31 de agosto de 2009

Pré-Sal

"Petrobras anuncia a investidores que vai operar os blocos do pré-sal.
Participação mínima da Petrobras será de pelo menos 30% em cada área.
A Petrobras divulgou na manhã desta segunda-feira (31) um fato relevante ao mercado financeiro comunicando que será a operadora de todos os blocos de exploração do petróleo do pré-sal. A decisão, diz a companhia, está contida nos estudos conduzidos pela comissão interministerial constituída para elaborar o marco regulatório do petróleo em águas ultraprofundas."
Deverá ser cria a "Petrosal" (operadora). Está acontecendo agora em Brasília a cerimônia de lançamento das regras propostas para o modelo regulatório.

30 de agosto de 2009

Parece que em Curitiba a situação da gripe suína está meio fora de controle, veja o e-mail que acabei de receber:

Recebi um e-mail pedindo divulgação, não sei da veracidade, mas o tema não nos permite omitir, segundo a informação, em Curitiba/PR a situação da gripe suína está chegando a um estado de emergência! Veja a conversa que se estabeleceu entre amigos pelo MSN e tire você mesmo as suas conclusões:

"Acabei de conversar com um amigo no msn sobre a gripe suína, vou colar a nossa conversa para terem ideia do que está acontecendo...
-deco ® diz: to em panico com esse negcio da gripe. hoje tivemos reunioes com uns medicos da Unimed, os caras falaram que a situação é desesperadora
-Lilis diz: ahããã, amigas minhas falaram...
-deco ® diz: que os hospitais e as operadoras de saude, tao recebendo oficios do governo pra nao divulgar dados
-deco ® diz: morreram 12 medicos em curitiba já, 3 deles cooperados da Unimed
-Lilis diz:
-deco ® diz: o HC teve 115 mortes já, mas só pode divulgar que teve 28
-Lilis diz: ai q horroooooor
-deco ® diz: eles não sabem o que fazer a partir do quinto dia da doença se nao curar até lá
-deco ® diz: tão colocando as pessoas em coma induzido pra amenizar o sofrimento
-Lilis diz: uiiiiii, chega, não quero mais saber...medo até de sair de casa
-deco ® diz: eles falaram que as autoridades não tão divulgando pra nao deixar a população em panico
-deco ® diz: mas que na verdade eles tão completamente perdidos
-deco ® diz: o jantar que a gente tinah amanha era la no Le Rechaud, no fondue
-deco ® diz: um dos casais que tavam indo , o cara é medico. é o Dr. Marclo Tizzot que foi o cara que diagnosticou o primeiro caso da gripe em Ctba.
-deco ® diz: ele que falou pra gente desmarcar
deco ® diz: porque nao vale a pena o risco
-Lilis diz: aff maria
-deco ® diz: aham
-deco ® diz: ele falou pra gente pedir uma pizza e ir pra casa dele
-deco ® diz: ele falou pra nao fazer nada que seja arriscado
-deco ® diz: nao ir no shopping, nao ir em bar, boate, não ir nas nights, em restaurantes então pior ainda, pior ainda nos que são por Kilo
-deco ® diz: porque todo mundo usa os mesmos pegadores Lilis diz: putz, acho q nem vou ao mercado hj então
-deco ® diz: esta PUNK ao maximo a situação
-deco ® diz: os caras tão desesperados
-deco ® diz: tem uma amiga minha que é medica no HC, disse que la ta o caos, ela ta com 6 amigos internados com a gripe, todos medicos
-Lilis diz: eles falaram se tem solução???
-Lilis diz: ou é só esperar?
-deco ® diz: nao tem solução. a solução é só se diagnistitcar ela ante do virus chegar no pulmao, senao é muito dificil
-Lilis diz: mas e vai ser assim até o resto do ano???
-deco ® diz: é por isso que eles tão em panico ninguem sabe
-deco ® diz: a Unimed disse que tem um documento na mao que parece que segunda feira em Curitiba, vai ser decretado estado de calamidade publica e vão mandar parar a cidade
-deco ® diz: ninguem pode sair de casa
-deco ® diz: vamos esperar
-deco ® diz: essa minha amiga, disse que o virus tá em Nivel 1 ainda, e que ele deve ir ate o nivel 4 Lilis diz: mas tá...e a solução q eles falaram é ficar em casa pra não propagar o vírus, e assim o vírus some?
-deco ® diz: sim
-deco ® diz: porque dai para de disseminar
-deco ® diz: e eles matam todos os focos
-deco ® diz: foi o que o Mexico fez
-deco ® diz: parou o país e eles acabaram com tudo
-deco ® diz: ou, nos tamos tudo exigindo mascaras nas pessoas que tão vindo fazer atendimento aqui no escirtorio
-Lilis diz: ai meu deus
-Lilis diz: valeu pelo toque Deco!!! é horrível saber da verdade, mas é bom pra se previnir
-deco ® diz: pois é.
-deco ® diz: até ontem, eu tava ca.gando e andando pra tudo isso
deco ® diz: mas quando os medicos me falaram fiquei que nem vc assim, em choque
Lilis diz: posso copiar essa nossa conveersa e mandar pra algumas pessoas?
deco ® diz: pode ? deve
deco ® diz: deve deve deve

Dra Lívia Aguiar Fisioterapeuta especialista em Acupuntura (41) 9129-5572 (41) 3242-0207"

Agora chegou a vez da Presidência da República criar o seu BLOG, é ou não uma revolução no cenário brasileiro?!!

"O blog do Planalto vai bombar
Publicado em 30 de agosto de 2009 às 15:22
por Luiz Carlos Azenha


Tive acesso antecipado ao blog do Planalto, para dar uma olhadela.
Minha opinião:

1. Está bonito, limpo, fácil de navegar e aproveita todos os recursos à disposição do Planalto: áudio, vídeo, fotos e texto.
2. Vem em três versões de design. O internauta pode escolher uma delas.
3. Permite compartilhamento de conteúdo razoavelmente simples com Twitter, Google Bookmarks, Facebook, Live, My Space, Friend Feeds, Net Vibes, del.icio.us e StumbleUpon.
4. Abre espaço para que o internauta interessado veja a transmissão ao vivo de eventos da Presidência.
5. Resolve de forma inteligente a questão dos comentários. Embora o blog não tenha espaço para comentaristas, o que seria o grande pecado do projeto, os tópicos podem ser incorporados a blogs e sites de terceiros. Ou seja, o Planalto vai "terceirizar" o debate."

SAIBA MAIS

Começa amanhã uma grande discussão sobre o futuro próximo do Brasil: o Pré-sal, fique atento!











...pois a turma que quer fazer deste país um oásis para os neo-liberais, de outrora e de agora, continua muito bem articulada e usará todos os recursos possíveis para enganar e iludir, mais uma vez, a nação brasileira!

Fique você também atento ao que estará acontecendo até o final de 2010 com a discussão sobre a política energética no Brasil e nas Américas!



"Saiu no Vermelho, de Bernardo Joffily:
30 de Agosto de 2009 – 3h34
Planos antidemocráticos de Serra para o pré-sal?
Segundo afirma o colunista Kennedy Alencar, na Folha de S.Paulo deste domingo (30), “o governador José Serra tem dito em conversas reservadas que as regras propostas por Lula [para o petróleo do pré-sal] poderão ser modificadas pelo próximo presidente da República”. Ou seja, por ele, Serra, que imaginaria até que as regras “poderiam ser alteradas por medida provisória”. Pergunta: e onde fica a democracia?
Por Bernardo Joffily
Kennedy Alencar parece não se dar conta – ou pelo menos não passa recibo – da truculência da hipótese que descreveu. Se não, vejamos.
Lula pretende propor projetos de lei: três, talvez quatro, sobre o marco regulatório do petróleo do pré-sal. Eles tramitarão no Congresso. Serão debatidos na sociedade – que é tudo que o presidente quer, pois é o tipo de debate conveniente a quem pretende eleger o(a) sucessor(a).
Já Serra (Kennedy apresenta o tucano como “líder em todas as pesquisas sobre a sucessão presidencial de outubro de 2010″), diz, segundo o jornalista, “que, aprovadas as regras propostas por Lula, elas poderiam ser alteradas por medida provisória pelo futuro presidente. Não há decisão tomada, mas Serra cogita mudar as regras, caso seja eleito.”
“O governador paulista – prossegue Kennedy – tem simpatia pelo modelo atual”.
Que Serra tenha simpatias, é um direito. “É legítimo debater”, escreve Kennedy. Mas um debate democraticamente submetido à sociedade, à cidadania e ao Parlamento, pode, depois de convertido em leis, ser revogado por uma simples canetada do – autopresumido – “próximo presidente da República”?
“É um debate legítimo”, repete Kennedy. “O atual governo e o PSDB deveriam expor claramente quais são suas ideias sobre a forma de explorar o pré-sal. O debate está apenas começando do ponto de vista público.
Os projetos de Lula vão sair do Palácio do Planalto para chegar ao Congresso Nacional. É uma riqueza imensa que está em jogo. É bom que cada ator político de peso revele suas verdadeiras intenções.”
Tudo bem, é sensato esse raciocínio de Kennedy. Mas não “é bom” nem democrático que um dos atores cogite de tratorar o resultado do debate legítimo caso venha a empunhar a caneta capaz de assinar medidas provisórias.

Compreende-se e desculpa-se que Serra, como presidenciável da oposição, to rça o nariz para o fato do pré-sal ter sido descoberto e estar tendo seus parâmetros de exploração no governo Lula. Afinal, lembra Kennedy, “é uma riqueza imensa”.
Mas a hora de Serra expor o que defende para o pré-sal é agora, a partir desta segunda-feira, 31 de agosto, ou, se tiver pressa, no jantar com Lula esta noite no Palácio da Alvorada. De qualquer modo, é junto com a sociedade e o Legislativo. Não depois que o debate tiver se concluído. E nunca a canetaços de medida provisória – um recurso que em tese estaria à disposição de Lula, mas que este descartou por respeito à necessidade de discutir da forma mais ampla, democrática e exaustiva possível o que a nação deve fazer com a “riqueza imensa” do pré-sal."

