainda não registra o DilmaBATE !

"Comentário de máximo guru petista:

“A chinelada que ela deu foi tão forte que até o … do Boechat sentiu a …”.

Bastidores do DilmaBATE:

- Boechat cumprimentou Dilma por estar tão bem preparada;

- e informou que audiência foi alta.


Em tempo: Boechat, porém, não chegou ao ponto do Ali Kamel que, no debate da Globo, só não se ajoelhou diante da Presidenta porque precisou fazer um selfie da mulher e da filha com ela.

Em tempo2: nunca se sabe, amigo navegante …"
_________________________________________________

Foi um DilmaBATE!
Será isso o que explica a cara fechada dele, os olhos fechados, a boca crispada ?

"Em debate da Rede Bandeirantes, na noite da última terça-feira (14), a primeira exposição foi da Presidenta e candidata à reeleição Dilma Rousseff. Acompanhe as frases de Dilma:

Quero avançar ainda mais na educação. Peço humildemente o voto de vocês pra continuarmos levando o Brasil pra frente. 

Quem tem, hoje, o compromisso para gerir o novo ciclo de desenvolvimento no país, para avançarmos mais?

É o momento de você se perguntar: quem tem compromisso com os trabalhadores, para manter suas conquistas e seus direitos?

Uma campanha numa eleição, é um momento decisivo pra que todos nós reflitamos sobre o futuro do Brasil 


Acho estarrecedor que o sr. venha falar pra mim de creches. Mais de 2 mil creches construídas e mais 4 mil em construção

O senhor (Aécio), recentemente teve uma condenação no STF, por ter contratado funcionários públicos sem concurso público

Pergunto ao Aécio: O que está em questão é se vai ou não vai continuar tendo emprego no Brasil. O que o senhor fará para criar empregos?

Está em questão se vai ou não continuar havendo emprego

Nós empregamos 12 milhões de pessoas, enquanto o mundo desempregou 100 milhões

Só quem nunca esteve desempregado pode achar que uma pessoa sem emprego está melhor do que uma pessoa com emprego

O senhor está inventando uma história que não existe. O Bolsa Família não tem parentesco com os programas tucanos

Nós estamos fazendo um esforço imenso pra colocar todas as crianças de 0 a 3 na creche.

É importante lembrar que a história das creches está mal contada. O sr. não entende dessa questão.

Quantas crianças de 4 e 5 anos estão nas pré-escolas? 89%. Por isso é possível universalizar até 2016

Demos extrema atenção à formação científica e tecnológica com o Ciência Sem Fronteiras

Nos 10 anos do governo do senhor e do governador que o sucedeu em MG, as taxas de homicídio cresceram 52%

O senhor sabe que, pela CF, é dos estados a responsabilidade pela segurança

Nós vamos integrar as polícias e formar os centros de comando e controle, tomando para a União a responsabilidade

Candidato, eu acredito que o senhor não quer que eu diga que a responsabilidade pelo ensino médio é dos estados

Fizemos o Pronatec para tratar o ensino médio como uma questão também profissional

Eu considero fundamental reformar os currículos de ensino fundamental e ensino médio

A reforma vai tornar a educação mais atrativa para o jovem e diminuir o índice de evasão escolar

Nós duplicamos o número de estudantes universitários, voltamos a fazer Escolas Técnicas e fizemos o Pronatec

Dilma defende investimento em Cuba, como  financiamento de empresas brasileiras.

FHC fez financiamento para vender ônibus e ela para serviços de engenharia.

Ressalta o Minha Casa Minha Vida com mais de 3,5 milhões de moradias.

E o Bolsa Familia, que não eram os 5 milhoes do FHC para 50 milhões de Lula e Dilma.

E dizer que o BF nasceu no Governo Feernando henrique – não aplicaram dinheiro em programas sociais.

Estamos aí no capitulo da lenda.

Os brasileiros jamais vão acreditar que o Bolsa Família seja do FHC, chegamos à fabulação

Vocês impediram a criação de Escolas Técnicas Federais, candidato

O financiamento não foi a Cuba, porque não pode ser feito a Cuba, só a empresas brasileiras

O que o senhor (Aécio) está querendo é reduzir o papel dos bancos públicos 

No caso dos programas sociais, nós não condicionamos nossos programas à medidas impopulares e choque de gestão 

O Minha Casa Minha Vida é o maior programa habitacional já feito no país 

No governo FHC, vcs fizeram o mesmo financiamento a Cuba, pra exportação de ônibus

O que o senhor acha da violência contra a mulher? A Lei Maria da Penha foi um gde avanço nesse sentido

O senhor (Aécio) pretende acabar com a secretaria de mulheres da presidência? 

