31 de outubro de 2010

O Brasil elege a sua primeira mulher Presidente da República.

Já com 91,29% das urnas apuradas no país e com uma diferença de mais de 9 milhões de votos a favor de Dilma, podemos afirmar que a vitória do PT já se consolida.

Agora o famoso Willian Waack na Globo News desce a lenha no Lula de forma desesperada e deselegante, o cara é um nojo...

A Turminha da Globo News debate agora as causas da derrota e acusa falhas de campanha da oposição!!


Os caras não tem a menor cerimônia em assumir a luta da oposição (PSDB) e juntar agora os cacos para justificar a derrota, hilário!!! 

Dilma já coloca mais de 6 milhões de votos na frente de Serra.

Dilma ganha no Sudeste e coloca frente...e ainda falta boa parte dos votos do Norte e Nordeste.

Dilma!

A apuração deve ser rápida conforme vocês já podem verificar do lado direito do Blog.
Faremos comentários mais detalhados em breve, por enquanto - ainda não oficial - vale ressaltar os méritos de Dilma e Lula atuando contra as diversas armadilhas montadas ao longo da campanha.
VITÓRIA DO BRASIL!

Boca de Urna: Dilma 58 x 42 Serra

DILMA!!!

Todos aprovam a luta pela Biodiversidade Planetária

AE - Agência Estado











A décima Conferência das Partes (COP-10) da Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB) terminou ontem (horário do Japão) da maneira mais inesperada: com sucesso. E com um espírito renovado de esperança, não só sobre o futuro da biodiversidade do planeta, mas também sobre a capacidade do ser humano de tomar decisões coletivas para sua própria sobrevivência.
Seja para jogar baralho ou discutir políticas, ao se colocar 193 países numa mesma mesa, as chances de um bom resultado são mínimas. Especialmente quando as decisões tem de ser tomadas por consenso, como é o caso da CDB e da sua irmã, a Convenção sobre Mudança do Clima (UNFCCC, na sigla em inglês), ambas nascidas na icônica Rio 92, há 18 anos.

Após o fracasso da conferência do clima de Copenhague (a COP-15 da UNFCCC), no ano passado, a expectativa de que algo positivo poderia sair da conferência da biodiversidade em Nagoya, no Japão, parecia um tanto ingênua. Mas aconteceu.

Ao fim de uma angustiante plenária final, que se arrastou em negociações madrugada adentro, a COP-10 aprovou, com o consentimento dos seus 193 países, um pacote de medidas para frear o crescente ritmo de destruição da biodiversidade. Entre elas, a criação de um protocolo internacional de regras sobre o uso de recursos genéticos de plantas, animais e microrganismos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

VEJA AQUI

Solteiros x Casados

Bem, possivelmente quando colocar um novo post aqui (talvez só amanhã), já teremos conhecido o resultado das eleições.
Todos sabem a expectativa do Blog... E a nossa atuação nos últimos meses.
E o Blog sabe das expectativas da maioria do seus amigos leitores.
Encerro minha transmissões desta tarde de domingo com um pouco de humor.
Trata-se de uma propaganda de fabricante dessas cozinhas planejadas.
Recebi de um amigo solteiro com o seguinte título: "A diferença entre casados e solteiros".
Peraí! Sujeitos sem jeito (desculpem o trocadilho) podem ser casados ou solteiros. Nada a ver com estado civil. Me inclua fora dessa!
Mas o comercial é bem bolado.
Bom final de domingo e... até a vitória oficial (espero não estar sendo otimista demais).

A apuração e a peça teatral

Não estou me referindo à apuração como peça teatral.
É que provavelmente vou ter que acompanhar o final da apuração via celular (no silencioso), pois estarei vendo uma peça teatral hoje à noite.
Só estou falando isso porque é um recado de pai coruja: minha filha de 13 anos se apresenta como bailarina e atriz no espetáculo "Encantada".
E semana que vem tem mais.
Mas aí já teremos o nome oficial de quem comandará o país nos próximos quatro anos.
Aliás, vou ter de parar por aqui porque vou levá-la agora para o teatro (são três sessões hoje) e levar o outro filho ao clube para nadar.
Acho que vou aproveitar e aliviar a tensão dessa pré-apuração dando um mergulho também.
Mesmo porque a temperatura está alta...

A volta de "O Meu Pé de Laranja Lima" e da Musa

Enquanto aguardamos o final e os resultados das eleições, rápidos comentários acerca de dois posts anteriores que nada tem a ver com política.
No domingo passado publiquei aqui um texto acerca de "frutas da minha infância".
Nela fiz comentário sobre o livro/filme/novela "O Meu Pé de Laranja Lima". Por coincidência li essa semana que vão fazer um "remake" do filme que começa a ser rodado em breve. Deve ter estréia marcada para 2011.
Outra coincidência foi que a nossa musa da semana passada, Juliana Salimeni, foi eleita pelos leitores da revista VIP a gata mais sexy do mundo da atualidade.
Clique aqui para ver de novo as fotos dela: Musa da Semana.

É hoje: Dilma Presidente!