Infinito

Galáxias, nebulosas, supernovas, distantes planetas. O universo nos faz lembrar o quanto pequenos somos, bem como as nossas preocupações, receios e anseios. Tentando traduzir esse sentimento através de imagens musicais muitos compositores se utilizaram dos recursos da eletrônica para proporcionar viagens quase que esotéricas pelo infinito. Vale citar os pioneiros alemães Tangerine Dream, Popol Vuh, Michael Hoenig, etc. e, posteriormente, americanos como Steve Roach, Michael Stearns, Richard Burmmer, David Parsons e tantos outros. No video, um belíssimo passeio astronômico pelas galáxias ao som extremamente relaxante do ótimo John Serrie. Concentrem-se nas imagens do cosmos e na música, tentando esquecer de tudo que está em volta e "esvaziando" a mente de outros pensamentos, em um processo meditativo. Maximizem a imagem do video (tela inteira) utilizando o penúltimo botão da direita, abaixo da imagem, após dar o "play".
Boa semana a todos!

29 de agosto de 2009

SEXO TÂNTRICO: um bom assunto para fim-de-semana, né não?


Publicado no Portal de Luis Nassif:

"SEXO TÂNTRICO - VC CONHECE? JÁ EXPERIMENTOU? É PRATICANTE?"
Segundo os entendidos, esta experiência pode funcionar como uma chave na solução e abrandamento de muitos dramas vivenciados na atualidade, conheça mais sobre o assunto.

Parabéns a ONG: COCIDAMA de São João da Barra pela luta em prol da Restinga de Gruçaí - Do Blog Ambiental de André Pinto

Veja a matéria do Ministro Minc sobre o Parque de Gruçaí:

Criação de parque assegura área protegida de Mata Atlântica no Rio de Janeiro
28/08/2009
O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, e a secretária estadual do Ambiente do RJ, Marilene Ramos, anunciaram na sexta-feira (28/08) a criação do Parque do Gruçaí, que será a maior restinga do mundo, e ficará no município de São João da Barra, no Rio de Janeiro.Minc, Marilene e o diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), André Ilha, falaram em coletiva sobre a ampliação do Parque Estadual dos Três Picos.O ministro destacou a importância de se proteger todas as Unidades de Conservação, seja municipal, estadual ou federal e que a meta é dobrar a área protegida de Mata Atlântica de modo a formar um corredor florestal unindo todas as UCs. "Estamos correndo atrás de 400 anos de destruição", observou o ministro.

VEJA MAIS

Good Times

Sexta à noite. Madrugada de sábado. Me lembrei dos bons tempos das discotecas e achei esse video legal com o sucesso "Shadow Dancing" do Andy Gibb. Ele era o irmão caçula dos Bee Gees e morreu muito prematuramente. Good Times... Bom fim de semana!

Virgula.com

28 de agosto de 2009

Parece que agora o PSDB vai contratar uma Empresa Americana para agir contra a Petrobras na CPI - a que ponto chega a briga pelo Pré-Sal??!!

O Conversa Afiada recebeu o e-mail abaixo de uma fonte ligada à indústria do petróleo:
“O Senador Alvaro Dias declarou que o partido está em negociação com uma empresa de Houston, nos Estados Unidos, para auxiliar seu trabalho na CPI da Petrobras. E diz mais “Foi a única empresa até agora que topou nos ajudar porque não é daqui e deve trabalhar para as concorrentes da Petrobrás. Na próxima semana devemos ter muito mais munição”.As motivações do PSDB aos poucos vão ficando claras. Para atacar um patrimônio nacional busca apoio em uma concorrente nos Estados Unidos, país que tem enorme interesse no enfraquecimento da Petrobras, já que pretende que suas empresas de petróleo ganhem importante fatia do pré-sal. Para isso contam com um senador tucano, que se dispõe a fazer o jogo do capital internacional contra a empresa brasileira.
Depois de tentar mudar o nome da empresa para PETROBRAX, agora os tucanos se dispõem a prestar relevantes serviços aos concorrentes de nossa maior empresa. Mas, sobre isso, a imprensa não fala uma linha.
Álvaro Dias deverá se encontrar com representantes de uma empresa de Houston na próxima semana para fechar contrato de investigação sobre a Petrobras. Dias deixou subentendido que a investigação que ficará a cargo da tal empresa pode ultrapassar a análise dos documentos enviados à CPI. O senador falou sobre essa questão com jornalistas do Globo, Estadão e Folha. Mas não deu detalhes.
Outro senador que estaria envolvido nos contatos com a empresa é Sérgio Guerra, mas ele se nega a falar sobre o assunto.”
O Conversa Afiada, na segunda-feira, perguntará ao senadores Álvaro Dias e Sérgio Guerra os termos da colaboração dos tucanos com a empresa americana para desestabilizar a Petrobrás e meter a mão no pré-sal.
O Conversa Afiada convida os amigos navegantes a fazer o mesmo.
O e-mail de Álvaro Dias é: alvarodias@senador.gov.br
E o telefone de seu gabinete é: (61) 3303-4059/4060
O e-mail de Sérgio Guerra é: sergio.guerra@senador.gov.br
E o telefone de seu gabinte é:(61) 3303-2382/2383O Conversa Afiada pedirá ao presidente da CPI, senador João Pedro (PT-AM), que interpele os dois tucanos sobre esse ato que, se verdadeiro, seria uma forma de traição.


SAIBA MAIS

Um Chamamento aos brasileiros - AVAAZ.ORG


"Caros amigos brasileiros,
Chegou o momento de salvar o clima. Temos apenas 100 dias para conseguirmos um tratado climático global e evitar uma catástrofe planetária, porém as grandes potências ainda não querem se comprometer.
Nós temos uma escolha a fazer: devemos parar tudo e dedicar setembro à luta contra o aquecimento global?
A Avaaz pretende participar de um “despertar climático” aos chefes de estado no dia 21 de setembro com grupos do mundo todo. Esta será a maior mobilização que nós já fizemos, convocando toda a nossa rede para ir às ruas, soando alarmes e organizando milhares de ações. Chamados de todos os cantos - escolas, escritórios, praças públicas - irão inundar nossos governantes com telefonemas pedindo para eles acordarem para o clima. O barulho deste chamado massivo será levado para todos os países presentes na Assembléia Geral da ONU que acontecerá um dia depois em Nova York.

No Brasil, a campanha será lançada AMANHÃ, sábado dia 29 de agosto em 8 capitais! Clique abaixo para assinar a petição e ver os locais:

http://www.avaaz.org/po/climate_yes_petition_brasil?cl=304394024&v=3856

O objetivo da campanha é ambiciosa: convencer nossos governantes a irem para Copenhague em dezembro e assinarem um tratado global forte, justo e vinculante para deter o aquecimento global.

Você sabe porque o Dr. Roger levou tanto tempo para ser preso por estupro? Pois então leia abaixo e tire suas conclusões!


Quando a elite badalava o Dr Roger saiu na Veja 2001

Há quinze anos o Dr Roger estupra mulheres

Observatório da Imprensa afirma:

CASO LINA & DILMA


Imprensa joga a toalha
Por Luciano Martins Costa em 28/8/2009


As edições online dos jornais informavam, desde o final da tarde de quinta-feira (27/8), que durante a curta gestão da ex-secretária Lina Vieira a Receita Federal reduziu sua ação contra grandes empresas.
O Estado de S.Paulo parece ter jogado a toalha que vinha mobilizando a imprensa nas últimas semanas. Ao publicar entrevista do líder do governo no Senado Romero Jucá, desmentindo uma série de especulações que procuravam dar verossimilhança à denúncia de Lina Vieira de que havia sofrido pressões da ministra Dilma Rousseff para "agilizar" a fiscalização sobre o empresário Fernando Sarney, o jornal paulista parece estar tentando se redimir de uma enorme barrigada.
Para preservar algum respeito pela imprensa, convém considerar a controvérsia entre a ex-secretária e a ministra como um equívoco, porque a outra alternativa – a hipótese de que os principais jornais do país estão engajados numa campanha para desacreditar a provável candidata situacionista à Presidência da República – soa absurda demais, pelo risco que representa para a própria imprensa.
História inconsistente
Algumas informações divulgadas por outros meios oferecem claros indícios de que a versão apresentada com insistência pelos jornais não sobreviveria à mais simples investigação.
Uma dessas informações circula pela internet, com origem no portal Terra, que entrevistou o ex-secretário da Receita Everardo Maciel, que por haver ocupado o cargo durante todos os dois períodos do governo Fernando Henrique Cardoso, não pode ser visto como figura suspeita de tentar favorecer a ministra petista. Maciel afirma que toda essa história, bem como a acusação de irregularidades com que a oposição tenta alimentar a CPI da Petrobras, não passam de factóides sem fundamento.
Ao apostar numa história inconsistente que pode ser desmentida cabalmente a qualquer momento, os principais meios da imprensa brasileira colocam sua reputação na linha de tiro.


A Vale retoma o projeto siderúrgico em Anchieta/ES:

Depois de abandonar todo o projeto - que contava também com a participação da gigante chinesa Baosteel - em janeiro/09, com a desculpa da crise financeira internacional, a Vale volta atrás e retoma sozinha o projeto. Segundo o Paulo Henrique Amorim - Conversa Afiada - o presidente da Vale (Roger Agnelli) sentiu o peso de Lula contra o seu nome à frente da Vale e alinhado com o pessoal do "PIG"!!