Eu estou falando de violência contra a mulher. Nós não nos apropriamos da Lei Maria da Penha, pelo contrário, nós a incentivamos

A Casa da Mulher brasileira que estamos construindo em todos os estados, ela é algo que nós realizamos

No Minha Casa Minha Vida e no Pronatec, as mulheres são maioria, porque priorizamos políticas públicas para elas

Ele provavelmente achava que ela ia medar.

E ele perdeu a cabeça.

Está raivoso, com os olhos fechados, a expressao marcada, e, como sempre cinico: arrogante, machista e irreposnsável – “ela mente !”, “é o mar de lama !”.

O público percebe isso.

Ele faz sucesso com os convertidos e não converte mais nunguém.

Hoje, é proibido o nepotismo. O senhor tem uma irmã, um primo, uma prima e um tio no governo. Eu não tenho parentes lá

Aécio, o senhor está enganado com a decisão do MP. Ele não aceitou a ação criminal, mas mandou investigar a obra

O MP mandou investigar a obra de Claudio por mau uso dos recursos públicos

O terreno fica em terra do seu tio e a chave fica com ele.

Dilma lembra que PGR não tirou aecioporto da forca.

Aecio volta à UDN: mar de lama !

E em Montezuma, pavimentou para beneficiar terra dele e das irmãs

Candidato, seria importante que o senhor dissesse ao telespectador o que ocorreu em Cláudio

Como é que o senhor explica ter construído um aeroporto de R$13,9 milhões na época, no terreno da sua família?

Onde estão todos os envolvidos no mensalão mineiro, no trensalão? Todos soltos. Eu quero todos os culpados presos


Onde estão os envolvidos na compra de votos para reeleição, no caso Sivam, no caso da pasta rosa, no caso do Metro de SP? 

Aécio, a minha indignação em relação a tudo o que acontece, inclusive com a Petrobras, é a de todos os brasileiros

A minha disposição a punir todos os investigados que forem culpados, corruptos e corruptores, é total

Nós acabamos com a realidade da impunidade no Brasil

Previsibilidade pra ter a segunda maior taxa de desempregados no mundo, como na época dos governos tucanos?

Em 2002, no governo de FHC, o PSDB tinha a maior taxa de desemprego do mundo, perdendo só para a Índia! 

O Pronatec tem 8 milhões de matrículas realizadas. Os programas que o senhor se refere, são pequenos programas pilotos, não têm escala

A educação é prioridade no meu governo. Eu e Lula triplicamos o valor gasto em educação

Pergunta para Aécio: a educação é prioridade no meu governo. Nós triplicamos o investimento em educação. O que o senhor acha do Pronatec?

Com a mesma receita e mesmo cozinheiro, como querem fazer novo prato?,  questionou Dilma sobre Armínio Fraga para eventual ministro da Fazenda.

Foi com o Pronatec que nós pudemos dar oportunidades de profissionalização aos jovens brasileiros

Quem está assistindo pode entrar no site do Tribunal de Contas e ver os números (sobre dinheiro aplicado na saúde)

O senhor tem memória curta. O meu governo garantiu uma inflação controlada, dentro dos limites da meta

Eu acredito que o senhor esqueceu o que ocorria no governo do FHC. Vocês deixaram, por duas vezes, a inflação superar o limite da meta

Diante da crise, mantivemos emprego, salário e continuamos investindo

Nós mantivemos salário e continuamos investindo. No governo tucano, as filas à procura de emprego davam volta nos quarteirões

Dilma lembrou que o candidato a Ministro da Fazenda vai jogar o BB , o BNDES e a Caixa no lixo !

E que MG é o terceiro pior SAMU do Brasil

Quanto ao SAMU, ela disse que Minas é o terceiro pior progama de Samus.

Dilma  falou sobre desvio de recursos e diz que mineiro não cuidou do Samu no Estado.

Aécio Neves (PSDB), na réplica, afirma que as declarações de Dilma são mentirosas e garante que vai tratar de formar mais médicos no Brasil.

Dinheiro destinado à saude para Minas, segundo Dilma, ele não aplicou.

Ela lembra que o PSDB detonou a CPMF e é contra o Mais Médicos.

Enquanto isso, ele não diz que é do PSDB, mas de um conjunto de partidos.

É o seu Ministro da Fazenda, Aécio, que está dizendo que vai diminuir o papel dos bancos públicos

É temerário que alguém proponha reduzir o papel dos bancos públicos

Quem faz a maior parte do crédito para o agronegócio e pra agricultura familiar é o Banco do Brasil

Vocês têm dois pesos e duas medidas. Nunca fizeram programas sociais quando puderam

Aécio, não coloca no meu governo reconhecimento de governo de Minas, que é o 3º pior estado no atendimento do SAMU

Minas tem a segunda maior dívida dos estados brasileiros, e foi governada pelo senhorEu acredito que dois projetos se apresentam. Fizemos o mais profundo processo de distribuição de renda das ultimas décadas. Elevamos uma Argentina inteira à classe média.