Detonamos aqui o JN durante toda campanha. Vocês sabem porquê.
Tentaram detonar a Dilma o tempo todo.
Cheguei em casa agora e saí procurando um video que resumisse a campanha dela.
Paradoxo: o melhor que vi foi esse. Do JN!
Pois sem querer comemorar antes da hora, segue a nossa homenagem a ela... Usando o JN!

30 de outubro de 2010

Chris Spheeris: Elektra

E, para esta noite de sábado, enquanto aguardamos o domingo 31 (13)...

Vai bem um chopp gelado (a temperatura está elevada) não acham?

E também uma musiquinha legal do grego Chris Spheeris, com fotos da National Geographic.

Maximizem a tela.

Jingle Dilma Presidente

CNT/SENSUS: Dilma 57,2 x 42,8 Serra (votos válidos)

Divulgada hoje.
Pesquisa realizada quinta e ontem.
Diferença de 14,4 pontos!

Aniversário de Luiz Felipe Muniz

Ainda não me acostumei com esse horário de verão e o resultado é esse: 07:30 h e eu aqui acordado, de cara no computador.
Mas tem suas vantagens. Por exemplo, posso logo cedo registrar que este é um dia especial.
Entre o aniversário do Lula e a as eleições de amanhã outra pessoa importante faz aniversário, e é hoje: o titular do Blog, Luiz Felipe Muniz.
Acho que, da mesma forma que o Lula, ele vai se sentir presenteado com uma vitória da Dilma amanhã.
Mas possíveis amigos que forem votar em Serra (tem alguém?) poderão cumprimentá-lo também, pois aniversário está acima disso.
Parabéns caro amigo: saúde, força, paz de espírito, ótimos momentos é o que desejamos todos nós que te conhecemos.
Ainda estás na 'flor da idade' e, como diria uma música da jovem-guarda (epa!): "nós somos jovens...". 4ever!
Siga em frente com seu sucesso e suas características que o tornam uma pessoa admirada por todos que tem a oportunidade de te conhecer.
Abraços fraternos.

Essa música do fantástico Stevie Wonder foi feita por ele em homenagem ao aniversário do líder Martin Luther King.
É muito bonita e segue para o aniversariante do dia.

Algumas considerações neste último dia antes das eleições

Bem, já estamos às vésperas das eleições. Nestas 24 horas que faltam, algumas humildes considerações deste blog:
- O trabalho na Internet não acabou. Devemos considerar como se estivesse empate técnico e ficar atentos contra armações de última hora, para neutralizar até antes de acontecer. Isso deu certo nesse segundo turno, quando calúnias, trapaças e outras ignomínias contra Dilma continuaram acontecendo. Nesta área, a militância agiu de forma rápida (nem somos militantes, mas entramos no circuito para ajudar, pois os ataques eram revoltantes).
- O debate de ontem não serviu para mudar o quadro favorável a Dilma. Ela foi bem e Serra não conseguiu um destaque que seria necessário para tentar reverter. Algumas jogadas foram feitas pela Globo, sobretudo no primeiro e último blocos. No primeiro, sempre que Dilma falava, Serra se posicionava atrás e aí a câmera abria para captar a imagem dele. Alguém do PT deve ter chiado e a partir do segundo bloco isso diminuiu. No último bloco, nas falas finais, pegaram a Dilma de perfil e depois de longe. Já no Serra deram um hiperclose do peito para cima. Com a tecnologia disponível de hoje e a quantidade de câmeras, mesmo se Dilma tivesse caminhado muito os closes nela poderiam ter ocorrido.
- Pode ser até torcida de minha parte, mas mesmo com essa ajudinha global Serra deu a impressão de fala decorada e falsidade. Dilma deu mais a impressão de falar com o coração.
- Apesar das boas perguntas acho que poucos indecisos tomarão sua decisão a partir do debate de ontem. Vão decidir em cima da hora mesmo ou influenciados por outros fatores.
- Resta saber se hoje a Globo vai fazer uma edição favorável ao Serra no JN, como já fez outras vezes.
- Uma coisa que está preocupando é com relação à posição adotada pelo Papa. Hoje e amanhã de manhã ocorrerão missas e é difícil medir o que vai acontecer. Minha expectativa é que que já tinha decidido não vai mudar. Dilma acertou em não bater de frente nesta reta final de campanha. Sua posição de não ir contra o Papa foi ótima. Jandira se voltou contra a campanha difamatória inserindo inclusive a justiça. Ela tinha esse direito, estava certa, mas perdeu mais votos ainda e não foi eleita para o Senado.
- Quanto à minha posição (e minha, não é da Dilma): o Papa fez politicagem pesada, reagiu contra uma declaração do Lula de rever acordos jurídicos com o Vaticano. Além disso existem muitos moderados e conservadores (leiam reacionários) no comando da CNBB, mais ligados à extrema direita. Mas não são todos.
- Me lembrei do Romário sobre o Pelé, maior do mundo, mas de boca fechada: "Pelé calado é um poeta". Aplicável a Bento XVI. Perdeu uma excelente oportunidade de ficar quieto. Eu sou católico. Ou melhor, vou à missa de vez em quando. O Papa deveria era se preocupar com questões como pedofilia na santa igreja católica e não se meter em questões de estado de outros países. Sim, porque ele é o chefe de um país.
- Quanto as evangélicos, apesar do jogo pesada do primeiro turno, eles também estão divididos e muitas questões fundamentalistas foram deixadas de lado (ainda bem), optando muitos por uma análise político-econômica ao escolher em quem votar, o que é o correto.
- No mais, continuemos atentos e bom voto a todos.