Será mais um empreendimento industrial gigantesco a ser instalado numa frágil região litorânea do ES - com reflexos na região norte-fluminense - e que exigirá muito dos órgãos governamentais de controle e fiscalização sócio-ambiental!


"Siderúrgica da Vale em Ubu vai criar 18 mil empregos
28/08/2009 - 00h00 ( - A Gazeta)Denise Zandonadi dzandonadi@redegazeta.com.br

Antecipando em um dia o anúncio da nova siderúrgica em Ubu, no Sul do Espírito Santo, o presidente da mineradora Vale, Roger Agnelli, acabou confirmando ontem, durante a inauguração da primeira "wind fence" (barreira que serve para conter a dispersão das partículas de minério de ferro no ar), no complexo de Tubarão, que a empresa pretende construir uma planta industrial nos mesmos moldes daquela que faria em parceria com a chinesa Baosteel.

O executivo admite que o modelo do empreendimento é semelhante ao da Baosteel, mas menor. Tal como o projeto da siderúrgica chinesa, a nova planta industrial no Sul do Estado vai produzir 5 milhões de toneladas de aço por ano, estaria orçada em aproximadamente US$ 3 bilhões e vai criar 18 mil empregos diretos na fase de implantação da usina, confirmou a Vale.

Agnelli disse que uma siderúrgica em Anchieta poderá viabilizar a construção da Ferrovia Litorânea Sul (FLS), ligando Vitória a Cachoeiro, e de um porto para escoar a produção do aço, além de outros produtos.

Apesar de comentar o assunto, Agnelli não quis dar mais detalhes, já que a empresa marcou, para hoje de manhã, um encontro de diretores da empresa com a comunidade de Anchieta. O objetivo é apresentar o estudo completo do projeto de instalação de uma usina em Ubu, região onde já está instalada a Samarco, empresa que produz pelotas de minério de ferro.

À tarde, o diretor de ferrosos da Vale, José Carlos Martins, concede entrevista coletiva, no Palácio da Fonte Grande, para falar sobre o estudo da Companhia Siderúrgica de Ubu (CSU). Segundo Agnelli, a Vale está buscando as melhores tecnologias e processos para viabilizar a implantação da CSU no local."Não vamos desrespeitar nenhuma determinação ambiental, nenhuma legislação. No caso da água, vamos estudar como fazer o uso e o reuso do recurso natural no processo de produção do aço, para que a necessidade de água doce seja a menor possível", explicou Agnelli. A utilização de água do mar no processo de produção, segundo ele, é muito cara e não vem sendo estudada, por enquanto.

Respeito
A Vale, segundo ele, acredita na viabilidade da CSU na região. "Estamos pagando pelo risco do projeto, e vamos até o final para saber se poderemos instalar a usina no local. Mas vamos respeitar o que os órgãos ambientais determinarem", explicou Agnelli, que concedeu a entrevista ao lado do governador Paulo Hartung."

SAIBA MAIS

Entre Aspas

Nessa a Mônica "dançou". Assistam e e verão!

Do site da revista Carta Maior: "O programa foi ao ar nesta terça-feira (25). A apresentadora Monica Waldvogel iniciou o "Entre Aspas" com uma leitura apocalíptica sobre o "aparelhamento da Receita" pelo governo Lula, mostrando Lina Vieira como uma "vítima" de interesses poderosos (Sarney, Petrobras, etc.). Todas as teses da introdução de Waldvogel foram rejeitadas e rebatidas pelos participantes do programa. Ao final do mesmo, constrangida, a jornalista pergunta:- Mas então houve uma manipulação da opinião pública?Assista ao programa e tire suas conclusões:"

Cadê o Belchior?

Nosso ídolo parece que sumiu por conta de problemas financeiros e familiares. Mas a galera da Internet não alivia prá ninguém e criaram Blogs, sites e comunidades, só de sacanagem.
O Blog http://cadebelchior.tumblr.com/ por exemplo, fez diversas fotomontagens mostrando onde está o cantor e compositor. Na imagem aí debaixo ele está escondido no meio das celebridades na histórica capa do disco dos Beatles...


27 de agosto de 2009

Columbia Pictures lança em novembro o filme: 2012 um cataclismo global



Elenco: John Cusack, Chiwetel Ejiofor, Danny Glover, Thandie Newton, Oliver Platt, Amanda Peet, Tom McCarthy, Chin Han, Woody Harrelson.
Direção: Roland Emmerich
Gênero: Aventura
Duração: --- min.
Distribuidora: Sony Pictures
Estreia: 13 de Novembro de 2009

Sinopse: A cultura Maia afirma que a terra, como a gente conhece, terá um fim no ano de 2012. A teoria revela que o fim da terra começa com o alinhamento planetário e uma inversão dos pólos da Terra após um grande tsunami. Após isto o caos se instala e o planeta terra começa a se tornar inabitável.
Nunca antes na história uma data foi tão significante para tantas culturas, tantas religiões, cientistas e governos. 2012 é uma aventura épica sobre um cataclismo global que traz o fim do mundo e conta a heróica luta dos sobreviventes.

Curiosidades: » Com previsão de lançamento para o verão de 2009, o filme foi alvo de uma "guerra de lances" de distribuidoras, que culminou com a vitória da Sony. O orçamento da superprodução gira em torno de US$ 200 milhões e as filmagens estão previstas para começar no segundo semestre deste ano.
» O diretor Roland Emmerich já se firmou no gêneno apocalíptico com filmes como 'Independence Day' e 'O Dia Depois de Amanhã'.

TRAILER

TRAILER

...enquanto a Crise não vem...


Sobre o que falou a Prefeita de São João da Barra em Brasília a respeito do Complexo do Açu, é o que penso:

Não se trata, absolutamente, de uma questão tão rasa como a posta pela Sra. Prefeita:"Estamos tendo o cuidado possível para acomodar a questão ambiental e principalmente a população.”

"Acomodar"? Este não é o verbo que deveria fazer parte desta vital discussão - que deveria ser muito mais democrática -, mas sim o verbo "Inserir".

A pouca transparência e o excesso festivo entorno do "Complexo do Açu" somente produz desconfiança e preocupação, não somente entre os que já conhecem bem as mazelas sócio-ambientais promovidas por investimentos similares mundo afora, mas também entre as humildes e despreparadas comunidades rurais e urbanas de nossa região, que já estão sentindo os efeitos deste processo em implantação surda e veloz.

Mesmo com a ação oportuna e corajosa dos membros do Ministério Público Federal, sinto dizer que não creio que chegaremos a um cenário mais equilibrado, seguro e sustentável para as atuais e próximas gerações regionais.

A intervenção empresarial proposta, parece ter proporções bem mais amplas e complexas do que as estruturas atuais do Poder Executivo - de fiscalização e controle sócio-ambientais -, municipal, estadual e federal podem dar conta, com isso, vigora o império da omissão coletiva e pública, onde a maioria dos cidadãos e cidadãs apenas se orgulham com a idéia de que finalmente o "progresso" nos alcançará, incapazes de supor o grau de transformações que será imposto nesta macro-região brasileira nos próximos meses e anos.

Este é um empreendimento gigantesco que não tem rosto e nembandeira oficial que se responsabilize pelas consequências reais que já ocorrem. A tática foi colocar a cara do Estado na frente da população para dialogar o mínimo com ela, enquanto os projetos e os trabalhos são tocados velozmente por diversas empresas dia e noite...

Um "Pool" de companhias que não conhecemos sua história e nem os seus compromissos com a região...a grande maioria de nós somente continua adorando aquele sorriso mágico e meio irônico do mega-especulador Eike Batista, que muito em breve sairá de todo o complexo pela tangente...pois a sua questão é vender informações privilegiadas e colher fartos lucros por onde chega...

Ainda veremos muito mais!!

26 de agosto de 2009

Gil Carlos Barros

O grande amigo (e compadre) Gil Carlos Barros é um grande pintor nas horas vagas. Com referências à arte naif, impressionismo, pontilhismo, etc. sua obra marca-se por uma agradável policromia eventualmente figurativa, eventualmente utilizando-se de abstracionismo geométrico. Sempre nos remetendo a bons tempos, que não voltam mais... Vocês podem conferir um pouco disso em http://gilbarros.blogspot.com/. O Blog não está muito atualizado porque - ao que parece - ele não está tendo muito tempo de pintar (está esperando a aposentadoria Gil?).

Dicas de Livros

Eventualmente (ou todo dia, melhor dizendo) recebo ofertas via e-mail de livrarias on-line (livros, CDs, DVDs, eletrodomésticos, etc.). É bom porque eventualmente consigo aproveitar ótimos preços de coisas que me interessam. É ruim porque atiçam a vontade de aproveitar a oportunidade e corro o risco de comprar além do que deveria. Agora, por exemplo, tenho uma fila de livros para ler e DVDs para assistir e recebo anúncios de ótimos livros, séries etc. Não dá para comprar nada agora, mas dá vontade de adquirir esses três livros cuja propaganda recebi hoje da Livraria Cultura.

Nos, Os Humanos
“Este livro reúne seis ensaios de Flávio Gikovate (médico psiquiatra) acerca das relações entre a razão e as pressões biopsicossociais a que nos submetemos. O primeiro, 'Corpo, alma e sociedade', mostra que estamos presos a valores e regras sociais que nos impedem de ter uma vida plena. O segundo, 'Amor e sexo', explica que esses dois componentes não estão sempre interligados, como reza o senso comum. O terceiro, 'Amor e vaidade', demonstra que um dos ingredientes mais destrutivos envolvidos na relação amorosa é a vaidade, mesmo que não seja percebida pelos parceiros. O quarto, 'Amor e vícios', reafirma a ideia do autor de que o amor romântico funciona da mesma forma que as substâncias que provocam dependência. O quinto, 'Amor e razão', sustenta o ponto de vista de Gikovate de que o amor pleno é aquele mais próximo da amizade, sem vínculos doentios entre as pessoas. Por fim, 'Do que somos capazes' oferece uma visão otimista do futuro, desde que as pessoas reflitam cada vez mais sobre todas essas questões e que invistam em sua individualidade para ter uma vida social e amorosa bastante satisfatória”.