Tiramos 36 milhões pessoas da pobreza extrema e elevamos mais de 40 milhões para a classe média.

Todos ganharam, mas ganharam mais os que mais precisavam.

Nós lançamos as bases para um novo ciclo de desenvolvimento. Nesse novo ciclo haverá uma prioridade para a educação.

A educação estará no centro de tudo.

Nós lançamos as bases para um novo ciclo de desenvolvimento, um Brasil moderno, mais inclusivo, produtivo e competitivo. 

Considero ser muito importante para o Brasil a discussão de dois valores morais. O primeiro é a igualdade de condições. O segundo é o combate à corrupção.

Tenho certeza que se você conhecer as minhas propostas, você votará em mim no dia 26.

Candidato Aécio, vocês da oposição votaram contra a CPMF. Quando o governo de Minas foi dirigido pelo senhor, vocês não cumpriram a constituição, desviaram mais de R$ 7 bilhões da saúde. O senhor foi contra o mais Médicos. O que o senhor acha da minha proposta de criar o “Mais Especialidades”?

10 comentários:

Pablo Villaça disse...

Anatomia de um Debate (1)

Assim que o debate entre Dilma e Aécio chegou ao fim, li algumas pessoas criticando a dicção da presidente. Mesmo, amigos? Chegamos a isso? Não sabia que Dilma estava concorrendo ao posto de Mestre Intergaláctica de Oratória. Achei, sinceramente, que o mais importante fosse o CONTEÚDO do que estava sendo dito, não a forma — e, neste aspecto, Dilma moeu Aécio Neves.

Não que isto seja difícil: depois de uma carreira inteira em uma Minas Gerais com uma imprensa amordaçada, Aécio perdeu a capacidade de lidar com o contraditório — e, talvez por isso, em vários momentos ergueu a voz e o dedo para a presidente (assim como havia feito com Luciana Genro) e se mostrou descontrolado. Para debater, é preciso conteúdo e honestidade. E ajuda, também, se o candidato tiver ideias para apresentar e, principalmente, se puder falar com orgulho do que já fez. E Aécio não tem e não pode, como ficou muito claro neste confronto.

Não é à toa que, ao final do debate, Dilma sugeriu que os telespectadores fossem ao Google pesquisar e confirmar as informações que ofereceu, enquanto Aécio sugeriu que as pessoas fossem consultar... o site do PSDB.

Aliás, devo citar aqui o bom apontamento do cineasta Kléber Mendonça Filho (do magistral O Som ao Redor): "Nunca vi isso nos 20 anos que acompanho a política no Brasil. Um candidato de oposição que não quer propor mudança no sistema, mas dar seguimento a projetos revolucionários que o governo que ele quer desbancar conseguiu implantar."

Esta foi a dinâmica de Aécio: depois de criticar por anos, ao lado do PSDB, o Bolsa-Família, chamando-a de Bolsa-Esmola, ele subitamente se mostrou determinado a dizer que esta foi invenção de seu partido. Agora imaginem: seus eleitores insistem em gritar contra o programa, seu partido o atacou por anos (até mesmo em editorial no site tucano)(1) e, subitamente, Aécio quer assumir sua paternidade. Anos e anos e anos com o PT explicando que a Bolsa Família era um grande avanço, os caras dizendo que era "esmola", que era "assistencialismo barato", e agora tentam se apropriar da autoria da ideia.

Mas me adianto.

O que vimos neste debate foi um espetáculo mentiras por parte de Aécio. E como na Internet mentira tem perna curta, creio ser fundamental, para os eleitores indecisos, constatarem como o presidenciável não se intimida em faltar com a verdade de maneira incrivelmente cínica.

Pablo Villaça disse...

Anatomia de um Debate (2)

Analisemos sua participação no debate em ordem cronológica:

1) Já de início, antes mesmo de o debate começar, Aécio disse na porta da Band que fazia "uma campanha só de verdades". Curioso, porque uma das coisas que vem dizendo é que vai transformar o Bolsa-Família em lei. Ora, ele não sabe que ela já é lei desde 2004, quando a Medida Provisória 132/2003 se transformou, em janeiro de 2004, na Lei 10836/04? (2)

2) Em seguida, Aécio afirmou que o Brasil "perdeu credibilidade no exterior". Provavelmente não leu, entre outras coisas, a análise que a FORBES fez sobre Dilma e o país há poucos meses.(3)