Enquanto o debate chega ao fim sem trazer grandes novidades...lembrei-me de São Luís do Maranhão e dos Lençóis Maranhenses, uma belíssima experiência!



Somente depois fui ver que a lente estava com uma pequena sujeira, mas nada que pudesse obstruir a beleza divina de um lugar incrível: os Lencóis Maranhenses! Chegamos no início do período das chuvas e os lagos ainda estavam em formação, entretanto a experiência foi realmente fantástica.


O centro histórico de São Luís possui um acervo arquitetônico tão ou mais rico do que Ouro Preto em Minas, mas a manutenção precária dos imóveis e a ausência do poder público tem permitido a ruína sistemática dos grandes casarões e o avanço das grandes imobiliárias em toda a região, uma pena!

29 de outubro de 2010

Brasil e o futuro - por Mauro Santayana

Sempre que posso busco algum refúgio em Mauro. Poucos pensam o Brasil como ele e poucos são capazes de sínteses tão oportunas e propositivas. O momento do Brasil é único nos últimos 50 anos, por baixo, e eu tenho sempre expressado por aqui as minhas neuras mais abissais com os destinos já perdidos por nós brasileiros; agora, uma vez mais, novíssima oportunidade está em franca expansão entre nós com as possibilidades econômicas, de avanço tecnológico, de inclusão social e de maturidade ambiental... mas é bom que se diga: este país já passou por várias outras oportunidades históricas e corre sério risco de perder mais uma!


O Brasil, além do domingo
Por Mauro Santayana
Na antevéspera eleitoral, peço permissão aos leitores para voltar ao tema de uma coluna publicada, neste mesmo espaço, em abril do ano passado. No Ensaio para uma Teoria do Brasil, redigido em 1966, em pleno governo militar (reeditado pela Fundação Alexandre de Gusmão), o filósofo português Agostinho da Silva revê a velha profecia de que somos o país do futuro. Stefan Zweig partia da suposição de que esse futuro seria atingir os módulos de civilização dos paises ricos e centrais. Agostinho entendeu que a civilização europeia, com sua projeção atlântica, já entrara em decadência. O Brasil é sim, o país do futuro, mas do futuro que a sua sociedade criará, com liberdade, tolerância e fraternidade. Volto a citá-lo:


“O que nos interessa, agora, é realmente o problema do Brasil e da sua capacidade de liderar o futuro humano, quando se desembaraçar de tudo quanto lhe foi inútil na educação européia e exercer, com o esplendor e a vigorosa força de criação que pode demonstrar, as suas capacidades de simpatia humana, de imaginação artística, de sincretismo religioso, de calma aceitação do destino, da inteligência psicológica, de ironia, de apetência de viver, de sentido da contemplação e do tempo”.

Embora com todas as dificuldades que enfrentamos, o Brasil parece voltar a ser o país do futuro, não o futuro que então, e aqui, se imaginava. O texto de Agostinho é mais atual do que antes. Nós nos desviamos de nosso destino quando deixamos de inventá-lo. O culto à Europa e aos Estados Unidos, que teve o seu momento mais caricatural na passagem do século 19 para o 20, e se exacerbou grotescamente com o neoliberalismo das últimas décadas, vem resistindo à lógica. Passamos a importar todos os modelos de fora, dos automóveis de luxo aos processos de administração pública, neles incluídas as leis; do sistema universitário às crises bancárias; da euforia dos cartões de crédito ao consumo de drogas.


LEIA MAIS

Ninguém conhece melhor o Papa Ratzinger(Bento 16) como o Leonardo Boff e o Frei Betto

O pronunciamento recente do Papa se referindo ao voto no Brasil e ao aborto parece sim coisa encomendada! Ele se reuniu no Vaticano com 15 Bispos do Nordeste, que foram convocados as pressa para estarem em Roma antes do Segundo-Turno com o pontífice!  

Eu tenho dito que o Brasil virou novamente a "bola da vez" e a "menina dos olhos" dos mundos dos poderosos, dos ambiciosos e dos obtusos conservadores... ainda veremos muito mais por aqui.

Essa última do Papa Bento 16 é hilária e não poderia contar com o silêncio daqueles que o conhecem bem de perto, como por exemplo o Leonardo Boff e o Frei Betto, pois foi o Cardeal Ratzinger quem abraçou a luta contra a "Teologia da Libertação" encabeçada por ambos, e foi ele também o grande responsável pela perseguição sofrida, durante anos, pelo frei Leonardo Boff até a sua expulsão da Igreja Católica. Vejam abaixo o que declararam ambos sobre o pronunciamento do Papa a respeito da eleição no Brasil, do aborto no Mundo, da pedofilia na Igreja Católica e outros temas afins:

"É importante não sermos vítimas de hipocrisia
por Leonardo Boff, no informativo Rede de Cristãos