Aconteceu em Woodstock
“Trata-se de uma história real escrita por Elliot Tiber, o homem que levou o maior festival de música da humanidade para a pequena cidade de Bethel, próxima à Nova York. Tiber conta no livro que 'Woodstock' aconteceu quase por acaso. Para salvar o hotel dos pais da falência, ele ofereceu o terreno para promover um show de rock e arrecadar dinheiro. Ele só não sabia das proporções que o evento tomaria.”


Sobre A Violencia
“Vivemos em meio a uma escalada mundial de destruição e guerras. Como compreender esse momento? Neste livro, Hannah Arendt mostra que a glorificação da violência não está restrita a uma pequena minoria de militantes e extremistas. A súbita reação pública à violência que se seguiu à Segunda Guerra Mundial dissipou-se, assim como as filosofias de não-violência do começo dos movimentos pelos direitos civis. Como essa inversão aconteceu? E aonde irá nos levar? Para responder a essas questões, a autora examina a relação entre guerra e política, violência e poder e questiona a natureza do comportamento violento”.

"Caso Petrobras e Dilma/Lina "são farsa"" - Do Terra Magazine:


Por Bob Fernandes

O pernambucano Everardo Maciel mora há 34 anos em Brasília. Foi secretário executivo em 4 ministérios: Fazenda, Educação, Interior e Casa Civil, e foi Secretário da Fazenda no Distrito Federal. Everardo é hoje consultor do FMI, da ONU, integra 10 conselhos superiores, entre eles os da FIESP, Federação do Comércio e Associação Comercial de São Paulo e é do Conselho Consultivo do Conselho Nacional de Justiça.
Mas, nestes tempos futebolísticos, às vésperas de 2010, com tudo o que está no ar e nas manchetes e, em especial, diante do que afirma Everardo Maciel na entrevista que se segue, é importantíssimo ressaltar que ele foi, por longos 8 anos, "O" Secretário da Receita Federal dos governos Fernando Henrique Cardoso.

Veja também:» Opine aqui sobre as denúncias contra a ministra Dilma e a Petrobras
» DEM representa contra a Segurança do Planalto
» Agenda oficial de Dilma de dezembro contém omissões e erros
» Siga Bob Fernandes no twitter

Dito isso, vamos ao que, sem meias palavras, afirma Everardo Maciel sobre os rumorosíssimos casos da dita "manobra contábil" da Petrobras - que desaguou numa CPI -, da suposta conversa entre a Ministra Dilma Rousseff e a ex-Secretaria da Receita Lina Vieira e da alardeada "pressão de grandes contribuintes", fator que explicaria a queda na arrecadação:

- Não passam de factóides. Não passam de uma farsa.

Sobre a suposta manobra contábil que ganhou asas e virou fato quase inquestionável, diz o ex-Secretário da Receita Federal de FHC:

-É farsa, factóide... a Petrobras tem ABSOLUTO DIREITO (NR: Destaque a pedido do entrevistado) de escolher o regime de caixa ou de competência para variações cambiais, por sua própria natureza imprevisível, em qualquer época do ano. É bom lembrar que a opção pelo regime de caixa ou de competência não repercute sobre o valor do imposto a pagar, mas, sim, a data do pagamento. Essas coisas todas são demasiado elementares.

E o caso Dilma/Lina?

- Se ocorreu o diálogo, ele tem duas qualificações: ou era algo muito grave ou algo banal. Se era banal deveria ser esquecido e não estar nas manchetes. Se era grave deveria ter sido denunciado e chegado às manchetes em dezembro, quando supostamente ocorreu o diálogo. Ninguém pode fazer juízo de conveniência ou oportunidade sobre matéria que pode ser qualificada como infração. Caso contrário, vai parecer oportunismo.

E a queda na arrecadação por conta de alardeada pressão de grandes contribuintes?

-Farsa, factóide para tentar explicar, indevidamente, a queda na arrecadação.

Sobre essa mesma queda e alardeadas pressões, Everardo Maciel provoca com uma bateria de perguntas; que ainda não foram respondidas porque, convenientemente, ainda não foram feitas:

- Quais são os nomes dos grandes contribuintes, quando e de que forma pressionaram a Receita? Quando foi inciada a fiscalização dos fatos relacionados com o senhor Fernando Sarney? Quantos foram os contribuintes de grande porte no Brasil que foram fiscalizados no primeiro semestre deste ano, comparado com o mesmo período de anos anteriores e qual foi o volume de lançamentos? A Receita, em algum momento, expediu uma solução de consulta que tratasse dos casos de variações cambiais como os alegados em relação à Petrobras?

Com a palavra Everardo Maciel, Secretário da Receita Federal nos 8 anos de governo Fernando Henrique Cardoso:

Terra Magazine - Algo perplexo soube que o senhor, Secretário da Receita Federal por 8 anos nos governos de Fernando Henrique Cardoso, não tem a opinião que se imaginaria, e que está nas manchetes, editoriais e colunas de opinão, sobre o caso das ditas manobras contábeis da Petrobras, agora uma CPI?
Everardo Maciel - Independentemente de ter trabalhado em qualquer governo, meu compromisso é dizer a verdade que eu conheço. Então, a verdade é que a discussão sobre essa suposta manobra contábil da Petrobras é rigorosamente uma farsa.

Uma farsa, um factóide?

É exatamente isso. Farsa, factóide.

E por quê?

Porque não se pode falar de manobra contábil, porque a contabilidade só tem um regime, que é o de competência.

Traduzindo em miúdos, aqui para leigos como eu....

Eu faço um registro competência... quer dizer o seguinte: os fatos são registrados em função da data que ocorreram e não da data em que foram liquidados. Por exemplo: eu hoje recebo uma receita. Se estou no regime de competência, a receita é apurada hoje. Entretanto, se o pagamento desta receita é feito no próximo mês, eu diria que a competência é agosto e o caixa é setembro. Isso é competência e caixa, esta é a diferença entre competência e caixa, de uma forma bem simples.

SAIBA MAIS AQUI

25 de agosto de 2009

Tem início a febre do Pré-sal e a Petrobras na mídia...


Richard Dawkins

Muito interessante essa edição do programa "Milênio" que contou com uma palestra/entrevista (na última FLIP - Feira Literária Internacional de Parati) com o polêmico cientista e escritor inglês Richard Dawkins sobre Deus, evolução, etc. Existe uma continuação, se quiserem ver acessem por aqui.



"Ciência e religião não se misturam no mundo de Dawkins, ele endossa a primeira e rejeita a segunda".
"No segundo programa do Milênio especial, o evolucionista britânico Richard Dawkins defende a atualidade da teoria darwiniana, e aprofunda debates sobre o desenvolvimento da consciência".

O Brasil não pára por conta da pressão da mídia vendida...veja abaixo:

Do Blog Defesa BR
Governo Prepara Holding Bélica Chamada Engesaer
A volta da Engesa
Acordo sigiloso com o grupo europeu EADS retoma marca histórica da indústria bélica
Claudio Dantas Sequeira
No dia 7 de setembro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seu convidado, Nicolas Sarkozy, da França, terão um motivo a mais para comemorar. Além de assinarem o contrato de fornecimento dos 51 helicópteros de transporte militar EC-725, lançarão a pedra fundamental da “Engesaer”, holding que tomará a frente das iniciativas de transferência de tecnologia no âmbito da Estratégia de Defesa Nacional.
A marca Engesa fez história no País entre as décadas de 70 e 80, quando figurou como importante indústria de material bélico, exportando caminhões militares e blindados leves para 18 países. Espera-se reeditar o sucesso da época e levar o Brasil de volta ao seleto grupo de fabricantes de armamentos.
No comando da iniciativa está o coronel reformado Oswaldo Oliva Neto, irmão do senador Aloizio Mercadante (PT-SP) e ex-assessor do ex-ministro Luiz Gushiken, quando esteve à frente do Núcleo de Assuntos Estratégicos (NAE) da Presidência, depois transformado em Ministério.

LEIA MAIS

Mesmo sendo um país que prega a paz entre os povos e pacífico por natureza, o Brasil precisa demonstrar para o mundo que não é nada ingênuo! A atual visibilidade internacional que o país galgou, somada aos investimentos grandiosos que para cá estão sendo carreados velozmente e mais o destaque de nossas potencialidades econômicas, ambientais e energéticas, nos torna alvo inevitável dos interesses mais diversos, dentre eles os mais perversos.

Acerta de novo o Governo Federal!

Meio Ambiente: Temperatura recorde nos oceanos

Materia publicada na página da National Geografic.


Temperatura dos oceanos bate recorde
Meio ambiente - 21/08/2009

"A água dos oceanos na Terra está cada vez mais quente. De acordo com o Centro Nacional de Dados Climáticos dos Estados Unidos (NCDC, na sigla em inglês), a temperatura média dos mares atingiu 17 graus Celsius em julho - a mais alta já registrada desde que as medições tiveram início, em 1880.

Para os meteorologistas do NCDC, a alta na temperatura é resultado de fenômenos naturais, como o El Niño, aliados à ação destrutiva do homem sobre a natureza, que contribui para o aquecimento global.