3) Logo depois, o presidenciável afirmou, sem hesitar, que as contas da Saúde de seu governo foram aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado. Não. (4) Para piorar, quando Dilma afirmou que o parecer do TCE poderia ser verificado online, o site, que fica sob os cuidados do atual governo tucano de MG (que, felizmente, será substituído em janeiro), simplesmente SAIU DO AR E NÃO RETORNOU ATÉ O MOMENTO EM QUE PUBLICO ESTE POST, 8 horas depois. Mas há outras fontes.(5)(6)

4) Aécio diz que MG foi o Estado que mais investiu em Saúde durante seu governo. Opa: dos 26 estados (mais o DF) da União, MG ficou em 24º lugar. Sim, 24º entre 27.(7)

5) Dilma apontou que Aécio ameaçava acabar com os bancos públicos e este negou veementemente. Ora, deveria ter consultado Armínio Fraga, que ele já anunciou que será seu Ministro da Fazenda e que declarou, quanto ao BNDES, Caixa Econômica e Banco do Brasil, que, se assumirem, "nem sabe o que vai sobrar deles".(8) Aliás, há ÁUDIO de Fraga dizendo isso.(9)

6) Aliás, quando Dilma fez questionamentos sobre Armínio Fraga, Aécio disse que ela estava "preocupada" demais com este. Ora, e deveria mesmo estar — não só como ela, mas também o eleitor. Quando Fraga assumiu a presidência do BC, em 1999, elevou a taxa de juros a 45% ao ano. Nos três anos seguintes, sabem o que aconteceu com a inflação que os tucanos insistem em dizer que controlaram? Ela DOBROU de tamanho, indo de 6,5%, em 2000, para 12,5% em 2002.(10) Aécio, vale apontar, é bem corajoso ao tentar falar de inflação com Dilma, já que, ao contrário do que ele tenta fazer parecer, a média anual da inflação nos anos Dilma é a segunda MENOR em CINCO MANDATOS PRESIDENCIAIS, sendo bem próxima à de Lula e muito inferior à de FHC.(11)

7) Confrontado com relação ao "choque de gestão" em MG, Aécio afirmou que as finanças do estado estão saudáveis. Outra mentira: Minas está quebrada.(12) O mais incrível: ao voltar a falar sobre o Bolsa Família, Aécio disse que o Plano Real foi um programa de "redistribuição de renda" muito mais eficiente. De onde tirou isso, não sei, mas — claro — não é verdade.(13)

8) Quando o assunto mudou para Educação, Aécio deu outro show de desinformação. Em primeiro lugar, cobrou de Dilma resultados das escolas públicas MUNICIPAIS e ESTADUAIS, que, como já fica claro pelo... ora... pelo "municipais e estaduais", são responsabilidade do município e dos estados — COMO DETERMINA A CONSTITUIÇÃO. O pior: Aécio afirmou que MG tem a "melhor educação do país" — mas como isto pode ser possível se, de novo, entre 26 estados (mais o DF), Minas ficou em 24º em termos de investimento na Educação?(14) Além disso, os professores mineiros ABOMINAM Aécio Neves (15)(16)

Pablo Villaça disse...

Anatomia de um Debate (3)

9) A seguir, Dilma trouxe à baila a questão da corrupção. E apontou como, ao contrário do que houve nos anos FHC, a era Lula-Dilma criou mecanismos de investigação e condições para que a PF agisse de forma eficaz. Basta dizer que nos OITO anos de FHC, apenas 48 operação da PF foram feitas, enquanto nos doze anos de Lula e Dilma, foram realizadas MAIS DE DUAS MIL OPERAÇÕES. Isto para não mencionar o fato de que o procurador-geral da época engavetava todas as denúncias.(17) Dilma apontou também que nenhum tucano jamais foi investigado por todos os desmandos do mensalão tucano mineiro, do cartel do metrô, da privataria, do banco Marka, da SUDAM, etc, etc, etc.

10) Aécio insistiu em dizer que Dilma se mostrava obstinada em olhar pra trás, enquanto ele queria olhar pra frente. Dá pra entender por que ele prefere olhar para um futuro hipotético do que para o passado, com todos os seus dados e fatos registrados.(18)

11) Em seguida, Aecio disse que foi "inocentado" com relação ao aecioporto. Mentira. A procuradoria-geral disse que não havia indícios de ilícito em esfera FEDERAL, mas encaminhou a denúncia para o MPE para investigação de IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA do governo tucano.(19)

12) Veio, então, a parte mais inacreditável do debate. Dilma questionou os vários parentes que Aécio mantém empregados em seu governo. Ele negou que isto fosse verdade e disse, por exemplo, que sua irmã não trabalha com ele. Esta fez MG rir em conjunto, já que Andrea Neves foi uma das figuras mais poderosas do governo Aécio. Tanto que entrou numa lista das 60 pessoas MAIS PODEROSAS DO PAÍS (na 42ª posição)(20)(21) Isto para não mencionar que, sim, ele empregou outros parentes.(22)(23)

13) A seguir, Dilma perguntou a Aécio sobre "violência contra a mulher". Do ponto de vista de estratégia de debate, era óbvio que ela fazia referência a algo específico para desconcertar o oponente.(24) Conseguiu. (A propósito: Aécio ameaçou, mas curiosamente não processou Kfouri pelo que este publicou em seu blog.)