É importante que na intervenção do Papa na política interna do Brasil acerca do tema do aborto, tenhamos presente este fato para não sermos vítimas de hipocrisia: nos catolicíssimos países como Portugal, Espanha, Bélgica, e na Itália dos Papas já se fez a descriminalização do aborto (Cada um pode entrar no Google e constatar isso). Todos os apelos dos Papas em contra, não modificaram a opinião da população quando se fez um plebiscito. Ela viu bem: não se trata apenas do aspecto moral, a ser sempre considerado (somos contra o aborto), mas deve-se atender também a seu aspecto de saúde pública. No Brasil a cada dois dias morre uma mulher por abortos mal feitos , como foi publicado recentemente em O Globo na primeira página. Diante de tal fato devemos chamar a polícia ou chamar médico? O espírito humanitário e a compaixão nos obriga a chamar o médico até para não sermos acusados de crime de omissão de socorro.
Curiosamente, a descriminalização do aborto nestes países fez com que o número de abortos diminuisse consideravelmente.
O organismo da ONU que cuida das Populações demonstrou há anos que quando as mulheres são educadas e conscientizadas, elas regulam a maternidade e o número de abortos cai enormente. Portanto, o dever do Estado e da sociedade é educar e conscientizar e não simplesmente condenar as mulheres que, sob pressões de toda ordem, praticam o aborto. É impiedade impor sofrimento a quem já sofre.


Vale lembrar que o canon 1398 condena com a excomunhão automática quem pratica o aborto e cria as condições para que seja feito. Ora, foi sob FHC e sendo ministro da saude José Serra que foi introduzido o aborto na legislação, nas duas condições previstas em lei: em caso de estupro ou de risco de morte da mãe. Se alguém é fundamentalista e aplica este canon, tanto Serra quanto Fernando Henrique estariam excomungados. E Serra nem poderia ter comungado em Aparecida como ostensivamente o fez. Mas pessoalmene não o faria por achar esse cânon excessivamente rigoroso.


Mas Dom José Sobrinho, arcebispo do Recife o fez. Canonista e extremamente conservador, há dois anos atrás, quando se tratou de praticar aborto numa menina de 9 anos, engravidada pelo pai e que de forma nenhuma poderia dar a luz ao feto, por não ter os orgãos todos preparados, apelou para este canon 1398 e excomungou os medicos e todos os que participaram do ato. O Brasil ficou escandalizado por tanta insensibilidade e desumanidade. O Vaticano num artigo do Osservatore Romano criticou a atitude nada pastoral deste Arcebispo.


É bom que mantenhamos o espírito crítico face a esta inoportuna intervenção do Papa na política brasileira fazendo-se cabo eleitoral dos grupos mais conservadores. Mas o povo mais consciente tem, neste momento, dificuldade em aceitar a autoridade moral de um Papa que durante anos, como Cardeal, ocultou o crime de pedofilia de padres e de bispos.


Como cristãos escutaremos a voz do Papa, mas neste caso, em que uma eleição está em jogo, devemos recordar que o Estado brasileiro é laico e pluralista. Tanto o Vaticano e o Governo devem respeitar os termos do tratado que foi firmado recentemente onde se respeitam as autonomias e se enfatiza a não intervenção na política interna do pais, seja na do Vaticano seja na do Brasil.

Um abraço fraterno
Leonardo Boff"  LEIA AQUI

"Leonardo Boff e Frei Betto criticam papa por intervir em eleição

Rio de Janeiro, 29 out (EFE).- O frade dominicano Frei Betto e o ex-franciscano Leonardo Boff criticaram nesta sexta-feira o papa Bento XVI por suas declarações a respeito do aborto, que interpretaram como uma intromissão do líder máximo da Igreja Católica nas eleições presidenciais do próximo domingo.


O aborto se transformou em um dos assuntos mais polêmicos na atual campanha eleitoral e alguns bispos da Igreja pediram aos eleitores que vetem a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, que no passado defendeu a descriminalização da interrupção da gravidez.
"Pena que o papa Bento XVI tenha virado cabo eleitoral de forças conservadoras! Por que não elogia as políticas sociais que salvam vidas?", escreveu em sua conta do microblog Twitter Frei Betto, como é conhecido popularmente o frade Carlos Alberto Libânio Christo, um velho amigo e ex-assessor do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.


"Quando será que o papa condenará as guerras do Iraque e do Afeganistão, assim como o bloqueio dos Estados Unidos a Cuba?", acrescentou o religioso, que é escritor e amigo do ex-presidente cubano Fidel Castro, de quem escreveu uma biografia.


"O papa não pode se transformar em um cabo eleitoral. Ao esconder os pedófilos, perdeu autoridade", postou no mesmo canal Leonardo Boff, um dos ideólogos da chamada Teologia da Libertação e que terminou abandonando a Igreja por suas divergências com o Vaticano.


O teólogo e ex-frade franciscano, que chegou a ser castigado com o silêncio pela Congregação da Doutrina da Fé do Vaticano quando era dirigida pelo então bispo Joseph Ratzinger, lembrou que recentemente escreveu um artigo em faz referência ao mau uso político da religião nas atuais eleições presidenciais.


Frei Betto e Boff referiram-se com seus comentários às declarações pronunciadas na quinta-feira por Bento XVI contra o aborto e em favor de que os religiosos opinem sobre assuntos políticos.