Ainda segundo os cientistas, a água mais quente poderá acelerar o derretimento de geleiras e, possivelmente, fortalecer furacões. Um dos efeitos desse aquecimento que já pode ser percebido e a destruição de recifes de corais. No Golfo do México, onde a temperatura média das águas atingiu os 32 graus Celsius, houve um aumento considerável na quantidade de furacões.

O aquecimento é mais forte no Ártico, onde a temperatura das águas já aumentou 10 graus. Para os cientistas, esse fenômeno é mais um indicador das mudanças causadas na Terra pelo aquecimento global. Os pesquisadores do NCDC explicam que é mais difícil haver aumento de temperatura nos mares do que nos continentes e que o resfriamento das águas é ainda mais difícil.

"Esse aquecimento das águas que nós estamos vendo não vai desaparecer no próximo ano. Ele vai persistir por um longo tempo", explica Andrew Weaver, da Universidade de Victoria. Segundo ele, é preciso cinco vezes mais energia para se aquecer os oceanos do que os continentes."

24 de agosto de 2009

Duplicação da RJ-106 (Rio das Ostras x Macaé)

Será que em 2010 sai? Não sei não...

A velocidade da informação na Internet x Jornais Impressos

Navegando rapidamente agora achei esse artigo postado hoje no "Luis Nassif On Line". Para maiores detalhes confiram em "Mundos Paralelos".
Mais ainda do que os detalhes da notícia e da análise em si, é interessante essa constatação da velocidade da informação (e da verdade) na Internet versus a pauta dos grandes jornais. Leiam e entenderão.


24/08/2009 - 07:19

Os mundos paralelos da rede e dos jornais
Por weden
Mundos Paralelos

Às nove da noite do domingo, o jornalista Ricardo Noblat publicou uma barriga de Elio Gaspari, insistindo no encontro de Lina e Dilma no dia 19 de dezembro.

Justifica-se a barriga de Gaspari. Ele poderia não saber da informação de que Lina não estava em Brasília neste dia, que foi vazado na rede.

Mas não se justifica que Noblat ignore totalmente a informação e publique o artigo-barriga de Gaspari.

Simplesmente, pelo fato de que Noblat sabe da impossiblidade do encontro das duas no dia 19 de dezembro. Noblat é homem da rede, de política, muito próximo da oposição, conhecedor das histórias políticas da capital Potiguar, e não estaria tão desinformado sobre a viagem de Lina.

Mas fez vista grossa e ainda joga Gaspari, que parece viver em outro mundo, na lenha.

Estamos diante de dois mundos que se estranham e parecem ser absolutamente paralelos.

Neste caso, os jornais agem como se não soubessem que a rede sabe de muita coisa. A alienação parece tanta que até agora nenhuma emissora de tv, nenhum jornalão fez uma cobertura digna do fato de que Lina mentiu sobre o dia 19, que o marido dela é ligado ao PSDB-DEM, que o motorista apontado por Lina não confirmou nada, e que não há registros da entrada de Lina nos últimos dois meses do ano passado.

Salvam-se as revistas: primeiro a Carta Capital, depois a Época. Mas é estranha esta alienação dos veículos em papel jornal - incluindo seus articulistas, como Gaspari.

Parecem estar num mundo paralelo à rede, e à velocidade com que farsas são desmontadas.

Resta saber se o Noblat que publicou o artigo extemporâneo de Gaspari é o da rede ou o do jornal O Globo.

O Brasil enfrenta um tempo novo e é por isso que você precisa conhecer esta História:

"Trata-se de um livro raro, difícil de se achar em livrarias, mas que está disponível gratuitamente na internet. Apresentado pelo jornalista Daniel Heiz, como tese de mestrado Universidade de Brasília em 1983, ”A História Secreta da Rede Globo” aborda o problema da introdução de tecnologias de comunicação no Brasil. O melhor do livro, porém, é a explicação de como a Globo, que foi construída com capital estrangeiro, chegou ao que é. Com um poder tal, que é capaz de fazer presidentes - desde que eles façam acordos que lhe convém. A Globo , se quiser, pode ainda manipular a Bolsa de Valores, interferir nas ações policiais e em CPIs e ainda fazer bandidos e mocinhos. E é óbvio que suas novelas e certos programas de auditório têm sempre o mesmo objetivo: alienar os jovens e destruir a estrutura familar..."


A sociedade brasileira precisa conhecer o quanto antes a lógica que predomina entre as Estruturas Políticas em todos os níveis do país e os empresários da área de comunicação de massa.

FAÇA DOWNLOAD AQUI



23 de agosto de 2009

Clima

Começou a temporada de incêndios. A Grécia é mais uma vez atingida.

O Pré-sal ainda vai dar no que falar...veja o que disse o Governador do RJ ao Estadão:

''Não permitirei que o Rio seja assaltado''

Entrevista - Sérgio Cabral: Governador do Rio; Cabral não aceita o projeto que distribui os royalties do pré-sal para todos os Estados e municípios e critica ação da Petrobrás

Luciana Nunes Leal e Fernando Paulino Neto, RIO

Um dos assuntos favoritos do governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), é a proximidade com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a parceria com o governo federal. Cabral gosta de falar das visitas de Lula ao Rio, cita valores de investimentos, comemora a aliança política entre União, Estado e a capital. Um tema, no entanto, tira o governador do sério: as regras para exploração do petróleo pré-sal.

Cabral não aceita o projeto em estudo no governo que distribui os royalties para todos os Estados e municípios, inclusive aqueles onde não há exploração do petróleo. O Rio seria um dos grandes prejudicados por esse modelo, assim como outros Estados produtores. "Não há nada que me faça permitir que o Rio seja assaltado", reage, para depois alertar: "São Paulo será assaltado também." Outro ponto atacado pelo governador é a fatia reservada à Petrobrás de, no mínimo, 30% do valor do produto extraído. A estatal será a única operadora dos campos de pré-sal. "É uma vergonha", critica. "A Petrobrás não é maior que o Brasil. A lógica do Brasil não deve seguir a Petrobrás", disse, em entrevista ao Estado, na manhã de quinta-feira.

LEIA MAIS AQUI

Nos próximos dias saberemos o que o Governo estará mandando para o Congresso sobre a nova Lei que regulamentará a exploração de Petróleo no Brasil.

Mas uma coisa é certa: o Estado do Rio de Janeiro e os vários municípios inundados com os fartos royalties terão sim alguma surpresa! Pois algo de fato precisa ser feito para evitar o avanço da corrupção crônica que habita esta região do Brasil, em função destes mesmos royalties, e, talvez uma melhor distribuição desta riqueza pelo país, em Políticas Públicas Federais, seja de fato a grande boa saída!

Veja o que escreveu um comentarista no Estadão sobre o que disse o Sérgio Cabral:

ESTRANHA PREOCUPAÇÃO
Dom, 23/08/09 08:36 aguapotavel, aguapotavel@estadao.com.br
O anti-paulista Cabral, tal qual Roberto Marinho, Nuzman, que jamais pensaram em São Paulo ou nos interesses dos paulistas, a não ser quando precisam de algo, agora vem lembrar de São Paulo!!!???!!! Sr. Cabral, aqui em São Paulo trabalhamos! Não vivemos de rebolar para turistas, como vocês fazem no carnaval: Não vivemos essencialmente de royalties, Não vivemos de propaganda enganosa de nosso estado; nem tampouco de ricardos teixeiras e nuzmans da vida para conseguir investimentos em estádios com o dinheiro de impostos pagos por todos brasileiros. Esqueça São Paulo! Siga nosso exemplo: Trabalhe e seja empreendedor. Pare de esperar somente coisa fácil, que não demanda uma gota de suor, como é o caso dos royalties.

My Immortal

Ontem vi meu filho (16 anos) assistindo a essa versão acústica do Evanescense. Na verdade ele estava observando o desenvolvimento ao piano para tentar tocar a música em seu teclado (ele é mais especializado em guitarra e violão). A música é realmente belíssima e eu resolvi postá-la aqui, live e traduzida, pois a letra também é muito bonita. Bom domingo a todos.

22 de agosto de 2009

O Globo e o Governo Lula, segundo o Conversa Afiada:

“Marina nega criticas à política social do governo.
Senadora elogia avanços no setor na gestão Lula …”
(até aí, nada, não é mesmo amigo navegante…)
Aí, depois, diz o Globo (bem escondido):
“Brasília – Recém saída do PT, a senadora Marina Silva (Acre) foi ontem ao plenário para negar que tenha dito que o governo do Presidente Lula seja ‘insensível a causas sociais’, COMO AFIRMOU MANCHETE (na primeira página ! – PHA) DO GLOBO DE ONTEM…”
“Eu já disse inúmeras vezes, inúmeras vezes, desta tribuna, e em todas as manifestações que fiz, que foi (a do Governo Lula) a melhor política social que tivemos … Que precisamos fazer ajustes em relação à porta de saída, mas que só é possível porta de saída hoje porque teve uma porta de entrada, disse Marina. Saí do PT, mas compreendo todos os avanços que tivemos.”