14) Aécio criticou empréstimo do BNDES a Cuba. Ué, e o feito por FHC, podia? (25)

Pablo Villaça disse...

Anatomia de um Debate (4)

15) Aécio tenta criticar os investimentos de Dilma na área das escolas técnicas. O governo do PT criou 214. O de FHC? ZERO. Aécio nem deveria ter tocado neste assunto.(26) Como se não bastasse, Aécio disse que Dilma não cumpriu promessa de construir seis mil creches. Outra mentira.(27)

16) Logo a seguir, outro momento em que Aecio se perdeu totalmente. Dilma questionou — e atenção para isso — o investimento que o GOVERNO DE MG fez em anúncios nas rádios PERTENCENTES À FAMÍLIA DE AÉCIO. Ele negou que isto tenha acontecido. Ops.(28)(29)(30)(31)(32)

17) Dilma levantou, então, a questão dos quase CEM MIL servidores públicos contratados IRREGULARMENTE por Aécio no governo de MG. Ele mais uma vez negou qualquer irregularidade. Mentira. Uma mentira, aliás, que foi custar os empregos destas quase cem mil pessoas numa lei que Aécio tentou passar pra corrigir o problema, mas que era INCONSTITUCIONAL.(33)(34)

18) Neste ponto do debate, Aécio começou a falar repetidas vezes de "meritocracia". Ele não é a melhor pessoa pra falar do assunto, já que, aos 17 ANOS, foi indicado por seu pai para um cargo de confiança em Brasília quando este era deputado do Arena, partido que apoiava o regime militar. Não só Aécio tinha 17 anos como aparentemente também desempenhou este cargo (em Brasília) do RIO DE JANEIRO, onde morava.(35) Poucos anos depois, Aécio foi nomeado para o cobiçado cargo de diretor de Loterias da Caixa quando seu primo, Francisco Dornelles, era Ministro da Fazenda.(36) Meritocracia. Sei.

19) Outras mentiras pontuais: Aécio disse que não foi contra o Mais Médicos (que ele agora afirma que vai melhorar). Opa, foi, sim.(37)

20) Aécio acusou Dilma de não cuidar da segurança pública nos estados. Desconhece que, SEGUNDO A CONSTITUIÇÃO, esta é de competência dos governos estaduais — ou seja: dele. Então, Dilma apontou que a violência em MG subiu 52% durante governo de Aécio. Ele negou veementemente. Estava mentindo.(38)

21) Aécio disse, em certo momento, que "todas as eleições que disputei em MG, venci". Opa. Em 1992, concorreu à prefeitura de BH. Perdeu para Patrus Ananias, do PT.

22) Aécio afirmou que o Brasil teve queda "em todos os indicadores sociais". Deveria ter lido o relatório do IBGE, que mostrou melhora na renda, no acesso ao ensino fundamental, queda na mortalidade infantil, entre outros.(39)

Pra finalizar, Dilma mencionou brevemente Montezuma, mas acabou se concentrando no aeroporto de Cláudio. Pena. Há muito que falar sobre Montezuma.(40)

Talvez no próximo debate, embora, se julgarmos pelo que ocorreu nesse, Aécio provavelmente não hesite em negar a existência de qualquer problema.

(P.S: vi gente compartilhando foto de Dilma cercada de assessores, no intervalo do debate, e Aécio sozinho. A sugestão é a de que ele não precisa de assessores. Ops: https://twitter.com/pablovillaca/status/522321107438014464)

Pablo Villaça disse...