Em reunião na quinta-feira com bispos brasileiros, Bento XVI disse que o Episcopado tem a obrigação de emitir juízos morais sobre temas políticos e criticou as propostas de legalização do aborto.
A declaração foi interpretada como uma defesa dos bispos que pediram aos eleitores brasileiros que vetem os candidatos que defendem o aborto, entre os quais Dilma, que é a favorita para vencer as eleições do domingo.


Apesar de nas últimas semanas a governista ter reiterado que se opõe à legalização do aborto e chegou a assinar uma declaração na qual se compromete a não apresentar proposta a respeito.
As declarações do papa foram defendidas pelo candidato da oposição à Presidência, José Serra (PSDB), que em vários debates jogou sobre Dilma as antigas entrevistas em que se manifestava favorável a descriminalização do aborto.
"Trata-se do líder espiritual mundial da Igreja Católica e ele tem pleno direito de emitir suas diretrizes e orientações aos católicos do mundo, especialmente na defesa da vida", justificou Serra.
"É a posição do papa e tem que ser respeitada", ressaltou a candidata governista, antes de advertir: "eu, pessoalmente, sou contrária ao aborto".
Pesquisa divulgada na quinta-feira pelo Datafolha, se as eleições fossem hoje, Dilma seria eleita primeira presidente do Brasil com 56% dos votos válidos, contra 44% de Serra."
 
DEU NO UOL



O Goveno anuncia nova descoberta no Pré-sal, Libra, e diz que reservas de petróleo dobram com este magnífico achado.

"Poço de Libra pode dobrar reservas de petróleo do Brasil
Da Redação, em São Paulo
 
A ANP (Agência Nacional do Petróleo) divulgou nesta sexta-feira que o volume de óleo nas reservas no campo de Libra, na área da camada do pré-sal da bacia de Santos, está estimado entre 3,7 bilhões e 15 bilhões de barris. O mais provável, segundo a ANP, é que Libra tenha 7,9 bilhões de barris recuperáveis de petróleo.
Com o anúncio, Libra passa a ser o maior reservatório do pré-sal, ultrapassando as reservas de Tupi (entre 5 bilhões e 8 bilhões de barris).


Se a estimativa máxima, de 15 bilhões de barris, se confirmar, Libra dobrará as reservas atuais de petróleo do Brasil. “É importante destacar que somente este prospecto de Libra pode vir a ter um volume de óleo recuperável superior às atuais reservas provadas brasileiras, próximas de 14 bilhões de barris de petróleo”, diz o comunicado da ANP.


Além disso, Libra pode se configurar como a maior descoberta de petróleo no mundo desde 2000, quando o Cazaquistão identificou 17,2 bilhões de barris na área de Kashagan.


O anúncio da reserva confirmou a estimativa feita pela consultoria internacional da Gaffney, Cline & Associates a pedido da ANP, que indicou potencial entre 7,9 bilhões e 16 bilhões de barris.
A megarreserva de Libra deverá ser a primeira do pré-sal a ser leiloada pela ANP, mas ainda não há uma data para isso ocorrer.
Segundo reportagem publicada em setembro pelo jornal “Folha de S.Paulo”, o governo pretende leiloar as primeiras áreas da camada pré-sal, sob o novo modelo de partilha, já na primeira metade de 2011.
Ainda de acordo com o jornal, está praticamente definido que a área de Libra será ofertada.
Tupi
Ontem (28), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva inaugurou a primeira estrutura definitiva de produção comercial na área do pré-sal. Foi no campo de Tupi, que tem capacidade de produzir até 100 mil barris/dia.
A produção da nova plataforma, porém, será de 14 mil barris/dia até o fim do ano. Só em 2012 a capacidade total deve ser atingida.
Mais reservas?
O presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, disse na quinta-feira (28) que um suposto anúncio esperado pelo mercado com relação a uma nova reserva de petróleo da estatal não passa de especulação, e que divulgações sobre o assunto só são feitas quando a empresa tem informações "precisas".
"Não sabemos disso", declarou ele ao ser questionado sobre uma eventual nova mega reserva, que teria 68 bilhões de barris de óleo equivalente, segundo informações que circularam no mercado.
"O mercado está muito líquido em ações da Petrobras, o que pode estimular" as especulações, declarou ele a jornalistas. "Queremos dar informações corretas e precisas quando tivermos as informações."


Pré-sal
O pré-sal é uma camada de petróleo e gás localizada a profundidades que superam os 7 quilômetros, abaixo de uma extensa camada de sal. A faixa do pré-sal se estende ao longo de 800 quilômetros entre os Estados do Espírito Santo e Santa Catarina e engloba três bacias sedimentares (Espírito Santo, Campos e Santos)."

DEU NO UOL

Depois de alguns dias ausente, retorno ao blog ao sabor amargo de um Papa embalado pela eleição no Brasil, em meio à notícia do sucesso de Libra - Pré-sal brasileiro - e encantado com a Musa Marcélia!

Bem, meus amigos e amigas, que vez por outra nos visitam e comentam neste espaço virtual de generalidades, opiniões, músicas e, porque não dizer, de belezas femininas incomuns, olá, estou voltando ao blog devagar, após algumas batalhas pelo equilíbrio da saúde de querido ente muito próximo.