VEJA MAIS AQUI

Dr. Nélio Artiles, infectologista e Diretor da Faculdade de Medicina de Campos escreve sobre a gripe suína:

"A epidemia da desinformação

Nélio Artiles Freitas

Vivenciamos um momento de grande apreensão em nosso planeta. De repente uma nova doença vinda de porco ameaça a população mundial. Seria o anunciado fim dos tempos? Existe uma tendência dos humanos de sempre imaginar ou prever o pior em qualquer situação nova. Pra piorar o contexto do medo e da insegurança do novo, numerosos especialistas em especulação e oportunistas lançam toneladas de informações desencontradas e sem nenhum embasamento científico em todo tipo de mídia, principalmente na rede mundial da internet.
Na verdade, esta não é uma doença nova. Hipócrates, o pai da Medicina, no século V antes de Cristo, relatou casos de uma doença respiratória que, em algumas semanas, matou muitas pessoas. O primeiro registro de pandemia de gripe ocorreu em 1889, com a morte de cerca de 300 mil pessoas. Já em 1918 a grande pandemia da Gripe Espanhola infectou 50% da população mundial e vitimou mais de 40 milhões de pessoas, sendo que no Brasil cerca de 65% da população foi infectada com mais de 35 mil mortes registradas. Depois veio a gripe asiática e a de Hong Kong e, recentemente, a gripe aviária. Porém anualmente enfrentamos epidemias da gripe sazonal que sempre foram subnotificadas e principalmente pouco valorizadas.
A mortalidade anual pela gripe sazonal atinge milhares de pessoas em todo o planeta principalmente entre idosos, crianças, portadores de doenças respiratórias, gestantes e outras condições que levam a uma baixa defesa imunológica, sendo que nunca foi motivo de mídia ou de preocupações. Mais recentemente, vários países instituíram a vacinação contra o vírus influenza com o intuito de reduzir os números de internações e mortes pela gripe entre idosos, o que demonstrou ser efetivo.
Mas o que tem de diferença real entre esta gripe suína, a gripe sazonal e as pandemias anteriores? Sabemos que é o mesmo vírus influenza, com diferenças apenas de algumas proteínas, mas com comportamentos semelhantes. As formas de transmissão, os sintomas e o grau de adoecimento são semelhantes. Mas algo tem nos chamado a atenção. A sua letalidade (mortalidade por grupos de pessoas com a doença) aparenta ser menor que todas as anteriores. Quando milhares de pessoas morreram ano passado (4 a 5 mil) pela gripe sazonal no Brasil, as atenções não estavam voltadas para o vírus influenza, mas este ano cada morte é alardeada de uma forma bem barulhenta. Em números absolutos, até 6 de agosto haviam sido registradas cerca de 1.500 mortes em todos os continentes. No Brasil, 384 segundo a última atualização.
Sinto-me na obrigação de chamar a sua atenção para o real posicionamento sobre esta gripe em nosso meio. O H1N1 irá continuar entre nós por muito tempo e não vão ser feriados escolares ou fugas da cidade que irão impedir que 30 a 40% de nossa população seja infectada, como nos conta seu perfil histórico. Outra informação importante é que mais de 95% das pessoas infectadas por este vírus irão melhorar espontaneamente, sem medicação, e os 5% restantes poderão complicar e deverão ser tratadas e acompanhadas pelos médicos. Em pandemias a faixa etária dos jovens é a mais acometida e por isto estamos vendo mais gestantes com formas graves, pois apresentam fatores de risco.
Como então evitar pegar esta gripe? Primeiro saber que o vírus fica vivo por alguns dias em superfícies, assim como nas mãos das pessoas e em roupas. Logo, a higienização das mãos é, sem dúvida, a forma mais importante de prevenir esta doença. A transmissão respiratória só ocorre em contatos íntimos ou quando alguém, a um metro de distância de você, solta gotículas em tosses ou espirros. Então o uso de máscaras só tem valor para os profissionais de saúde que irão examinar estes pacientes. Ou nas próprias pessoas que estão tossindo que, por uma questão de cidadania, deveriam usar máscaras comuns (cirúrgicas) para não disseminar o vírus em superfícies. O vírus não pula, não voa e nem fica no ar em suspensão.
A principal forma de prevenir esta doença é lembrar que nossas mãos são os grandes disseminadores do vírus e não o ar. A gripe H1N1 predomina entre nós, pois representa 75% das gripes que nos rodeiam no momento, de acordo com o Ministério da Saúde. Logo, sem pânico, vamos enfrentá-la com sobriedade e responsabilidade.
Qualquer gripe é perigosa (sempre foi) e temos que nos preparar para enfrentar esta e as outras que inevitavelmente aparecerão em nosso meio. Vamos viver uma vida responsável, cuidando de nossa saúde, do nosso corpo com uma boa alimentação, hidratação e uma regular atividade física aeróbica, associada ao reforço muscular e de alongamento. Se já está com gripe neste momento, não se assuste. Há 99% de chance de você melhorar sem nenhuma medicação. Mas caso esteja se sentindo mal, principalmente com falta de ar, febre alta e tosse, procure seu médico e evite ir a um pronto-atendimento hospitalar, pois as informações acima poucas pessoas têm e lotam os hospitais desnecessariamente. O seu médico irá avaliar se precisa ou não de algum remédio.
Precisamos voltar a nos preocupar com outras doenças que continuam a matar muito mais que a gripe como doenças cardiovasculares, acidentes de trânsito, neoplasias, desnutrição, diarréias em crianças, doenças pneumocócicas em crianças, entre muitas outras. Precisamos voltar a nos preocupar com a corrupção e a irresponsabilidade dos muitos governantes que comandam o destino deste país.
Vamos nos cuidar, brasileiros."

Mundial de Atletismo

Continua hoje o Mundial de Atletismo que está acontecendo desde sábado passado em Berlim, Alemanha. Hoje à tarde os destaques ficam por conta do salto em distância feminino (com duas brasileiras com chance) e a final do revezamento 4x100 (o Brasil entrou devido à desclassificação dos EUA). Mas sem dúvida o destaque neste mundial (mais uma vez) é do jamaicano Usain Bolt que ganhou a sua segunda medalha de ouro na competição, desta vez nos 200m, com mais um recorde mundial. Imbatível! Virou ídolo mundial. Entrou para a história. E não posa de herói, pois é uma figura extremamente simpática, engraçada. Hoje ele deverá estar na pista outra vez, no revezamento.

21 de agosto de 2009

Mercearia Campista

Interessante programa de debates produzido em Campos. Neste trecho, comentários sobre a ação judicial de jornal contra o Blogueiro.



Rede Blog

Raimundos & Friends: Liberdade de expressão.


20 de agosto de 2009

Raul Seixas 20 anos depois

Amanhã, 21 de agosto, completam duas décadas do falecimento do cantor e compositor Raul Seixas. Pelos meus conhecimentos de eclético fã musical, posso afirmar que não existem, nem existiram, no mundo muitos artistas como ele. Raul Seixas trouxe a contracultura (com algum atraso) para o país na década de 70. Com ele vieram os questionamentos existenciais e sociais que incomodavam muita gente. A psicologia do "Maluco Beleza" era traduzida em forma de ótimas letras, belas melodias e interpretações únicas. Ao lado de parceiros importantes (como Paulo Coelho) ele construiu uma coleção de clássicos inesquecíveis da música brasileira e do rock. Espero que até o final do ano muitas homenagens sejam feitas a esse ícone e que se faça justiça ao seu legado musical. Cito a seguir um trecho de ótimo artigo do psicólogo e jornalista Mário Lucena.
"Raul nasceu para a música. Cantando, preparou-se para a vida. Cresceu ouvindo Elvis Presley e outros grandes nomes do rock. Imitando seus ídolos fez sucesso em Salvador. Comunicava-se por meio da música. Tornou-se compositor. Criou o que chamou de iê-iê-iê realista. Fez sucesso na voz de Jerry Adriani e intérpretes da Jovem Guarda. Mudou-se em 1968 para o Rio de Janeiro e gravou seu primeiro disco. Foi um fracasso. Passou fome e desistiu da empreitada.
Quando voltou ao disco, em 1971, não ofereceu nada pronto ao ouvinte. Sua música questionava a vida e a morte, a existência, o mundo, o certo e o errado. Raul se questionava. Aos 21 anos deu a volta por cima, conseguindo tudo o que um homem comum poderia desejar: carro, apartamento, mulher, filha e emprego de executivo em multinacional. Morava no Rio de Janeiro, uma das cidades mais belas do mundo. Reconhecia tudo isso, mas "não era o que queria" (Eta Vida). Estava infeliz, pois seu querer era a música.
A metamorfose física ocorreu em 1972. Largou o cargo de executivo da gravadora CBS, deixou de lado o paletó e a gravata, deixou crescer cabelo e barba e voltou a imitar Elvis Presley em festival de música promovido pela Globo. Apresentou-se ao Brasil como cantor de rock, mas era muito mais. Outra metamorfose, ocorrida com a leitura de filósofos reducionistas, como Schopenhauer, havia transformado Raulzito em Raul Seixas. Imortalizou-o a sua autenticidade.
Em 1968 citou Schopenhauer na composição Trem 103: Consciente de voltar por onde vim. O trem, a composição, veículo da morte-renascimento, torna-se presença constante em sua obra. Aparece com destaque em 1973 (A hora do trem passar) e em 1974 (Trem das sete). Em 1989, ano de sua morte, Raul expressou o desejo de mudar a direção do trem (Carpinteiro do universo).
Nenhum parceiro, por mais criativo ou influente, desviou-o dos trilhos. Seguiu com coerência os passos da filosofia. Em alguns momentos citou Protágoras, Sócrates, Platão, Sartre, mas as principais fontes foram o hermético Crowley e o pessimista Schopenhauer. Ambos traziam o hinduísmo na veia, herdado por Raul. Na pele de Krishna cantou seu maior sucesso, Gita."

19 de agosto de 2009

...no Senado...

Veja o texto publicado no Blog do Azenha sobre a Marina Silva e o PV: será que a Marina acredita mesmo?!

O Partido Verde vai amadurecer

Atualizado e Publicado em 19 de agosto de 2009 às 17:23

O Partido Verde vai amadurecer

por Lelê Teles

Nisso crê Marina Silva. Nisso não cremos nós. O PV, como sabemos, faz na política o que Mané Garrincha fazia com seus adversários nos gramados: ilude a todos, faz que vai para a esquerda e vai para a direita; depois finge que vai para a direita e se envereda pela esquerda. O PPS é pai e mãe desses dribles; Roberto Freire é o mentor e já teve como seguidores Heloísa Helena, Cristovam Buarque, Gabeira… uma lista ainda por terminar. Marina Silva é a neófita da vez. Vai lendo.