FONTES:

1.http://www.cartacapital.com.br/politica/por-que-o-psdb-agora-e-a-favor-do-bolsa-familia-8786.html

2.http://www.m.vermelho.org.br/noticia/251305-1#.VDz4MhHrJNU.twitter

3.http://www.forbes.com/sites/kenrapoza/2014/10/05/in-brazil-elections-president-dilma-has-a-better-country-on-her-side/

4.http://t.co/k4FdNNx9Ba

5.http://amp-mg.jusbrasil.com.br/noticias/100647784/minas-investe-menos-do-que-define-a-constituicao-em-educacao-e-saude

6.https://twitter.com/fernandocabral/status/522221808867872768

7.http://t.co/rq0bpEM66X

8.http://t.co/VF1krtF32O

9.http://t.co/VF1krtF32O

10.http://www1.folha.uol.com.br/fsp/dinheiro/fi05039906.htm

11.http://achadoseconomicos.blogosfera.uol.com.br/2014/01/10/inflacao-anual-de-dilma-e-proxima-a-de-lula-e-inferior-a-de-fhc/

12.http://t.co/gl7X2CdsyS

13.http://goo.gl/FwFxJQ

14.http://t.co/Fi6xi9imFO

15.http://www.pragmatismopolitico.com.br/2014/10/professores-de-minas-alertam-sobre-riscos-de-eleger-aecio-neves.html

16.http://www.sindutemg.org.br/novosite/files/11-09-BoletimEspecial-Geral.pdf

17.https://t.co/yKJurCmrAS

18.http://goo.gl/yLuARu

19.http://g1.globo.com/politica/noticia/2014/10/pgr-arquiva-representacao-contra-aecio-por-construcao-de-aeroporto.html

20.http://t.co/zdbVLJ971t

21.http://t.co/zNnl4pfaOG

22.http://t.co/TIciOuWa1M

23.http://www.redebrasilatual.com.br/blogs/helena/2014/07/aecio-usa-lei-para-contratar-parentes-no-governo-de-mg-6376.html

24.http://t.co/rB3mgwiC7G

25.http://t.co/Kuooc4vuLL

26.http://t.co/9fomImiyYa

27.http://t.co/P8LPR0OUL6

28.http://www.valor.com.br/eleicoes2014/3735146/aecio-desconversa-sobre-gastos-publicos-com-radios-de-sua-familia

29.http://www1.folha.uol.com.br/fsp/especial/190765-aecio-diz-que-nao-sabe-valor-que-seu-governo-pagou-a-suas-radios.shtml

30.http://www.blogdacidadania.com.br/2014/10/escandalo-das-radios-de-aecio-foi-descoberto-em-blitz-da-lei-seca/

31.http://politica.estadao.com.br/noticias/eleicoes,aecio-diz-desconhecer-repasse-do-governo-a-radio-de-sua-familia,1576768

32.http://www.diariodocentrodomundo.com.br/e-decente-um-governador-colocar-dinheiro-publico-em-radios-da-familia/

33.http://t.co/gwJ7iOVI93

34.http://t.co/l71W6ByB1L

35.http://t.co/hHNPJMQbve

36.http://www.redebrasilatual.com.br/blogs/helena/2014/10/aecio-critica-mas-ja-foi-beneficiado-por-aparelhamento-em-divisao-da-caixa-8080.html

37.https://www.youtube.com/watch?v=8pKZAnji68k

38.http://www.pautandominas.com.br/en/May2013/minas_gerais/771/Em-dez-anos-número-de-homicídios-cresce-52-no-Estado.htm

39.http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv66777.pdf

40.http://www.redebrasilatual.com.br/blogs/helena/2014/07/como-aecio-ficou-dono-de-latifundio-de-terras-publicas-do-estado-de-minas-9863.html

Pablo Villaça

Anônimo disse...

Lula traz o bafômetro para a campanha eleitoral

“Eu vi no debate um candidato dizer que seu governo é o governo da decência e da competência. Como, se um dia ele foi parado às três da manhã nas ruas do Rio de Janeiro e se recusou a colocar a boca no bafômetro pra saber se ele tinha bebido ou não. Ora, como é que alguém que recusa fazer um simples teste do bafômetro pode dizer que vai governar este país com decência e com competência? Palavras são muito fáceis de dizer. Agir é muito mais difícil porque tem que ter caráter, tem que ter dignidade e tem que ter competência e isso pouca gente tem neste país como Dilma Rousseff”.

LULA

Anônimo disse...

Empate técnico no IBOPE e DataFolha, mas vento sopra a favor de Dilma

Por Rodrigo Vianna
outubro 16, 2014 01:58

Vamos falar francamente: qual a probabilidade estatística de que duas pesquisas, de dois institutos diferentes, ao longo de duas semanas, tragam resultados absolutamente idênticos?

Estamos falando de um país imenso feito o Brasil. Estamos falando de uma pesquisa DataFolha que ouviu quase 10 mil pessoas, e de um levantamento do IBOPE que entrevistou cerca de 3 mil eleitores…

Ao fim e ao cabo, os dois institutos cravam resultados absolutamente iguais: uma semana atrás, Aécio tinha 46% e Dilma 44%. Agora (dia 15 de outubro), Aécio tem 45% e Dilma 43%.

Quando chegamos aos votos válidos, temos 51% a 49% tanto no DataFolha quanto no IBOPE.