Irei nos próximos post's tentando, nesta reta final do Segundo-turno, abordar um pouco mais sobre os excessos praticados em largíssima escala pela mídia de massa, particularmente pela turma de plantão da Rede Globo. Parece até brincadeira que tenhamos que suportar um chamamento do "santíssimo" senhor Papa aos bispos no Brasil!!?? Que coisa é essa?!

Acabei de ser informado que o governo brasileiro anunciou para o mundo uma novíssima descoberta no Pré-sal brasileiro, Libra, é o nome do poço situado na Bacia de Santos, e pelas primeiras informações, simplesmente dobram as reservas atuais do país somente com o potencial de Libra!

O Marquinhos Cardozo é ou não é um especialista em Musas? Meu(inha) amigo(a), a Marcélia é um encanto a parte, o blog está ficando bom nisso! Vejamos se depois novas fotos da princesa serão disponibilizadas por aqui...vamos acompanhar o sucesso da capixaba!

Por enquanto é isso...estou na área e seguindo em frente!      

Musa da Semana: Marcélia Freesz

A nossa homenageada da semana é especial.
Ela é irmã de um colega de trabalho.
Mas não é por isso que ela foi selecionada pelo nosso blog.
Ao contrário: ela está aqui apesar de ser irmã do amigo.
É por méritos mesmo.
Esbanjando beleza, natural do Espírito Santo, Marcélia Freesz, 20 anos, é o atual destaque brasileiro nas passarelas do mundo.
Depois de temporada em New York, onde desfilou para grifes acima de qualquer suspeita como Lacoste, Carolina Herrera e Alexandre Herchcovitch, ela está agora em Paris, onde assinou com outro nome clássico da moda mundial: Givenchy.
No Brasil aparece atualmente em campanha da Renner.
Seu sucesso no exterior se deve (em minha modesta opinião) ao desenho do seu rosto, à cor clara de seus olhos, à pele branca e aos cabelos negros, em uma combinação inusitada e digna de uma análise mais detalhada.
Fica claro também o alto profissionalismo da moça.
Sucesso para ela!
Quer dizer, ela já é um sucesso.
Rumo ao topo então!







Voando com Jeb Corliss

Alucinantes voos sobre belas paisagens com um dos mais radicais esportistas da atualidade.
Música: "Invaders Must Die" - The Prodigy


O "AI-5 Digital" continua seu caminho mesmo no período eleitoral

Não é de hoje que isso está tramitando no congresso em uma iniciativa do PSDemoB.
Passou agora em mais duas comissões.
Como é dito ao final do texto, se for aprovado, só restará a alternativa do veto do próximo presidente.
Só que, se for o Serra...
Mais um motivo para cravar 13 no domingo!

"Democracia tucana"

Na calada da noite, avança projeto de deputado do PSDB para censurar internet e quebrar sigilo de internautas

Fonte: Luiz Carvalho - CUT Nacional

"No início de outubro, em um Congresso Nacional esvaziado enquanto o Brasil discute as eleições, o Projeto de Lei (PL) 84/99 do senador Eduardo Azeredo, do PSDB de José Serra, foi aprovado em duas comissões na Câmara.

Também conhecido como “AI-5 digital”, uma referência ao Ato Institucional nº 5 que o regime militar baixou em 1968 para fechar o parlamento e acabar com a liberdade de expressão, o PL permite violar os direitos civis, transfere para a sociedade a responsabilidade sobre a segurança na internet que deveria ser das empresas e ataca a inclusão digital.

O projeto de Azeredo passa também a tratar como crime sujeito a prisão de até três anos a transferência ou fornecimento não autorizado de dado ou informação. Isso pode incluir desde baixar músicas até a mera citação de trechos de uma matéria em um blog.

Conheça os principais pontos do projeto do Azeredo.

1. Quebra de sigilo
Ironicamente, o PL do parlamentar ligado ao partido que se diz vítima de uma suposta quebra de sigilo nas eleições, determina que os dados dos internautas possam ser divulgados ao Ministério Público ou à polícia sem a necessidade de uma ordem judicial. Na prática, será possível quebrar o sigilo de qualquer pessoa sem autorização da Justiça, ao contrário do que diz a Constituição.

2. Internet para ricos
Azeredo quer ainda que os provedores de acesso à Internet e de conteúdo (serviços de e-mail , publicadores de blog e o Google) guardem o registro de toda a navegação de cada usuário por três anos, com a origem, a hora e a data da conexão.

Além de exemplo de violação à privacidade, o projeto deixa claro: para os tucanos, internet é para quem pode pagar, já que nas redes sem fio que algumas cidades já estão implementando para aumentar a inclusão digital, várias pessoas navegam com o mesmo número de IP (o endereço na internet).

3. Ajudinha aos banqueiros – Um dos argumentos do deputado ficha suja reeleito em 2010 – responde a ação penal por peculato e lavagem ou ocultação de bem –, é que o rastreamento das pessoas que utilizam a internet ajudará a acabar com as fraudes bancárias. Seria mais eficaz que os bancos fossem obrigados a adotar uma assinatura digital nas transações para todos os clientes. Mas, isso geraria mais custos aos bancos e o parlamentar não quer se indispor com eles.