As eleições que se aproximam serão um plebiscito, disso não se pode fugir. Mas se pode protelar. Nas eleições passadas já o fizeram. Um plebiscito, digo, mas não que seja a disputa entre dois nomes e dois homens – mesmo porque termos aí uma mulher –, mas entre duas forças, duas correntes. De um lado, Lula da Silva, Dilma Rousseff e uma multidão de brasileiros que passaram a comer melhor, se vestir melhor, tiveram acesso à universidade e uma diversidade de melhorias e benesses. De outro lado, o senhor Ali Kamel, que é a mente demente dos filhos do Marinho, os próprios filhos marínicos e umas quatro famílias mais – Mesquita, Frias e os demais, falou de um falou de todos. E o Zé Serra, que até pensou em desistir, mas Lula meteu lá Ciro Gomes em seu calcanhar e ele será candidato, porque teme mais a Ciro do que a Lula e Dilma juntos, porque estes são cordiais; Ciro, jamais.

No passado, as forças anti-Lula lançaram os seus factóides: Heloísa Helena e Cristovam. Candidatos da direita, mas travestidos de esquerda. Tanto é que apareciam nos jornais como nunca. Lembremos que Helô teve sua biografia deslindada numa revistona. O mesmo fazem agora com Marina. Não que jornalões e revistonas torcessem para Cristó e Helô, não estavam preocupados em quantos votos eles poderiam ganhar, que seriam bem poucos, mas quantos conseguiriam tirar de Lula.

Eram caricatos. Cristó era monotemático, portanto inviável. Helô, balcão-de-negócios-sujos, era somente uma frasista. Mas encantou-se com os holofotes, chegou mesmo a levar um sobrinho para uma CPI, coisas de celebridade. Ao fim e ao cabo não fez cócegas no score eleitoral e ainda permitiu a eleição folgada de Fernando Collor para o Senado, ou seja, serviu duas vezes à direita. Enquanto fazia com Lula o que Denilma Bulhões fazia com o seu marido governador, para usar uma metáfora alagoana, ou seja, o lategava com uma toalha molhada em praça pública, Collor sorria o seu sorriso sujo para o Senado. Cristovam prometia uma revolução na educação, o que ele queria ter feito em três meses sendo ministro e que não fez nos quatro anos em que governou o Distrito Federal. Passadas as eleições, nenhum jornal quis saber de Helô, e Cristovam voltou ao noticiário porque serve aos jornalões chicoteando Sarney, depois sumirá novamente.

É nessa seara e no mesmo cenário que surge Marina Silva. Com a vantagem, para a direita, que faz o que os dois faziam sendo uma só: é monotemática e tem a língua afiada. Será a anti-Dilma. Já foi enganada pelo PV quando lhe disseram que ela teria 15% de votos logo de saída. O Datafolha mostrou que é um quinto disso, e vai terminar com menos, mas vai fazer um estrago em Dilma, que chegará um pouco trôpega no segundo turno. Depois Marina se desencantará do PV ou ele dará um jeito de se livrar dela, e ela terá que ir para o PSOL ou para o PSTU, ou criar uma nova legenda.

Todos sabemos que quem veste camisetas com dizeres como salvem as baleias, viva a natureza, libertem as focas… são os jovens da classe média, e estes não elegeram nem Gabeira pra prefeito, como elegerão uma presidente? Mas Marina vai sair bem na foto. Já está saindo – ontem mesmo vi uma foto dela no blog do Noblat, retocada, com luz profissional, parecia uma imagem de Caravaggio. É assim que a direita ilude os vaidosos. Vai nessa, Marina. Ou, usando uma metáfora futebolística: pedala, Robinho!

VEJA AQUI

O Mauro Santayana sempre nos oferece uma aula em seus artigos, veja:

OS QUE MATAM E OS QUE MORREM.

Por Mauro Santayana


Os maiores heróis não são os ousados soldados que investem contra os inimigos; são os que morrem com as mãos nuas, como o brasileiro Sérgio Vieira de Mello morreu, há seis anos, em Bagdá. Os grandes guerreiros, como El Cid, o chefe militar espanhol do século 11 que, de acordo com a lenda, combateu depois de morto, com seu corpo atado a um cavalo, foram preparados para matar. Os norte-americanos cultuam a memória do cabo Alvin Cullum York, que, sozinho, matou, em um só ataque, 24 soldados alemães na ofensiva do Meuse, em outubro de 1918, e fez 132 prisioneiros. York foi o mais condecorado dos militares ianques e ganhou do Estado uma fazenda como recompensa. Na resistência aos agressores, esses heróis são também necessários, como foram os pracinhas da FEB. Nas guerras de agressão não há heroísmo. Não houve heroísmo americano no Vietnã, como não houve heroísmo israelita em Gaza, mas, sim, crimes de Estado. Há os que vão às guerras só com a eventualidade da morte. Entre esses, os que pensam encontrar no suicídio o retorno de sua memória à condição humana, como ocorre aos americanos no Iraque e no Afeganistão.

A ONU decidiu, por iniciativa da Suécia, que a data de 19 de agosto seja dedicada aos 700 trabalhadores da paz, entre eles o nosso compatriota Sérgio Vieira de Mello, que morreram nos últimos 10 anos, e aos milhares de outros que sucumbiram antes. Embora possa haver, entre eles, religiosos, em sua maioria são apenas humanistas. Não os move qualquer recompensa transcendental, mas, sim, o sentimento de que é necessária a busca da paz. A paz não é só o emudecer das armas, mas o pão, a saúde, o conhecimento, a liberdade – e a justiça.

Os milhares de trabalhadores humanitários, a serviço das entidades internacionais, ou integrantes de organizações civis voluntárias, não veem os homens separados pela cor da pele, pelo domínio tecnológico, nem pelas fronteiras. Os seres humanos são iguais no sofrimento e semelhantes na esperança. A única diferença entre uns homens e os outros está na riqueza e na pobreza. A humanidade tem sido cruel com ela mesma. Os europeus que dominaram a África durante séculos não tornaram seus nativos mais felizes, mas os exploraram impiedosamente e os corromperam com seus próprios vícios. Hoje, sob o discurso da ajuda àquela parcela de seres humanos esquecidos, as grandes potências declaram sua solidariedade para com os que morrem em Darfur e nas inúmeras guerras tribais, ao mesmo tempo em que lhes levam migalhas, apropriadas por dirigentes cruéis, corrompidos e cooptados. O que lhes interessa é o domínio político e econômico do continente. Para essas grandes potências, e nisso não há diferença entre umas e outras, a “solidariedade internacional” não passa de um negócio. As instituições humanitárias da ONU conseguem realizar o que podem, não obstante a objeção, costumeira, dos estados mais poderosos.

LEIA MAIS AQUI

...e avança o Furacão Bill no Atlântico Norte...

Imagem divulgada pelo Centro Nacional de Furacões mostra aproximação do furacão Bill, o 1º da temporada 2009 no Atlântico

Marina Silva sai do PT

Marina Silva anuncia saída do PT e se diz livre para a Presidência

Marina comparou sair do PT com deixar a casa dos pais.

A senadora e ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, anunciou nesta quarta-feira seu desligamento do PT, partido ao qual estava filiada há cerca de 30 anos.

Marina disse que, a partir de agora, sente-se livre para conversar com outros partidos sobre uma eventual candidatura à Presidência, no ano que vem.

"Agora me sinto mais livre para fazer essa transição ao PV", disse a senadora, durante uma coletiva.

Marina reiterou, mais de uma vez, que ainda não decidiu se será candidata ao Planalto, uma decisão que, segundo ela, depende de uma “revisão programática” do PV.

"Existem alguns partidos que continuam com uma agenda programática importante, na questão social e da democracia e de uma política econômica justa, mas sem colocar a questão da sustentabilidade como estratégia. O Partido Verde está se dispondo a fazer esse movimento", disse Marina.

LEIA MAIS

Mark Isham

E já que é quarta-feira, um musical para começar bem o dia. Mark Isham é um dos grandes compositores de trilhas sonoras atuais, mas as vezes o filme sai da mente criativa dele. Do elenco New Age da Windham Hill, ouçam (e vejam) sua obra "Tibet". Para dormir com os anjos...

18 de agosto de 2009

Yanni - "Rainmaker"

Para encerrar a terça numa boa, o grande tecladista grego Yanni em uma fantástica apresentação com seu grupo.

Blogs x Folha

Abaixo uma entrevista concedida pelo Prof Roberto Moraes ao site "Comunique-se" sobre a ação movida contra ele. A coisa está se espalhando...


Jornal move ação contra blogueiro

Sérgio Matsuura, de São Paulo

“A livre manifestação de pensamento não é direito que pode ser exercido de modo absoluto e sem restrições”. Essa passagem é praxe em processos contra veículos de comunicação. Entretanto, ela foi retirada de uma ação movida pelo jornal Folha da Manhã, de Campos dos Goytacazes (RJ). O réu é o blogueiro Roberto Moraes. O motivo: dois comentários postados por leitores noblog.

“Ao autorizar a postagem e divulgação de comentários que depreciam e violam a honra da Autora, ainda mais quando mencionadas acusações despidas de veracidade, o Réu carreia para si a responsabilidade de indenizar a Autora nos danos morais por esta experimentados”, diz a ação, que pede a retirada dos comentários sob pena de multa diária de R$ 1 mil.

O jornal também pede que o blogueiro “se abstenha de autorizar postagem de comentários depreciativos à honra da autora”.