Sempre com o tucano levemente na frente – pra manter algum otimismo nas hostes tucanas.

Hum…

Tirando isso, a tendência é de empate mesmo. Mas chama atenção que não haja nenhuma diferença entre os dois institutos, nenhum fiapo. Nada. Depois de apanhar, com tantos erros no primeiro turno, DataFolha e IBOPE estão agora jogando juntos. Se errarem, erram juntos.

Mas, afinal, como errar? Se há empate, ninguém se compromete. Se Dilma aparecer à frente no dia 26, está tudo em casa: margem de erro. Se Aécio ganhar, melhor ainda: vitória para o candidato da Globo.

A essa altura, depois de uma semana de bombardeio midiático contra Dilma, e depois das adesões do PSB, da família Campos e de Marina Silva ao tucanato, esperava-se que a “onda azul” ganhasse força. Isso não se confirmou.

Semana passada, eu já apresentara o mapa do voto, região por região (clique aqui para ler). Apontava que tudo indica uma eleição duríssima, que deve-se decidir no Rio – estado com o eleitorado mais fluído, menos marcadamente petista ou tucano. O texto foi publicado antes das primeiras pesquisas DataFolha e IBOPE do segundo turno – que contrariaram expectativas tucanas e mostraram empate.

O quadro segue o mesmo.

Mas agora há alguns dados a acender sinal amarelo para Aécio: a rejeição dele subiu 4 pontos em uma semana, segundo o DataFolha. Bateu em 38%, quase idêntica à rejeição de Dilma (42%) – que apanha sem parar há 4 anos.

De outra parte, a aprovação ao governo Dilma subiu para 43% – diz o IBOPE. Isso apesar do bombardeio contra ela.

Tudo isso leva a crer que até o fim-de-semana Dilma terá virado o jogo, ainda que por margem muito estreita. Blogueiros tucanos do G1 já tocam o alarme na campanha tucana… Ainda mais porque Dilma acertou golpes duros em Aécio durante o debate da Band.

Ainda assim, o equilíbrio seguirá. Não haverá uma onda Dilma. Nada disso. Dilma, se ganhar, terá obtido a vitória no conta-gotas – conquistando voto a voto.

Anônimo disse...

MAPA DO VOTO

Analisando os cenários, estado por estado, temos um país absolutamente dividido – com o seguinte quadro:

- Aécio deve abrir vantagem de 11 milhões de votos confirmar a dianteira folgada em São Paulo (7 milhões), Sul (2,5 milhões) e Centro-Oeste (1,5 milhão).

- Dilma equilibra o jogo com uma frente de 11,7 milhões de votos obtidos no Nordeste (10,5 milhões) e no Norte (1,2 milhão).

Há duas incógnitas: Minas e Rio.

Aécio deve ganhar – com diferença pequena (inferior a 500 mil votos) - em Minas. E Dilma tende a ganhar (também por margem estreita, cerca de 500 mil votos) no Rio.

Isso tudo indica um equilíbrio extremo.

===

O que pode pesar no resultado final?

Se o PT aumentar a diferença no Nordeste, e reduzir um pouco a diferença em São Paulo (a crise da água pode levar eleitores de áreas mais pobres do Estado – que apoiaram Marina – a migrar para o voto nulo ou até para Dilma no segundo turno), a balança pesa para o lado de Dilma.

Se Aécio consolidar São Paulo, e ainda abrir vantagem em Minas (conseguindo vantagem superior a 1 milhão de votos), a balança pende para o lado dele, e aí o PSDB pode vencer.

Uma nova investida midiática contra Dilma não está descartada na reta final. Mas o PT guarda munição pesada contra Aécio.

Abstenções altas no Nordeste ou em São Paulo tendem ainda a ter um peso decisivo.

===

Minha aposta, mantido o quadro atual: Dilma vence, com uma margem entre 200 mil e 2 milhões de votos.

Os institutos de pesquisa seguirão dando resultados idênticos? Talvez precisem corrigir nos próximos dias a estatística para um nível ainda mais dramático: 50% a 50%.

Pra eles, a melhor aposta talvez seja essa: o empate total.

RODRIGO VIANA

Anônimo disse...

Datafolha: O “momento” de Aécio passou?
Por Paulo Nogueira, no blog Diário do Centro do Mundo:

Quando saíram os resultados do primeiro turno, escrevi que os tucanos tinham motivos para ir às ruas festejar enquanto os petistas deveriam entender melhor o que aconteceu.

Agora, com o Datafolha que acaba de sair, a situação é mais ou menos inversa, a nove dias da eleição.

O empate técnico entre Dilma e Aécio – 51% a 49% para ele – é brutalmente frustrante para a oposição.

Este sentimento fica exposto num tuíte postado por um antipetista entusiasmado, Ricardo Noblat.