O que acontece agora?
Atualmente, o “PL Azeredo” tramita na Câmara de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara e aguarda a posição do relator Júlio Semeghini, do PSDB-RJ.

A má notícia é que foi esse deputado que garantiu, em outubro de 2009, que o projeto aguardaria o desenrolar dos debates para seguir tramitando. Mas, Semeghini fez o contrário do prometido e tocou o projeto adiante.

Com a provável aprovação, a última alternativa para evitar que vire lei e acabe com a democracia digital no Brasil será o veto do próximo presidente."

Datafolha hoje: Dilma 56 x 44 Serra (votos válidos)

A pesquisa foi realizada ontem em 256 cidades.
Mantem a margem de 12 pontos de diferença da pesquisa anterior.

28 de outubro de 2010

Fim da Campanha Eleitoral (atualizado em 29/10)

Amanhã tem o debate na Globo.
Aqui está o último programa eleitoral da Dilma.

Atualizado em 29/10/2010, 11:00 h:
Eu estava achando que ontem havia sido o último programa eleitoral da TV. Mas notícias dão conta que hoje ainda vai ter. Nem sei mais...
Se for isso mesmo, o programa abaixo foi o penúltimo. Fiquem atentos hoje.
Seguem as informações de como será(?) o último programa da Dilma.
Desculpem a nossa (data)falha!

"Dilma dedicou boa parte da quinta-feira à gravação de sua participação no último programa.

A campanha da candidata apostará no tom emotivo, com exploração da despedida do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Além de cenas do aniversário de Lula, o programa apresentará depoimento gravado exclusivamente para a última edição do horário eleitoral e imagens do presidente pelo país.

No programa, Dilma será apresentada como uma mulher pioneira. A propaganda da candidata também enaltecerá as realizações do governo "Lula-Dilma"."


Telemarketing negativo contra Dilma: TSE concede liminar

"A ministra Nancy Andrighi, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), concedeu liminar que suspende imediatamente o serviço de telefonia, realizado pela empresa Transit do Brasil S/A, em favor da candidatura do tucano José Serra. O serviço de telemarketing, denunciado nos últimos dias por vários eleitores, divulgava informações caluniosas contra a candidata Dilma Rousseff.

Eleitores e eleitoras de vários estados vêm recebendo diariamente ligações telefônicas com propaganda negativa contra a candidata Dilma Rousseff. O "telemarketing da calúnia" foi denunciado no começo do mês por meio de uma reportagem dos jornais Correio Braziliense e Estado de Minas. Trata-se de um novo procedimento dos adversários de Dilma, que espalharam uma série de boatos por e-mails e panfletos contra a candidata nos últimos meses."

Depoimento do grande escritor Fernando Morais

Vale a pena ver de novo!

Ibope hoje: Dilma 57 x 43 Serra (votos válidos)

14 pontos!
Serra ontem já estava dizendo que Sensus e Vox Populi eram "do governo" e Ibope e "até" Datafolha estavam errados.
Quem está certo então?
Continuemos de olho vivo.

Dilma & o Papa

"A candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, afirmou nesta quinta-feira (28), em Brasília, respeitar a posição do Papa Bento XVI, que disse que os bispos brasileiros têm o dever de emitir juízos morais em matérias políticas, mas declarou não ver relação entre a orientação e a “campanha” que a acusava de ser favorável ao aborto.

“Vamos separar as questões. Acho que o Papa não tem nada a ver com isso. Aqui ocorreu uma outra coisa, ocorreu uma campanha que não ocorreu à luz do dia. Quem fez a campanha não se identificou, não mostrou sua cara. Foi uma campanha de difamações, de calúnias e algumas delas ao arrepio da lei”, afirmou a petista.

Dilma afirmou que o Papa "tem direito” a manifestar sua posição. “Eu acho que é a posição do Papa e tem de ser respeitada. Encaro que ele tem direito de se manifestar sobre o que ele pensa, é a crença dele, e ele está encomendando uma orientação.”

A petista reafirmou ser contra o aborto, mas a favor do tratamento das mulheres que recorrem à clandestinidade para interromper a uma gestação. “Cansei de repetir qual minha posição nessa questão do aborto. Eu, pessoalmente, sou contra o aborto, mas sei que a cada dois dias morre uma mulher nessas circunstâncias. Eu não acredito que ninguém em sã consciência recomende que se prenda essas mulheres.”"

Fonte: G1

Faltam menos de três dias: momentos finais

Antes de mais nada, parabéns aos funcionários públicos pelo seu dia. Meu pai, durante boa parte de sua vida, foi funcionário do Ministério da Saúde. Saudade dele...
Esse mês também teve o Dia do Médico e o Dia do Dentista. Parabéns!
Parabéns também ao Presidente Lula, que fez aniversário ontem.
Mas o assunto do post é outro dia, que vem por aí: domingo, 31.
Faltam menos de três dias ou, como diz o Nassif, três edições do Jornal Nacional a serem atravessadas.
Neste momento o desafio já é menor. A maior parte do trabalho de esclarecimento contra os ataques à candidatura Dilma no primeiro turno e início do segundo já foram feitos em sites, blogs, twitter, e-mails, conversas, etc.
Vejam, por exemplo, aqui no Blog: Esclarecimentos Definitivos.
Se as pesquisas estiverem certas, a luta não terá sido em vão. Aliás, nunca é.
De qualquer forma, nesses últimos momentos, fiquemos atentos.
Hoje é o último programa eleitoral. Amanhã o último debate. Na Globo...
Reproduzimos abaixo, parte de um post que o Azenha colocou ontem no Viomundo. O restante vocês leiam lá no site dele mesmo.
Em tempo: os problemas relatados no primeiro parágrafo foram sentidos também por este blog. Vejam post mais abaixo.
Depois voltamos ao assunto.