“Isso é censura prévia. É muito estranho um veículo de comunicação querer calar alguém”, afirma Moraes, que, além de blogueiro, é professor no Instituto Federal Fluminense.

Em sua opinião, interesses econômicos estão por trás da ação movida pelo jornal. Segundo ele, a Internet criou um espaço que não foi ocupado pelos veículos tradicionais e, agora, os jornais estão tentando reaver esse lugar.

“Isso é uma tentativa de não perder o controle da informação no município”, diz.

Moraes ainda não apresentou sua defesa, o que deve acontecer nos próximos dias. Motivado pelo processo, Moraes criou um outro blog, o “Não aceito censura aos blogs”, no qual disponibiliza os processos movidos contra blogs no Norte e Noroeste fluminense.


Enquanto a dita "opinião pública" da Rede Globo bombardeia Dilma e Sarney, nos bastidores a discussão é o Pré-sal!

A página do UOL - Notícias propõe o seguinte debate, participe lá:

Brasil deve limitar participação estrangeira na exploração de petróleo?

Diante da mais importante descoberta de petróleo do mundo em anos, o governo brasileiro está buscando recuar de mais de uma década de cooperação estreita com as companhias de petróleo estrangeiras e controlar mais diretamente a extração.

A medida faz parte de um impulso nacionalista para aumentar os benefícios obtidos pelo país com seus recursos naturais e cimentar sua posição como potência global.Mas isso poderia retardar significativamente o desenvolvimento dos campos de petróleo, em um momento em que o mundo está à procura de novas fontes de energia, disseram analistas de energia e de risco.

Para José Sérgio Gabrielli, presidente da Petrobras, o nacionalismo que está borbulhando no momento "não é um nacionalismo contra os estrangeiros", mas sim um debate sobre a velocidade do desenvolvimento, quem ficará com maior parte do fluxo de receita e quem se beneficiará da tecnologia e conhecimento relacionados.

*As informações são do UOL Notícias.

Na sua opinião, o Brasil deve assumir maior controle dos campos de petróleo, limitando a participação estrangeira? Comente.

PARTICIPE AQUI

...enquanto isso, o primeiro furacão da temporada no norte...



Furacão Bill se movimenta pelo Oceano Atlântico e é o 1º da atual temporada; ainda não há ameaça de atingir o continente

17 de agosto de 2009

Do Blog do Noblat, mas o artigo é do Leonardo Boff...eu concordo com ele!

"Uma Silva sucessora de um Silva?

Não estou ligado a nenhum partido, pois para mim partido é parte. Eu como intelectual me interesso pelo todo embora, concretamente, saiba que o todo passa pela parte. Tal posição me confere a iberdade de emitir opiniões pessoais e descompromissadas com os partidos.

De forma antecipada se lançou a disputa: Quem será o sucessor do carismático presidente Luiz Inácio Lula da Silva?

De antemão afirmo que a eleição de Lula é uma conquista do povo brasileiro, principalmente daqueles que foram sempre colocados à margem do poder. Ele introduziu uma ruptura histórica como novo sujeito político e isso parece ser sem retorno. Não conseguiu escapar da lógica macro-econômica que privilegia o capital e mantém as bases que permitem a acumulação das classes opulentas. Mas introduziu uma transição de um estado privatista e neoliberal para um governo republicano e social que confere centralidade à coisa pública (res publica), o que tem beneficiado vários milhões de pessoas. Tarefa primeira de um governante é cuidar da vida de seu povo e isso Lula o fez sem nunca trair suas origens de sobrevivente da grande tribulação brasileira.

Depois de oito anos de governo se lança a questão que seguramente interessa à cidadania e não só ao PT: quem será seu sucessor? Para responder a esta questão precisamos ganhar altura e dar-nos conta das mudanças ocorridas no Brasil e no mundo. Em oito anos muta coisa mudou. O PT foi submetido a duras provas e importa reconhecer que nem sempre esteve à altura do momento e às bases que o sustentam. Estamos ainda esperando uma vigorosa autocrítica interna a propósito de presumido “mensalação”. Nós cidadãos não perdoamos esta falta de transparência e de coragem cívica e ética.

Em grande parte, o PT viou um partido eleitoreiro, interessado em ganhar eleições em todos os níveis. Para isso se obrigou a fazer coligações muito questionáveis, em alguns casos, com a parte mais podre dos partidos, em nome da governabilidade que, não raro, se colocou acima da ética e dos propósitos fundadores do PT.

Há uma ilusão que o PT deve romper: imaginar-se a realização do sonho e da utopia do povo brasileiro. Seria rebaixar o povo, pois este não se contenta com pequenos sonhos e utopias de horizonte tacanho. Eu que circulo, em função de meu trabalho, pelas bases da sociedade vejo que se esvaziou a discussão sobre “que Brasil queremos”, discussão que animou por decênios o imaginário popular. Houve uma inegável despolitização em razão de o PT ter ocupado o poder. Fez o que pôde quando podia ter feito mais, especialmente com referência à reforma agrária e a inclusão estratégica (e não meramente pontual) da ecologia.

Quer dizer, o sucessor não pode se contentar de fazer mais do mesmo. Importa introduzir mudanças. E a grande mudança na realidade e na consciência da humanidade é o fato de que a Terra já mudou. A roda do aquecimento global não pode mais ser parada, apenas retardada em sua velocidade. A partir de 23 de setembro de 2008 sabemos que a Terra como conjunto de ecosissitemas com seus recursos e serviços já se tornou insustentável porque o consumo humano, especialmente dos ricos que esbanjam, já psssou em 40% de sua capacidade de reposição.

Esta conjuntura que, se não for tomada a sério, pode levar nos próximos decênios a uma tragédia ecológicohumanitária de proporções inimagináveis e, até pelo final do século, ao desaparecimento da espécie humana. Cabe reconhecer que o PT não incorporou a dimensão ecológica no cerne de seu projeto político. E o Brasil será decisivo para o equilíbrio do planeta e para o futuro da vida.

Qual é a pessoa com carisma, com base popular, ligada aos fundamentos do PT e que se fez ícone da causa ecológica? É uma mulher, seringueira, da Igreja da libertação, amazônica. Ela também é uma Silva como Lula. Seu nome é Marina Osmarina Silva.

O teólogo Leonardo Boff é autor do livro Que Brasil queremos? Vozes 2000. "


NOBLAT

A "Pandemia" da "Gripe Suína" será mais uma artimanha da grande imprensa no Brasil?

Tenho recebido diversos e-mail sobre o assunto e resolvi publicar um que me chegou tanto por um amigo que mora na Itália como por um antenado carioca que não se cansa de desconfiar da Rede Globo, da Folha de São Paulo e dos manipuladores de plantão, veja também sobre o assunto o que diz o

CONVERSA AFIADA


"Que interesses econômicos se movem por detrás da gripe suína???
No mundo, a cada ano morrem milhões de pessoas vítimas da Malária que podia ser prevenida com um simples mosquiteiro.
Os noticiários, disto nada falam!
No mundo, por ano morrem 2 milhões de crianças com diarréia que se poderia evitar com um simples soro que custa 25 centavos.
Os noticiários disto nada falam!
Sarampo, pneumonia e enfermidades curáveis com vacinas baratas, provocam a morte de 10 milhões de pessoas a cada ano.
Os noticiários disto nada falam!
Mas há cerca de 10 anos, quando apareceu a famosa gripe das aves, os noticiários mundiais inundaram-se de notícias.
Uma epidemia, a mais perigosa de todas. Uma Pandemia!
Só se falava da terrível enfermidade das aves.
Não obstante, a gripe das aves apenas causou a morte de 250 pessoas, em 10 anos, 25 mortos por ano.
A gripe comum, mata por ano meio milhão de pessoas no mundo. Meio milhão contra 25.
Um momento, um momento. Então, porque se armou tanto escândalo com a gripe das aves?
Porque atrás desses frangos havia um "galo", um galo de crista grande.
A farmacêutica transnacional Roche com o seu famoso Tamiflú vendeu milhões de doses aos países asiáticos.
Ainda que o Tamiflú seja de duvidosa eficácia, o governo britânico comprou 14 milhões de doses para prevenir a sua população.
Com a gripe das aves, a Roche e a Relenza, as duas maiores empresas farmacêuticas que vendem os antivirais, obtiveram milhões de dólares de lucro.
-Antes com os frangos e agora com os porcos.
-Sim, agora começou a psicose da gripe suína. E todos os noticiários do mundo só falam disso.
-Já não se fala da crise econômica nem dos torturados em Guantánamo...
-Só a gripe suína, a gripe dos porcos.
-E eu pergunto-me: se atrás dos frangos havia um "galo", atrás dos porcos, não haverá um "grande cachaço"?
A empresa norte-americana Gilead Sciences tem a patente do Tamiflú. O principal acionista desta empresa é nada menos que um personagem sinistro, Donald Rumsfeld, secretário da defesa de George Bush, artífice da guerra contra Iraque...
Os acionistas das farmacêuticas Roche e Relenza estão esfregando as mãos, estão felizes pelas suas vendas novamente milionárias com o duvidoso Tamiflú.
A verdadeira pandemia é de lucro, os enormes lucros destes mercenários da saúde.
Não nego as necessárias medidas de precaução que estão sendo tomadas pelos países.
Mas se a gripe suína fosse uma pandemia tão terrível como anunciam os meios de comunicação e se a Organização Mundial de Saúde se preocupa tanto com esta enfermidade, porque não a declara como um problema de saúde pública mundial e autoriza a fabricação de medicamentos genéricos para combatê-la?
Prescindir das patentes da Roche e Relenza e distribuir medicamentos genéricos gratuitos a todos os países, especialmente os pobres. Essa seria a melhor solução."