“Desfavorável para Aécio a pesquisa Datafolha. Ele não saiu do lugar depois de uma semana de notícias só positivas para ele e negativas para Dilma”, disse Noblat.

Sim, na semana passada o Datafolha trouxera exatamente aqueles números. Só que, de lá para cá, houve fatos como a adesão de Marina e Renata Campos a Aécio, para não falar do bombardeio da mídia no caso Petrobras.

(Isso chama a atenção: Marina, aparentemente, teve impacto ZERO com seu apoio. Provavelmente, seus eleitores mais à esquerda optaram por não segui-la.)

Uma leitura mais minuciosa da pesquisa piora ainda mais o quadro para Aécio.

A aprovação de Dilma, que batera em 32% em julho passado, chegou agora a 40%. No mesmo período, a rejeição baixou de 29% para 21%.

Aécio parece no caminho contrário. Sua rejeição, por exemplo, subiu de 34% para 38%.

A pesquisa não capta o debate de ontem, no qual, fora do antipetismo convicto, pouca gente atribuiu vitória a Aécio, acossado pela exposição de escândalos de corrupção que vão da compra de votos para a reeleição de FHC ao aeroporto de Cláudio.

A decepção com os resultados da pesquisa fora captada pela manhã pela Bolsa de Valores, que caiu 3,24%.

Virou já um dos fatos pitorescos das eleições de 2014: você sabe de dia, pela Bolsa, se as pesquisas que serão divulgadas à noite trarão boas ou más notícias para Dilma.

Nove dias são uma eternidade, numa campanha tão acirrada como esta. Como dizem os locutores de futebol, tudo pode acontecer.

Mas que os ventos, neste momento, sopram vigorosamente a favor de Dilma, isto é indiscutível.

O momento de Aécio, como aconteceu com Marina algumas semanas atrás, dá sinais de estar perto do fim – se é que já não acabou.

RENATO ROVAI disse...

Dilma jantou Aécio com palitinhos no debate da Band

O debate da Band costuma ser o que decide a eleição. Em 2006, Geraldo Alckmin parecia ter ganho o debate de Lula. Este blogueiro foi contra a corrente e disse que achava o contrário. Em 2010, Dilma foi pra cima de Serra quando a sua vantagem diminuía em relação a ele e estava em 4%. A carta do Paulo Preto lhe foi tascada na testa. E Serra tremeu. Hoje, Dilma jantou Aécio. Aeroporto de Cláudio, agressão a mulheres, condenação por não investir o necessário na saúde, entre outras coisas, fizeram o tucano ficar completamente fora do prumo.

O que estava em jogo neste debate da Band não era a massa de eleitores, mas as suas militâncias e o percurso da campanha. Ou seja, se a linha estava correta para os 10 dias que se seguem. Dilma venceu fácil esse desafio.

Aécio fez um discurso do “pois bem telespectador” e do “o Brasil quer mudança”. Dilma foi pra cima na desconstrução da imagem do candidato e na demonstração de que ele não tem o que apresentar para implementar se sair vitorioso.

No primeiro bloco, Aécio empatou com Dilma. Na hora de falar sozinha, sem confronto, Dilma não é tão boa.

Mas Na hora do pau a pau, do confronto cara a cara, deu pena de Aécio. Parecia a disputa entre a mulher que viveu uma vida dura e sabia sair das dificuldades contra o mauricinho do Leblon. O garotão que se acha bom porque sabe mentir na hora certa.

Quando Dilma lhe perguntou sobre a Lei Maria da Penha, Dilma falava da reportagem que Juca Kfouri publicou. Você pode ler aqui. Na época, estupefato, este blogueiro não deu bola para a defesa que um colega de blogosfera fez de Aécio e foi entrevistar Juca. Porque outros amigos haviam lhe confirmado a mesma coisa, que de fato havia tido agressão na festa.

Quando Dilma lhe acusou de não cumprir o orçamento da saúde, Aécio tentou desmentir. Mas o processo continua em aberto. E o candidato do PSDB tentou tirar essa matéria de Fórum do ar via Google, mas não conseguiu.

Foi um massacre. Dilma jantou Aécio com palitinhos. Não precisou nem de garfo e nem de facas. E mais do que isso, lhe enfiou um excelente apelido Aécio Fabulação. No universo de Aécio, ele fez o melhor governo da história de Minas. Mas perdeu a eleição por lá. A máscara de Aécio caiu no debate da Band. E esse debate é o decisivo. Se Dilma abrir vantagem agora, o debate da Globo conta muito pouco e passa a não valer muita coisa.

Aécio foi completamente derrotado. Dilma fez o que precisava. E animou a militância de esquerda que é a que está ao seu lado na sua eleição.