As teorias dos leitores para as próximas 80 horas

por Luiz Carlos Azenha

Começo com um agradecimento pela audiência recorde dos últimos dias. E um agradecimento especial àqueles que me alertaram, por e-mail, via twitter ou por telefone dos problemas que o site enfrentou no início da semana. Temos uma espécie de espelho do site, hospedado fora do Brasil e, se for necessário, vamos informar por twitter como chegar até ele. Pura precaução.

Gostaria de informar que, infelizmente, por falta absoluta de tempo, não posso responder a todas as mensagens que chegam (via twitter, no facebook, por e-mail, nos comentários). Tento acompanhar tudo de perto, mas tenho compromissos profissionais e familiares que não podem esperar.

Nas últimas horas, registro um grande aumento de comentários e mensagens de gente preocupada com o que vai acontecer nas próximas 80 horas. Há os que simplesmente não conseguem passar sem um bom boato, trama ou conspiração.

Eu trabalho com fatos, mas não posso deixar de notar que as campanhas clássicas da direitona — e estamos numa delas – trabalham com desinformação+confusão=desmobilização.

Foi assim em 1989, no Brasil, quando vestiram o sequestrador de Abílio Diniz com camiseta do PT. Foi assim na Venezuela, no golpe de 2002, como ficou registrado nos documentários A Revolução Não Será Televisionada e Puente Llaguno. Foi assim na Bolívia, em 2002, quando Gonzalo Sanches de Lozada se elegeu (e foi registrado no documentário Our Brand is Crisis). Foi assim no México, em 2006 — e ficou registrado no documentário Los Dueños da Democracia. Foi assim no confronto entre Barack Obama e John McCain, em 2008, nos Estados Unidos, que acompanhei de perto.

Clique no nome dos documentários para assistí-los em meu canal do You Tube.

É óbvio que tudo pode correr calmamente até domingo, sem grandes surpresas. É o que espero.

Porém, deixo registradas abaixo as principais preocupações de leitores do site, recebidas por e-mail, que agrupei em quatro grupos.

Leiam as preocupações dos leitores aqui.

27 de outubro de 2010

Os Cães Ladram A Caravana Passa

Ou seja, não importa o barulho que os cães latindo façam.
A caravana continuará seu caminho, apesar deles. É um ditado árabe, acho.
É do deserto.
As últimas pesquisas nos reforçam a esperança de uma resposta popular no dia 31(13!), apesar do barulho contrário, artificialmente criado pela grande mídia em seu busca incessante por controlar as mentes.
Ou, mais além, feito zumbis em filmes Z: Brain!
O texto abaixo foi escrito pelo titular do Blog, Luiz Felipe Muniz, em resposta a um desses e-mails que buscam detonar Lula e Dilma com artifícios intelectuais.
O Felipe respondeu em moeda válida, não em moeda podre. Um oásis no deserto. Mostra que a caravana continuará avançando. Apesar deles. Vocês sabem quem.
______________________________________________________

"...em nome não só da verdade** como também da inteligência e da honestidade intelectual...", a que ponto chegamos neste segundo turno???!!!

...e aí me permita dizer, é preciso que vocês, que acreditam e apostam neste caminho, no mínimo, admitam a revolução que se processa veloz por aqui e no mundo...caso contrário não haverá espaço para diálogo...estarão fora do processo aos berros e delírios...e, pelo amor de algum destes deuses de plantão, não subestimem os seus outros na democracia, isto somente é válido em outros sistemas...vocês, da mesmíssima forma dos demais, não - definitivamente não - são os arautos e donos dos verdadeiros caminhos, nem são os depositários fiéis da inteligência humana, e muito menos da honestidade, dita aqui intelectual...

Se os caminhos da generalidade, em tempos tão complexos e intensos, lhes são tão desconfortáveis a ponto de duvidarem do cotidiano e questionarem as suas próprias convicções ao limite, tão arduamente conquistadas em noites e noites de insônia, debruçados em livros e mais livros, numa busca incessante pela luz maior de todas...caro doutor, estamos sim num novíssimo tempo e ele ditará novos desafios e novos costumes, se não houver guerras fatais...e toda a intelectualidade será cobrada, mesmo em tempos incertos e generalistas, não centrem suas questões mais pessoais na popularidade histórica de um lider reconhecido pelo seu próprio povo e por todas os demais líderanças mundiais...se queres carona basta inserir-se na luta sem medo da conversão...

O FHC representa muitíssimo bem alguns poucos segmentos, no meu humilde entendimento: retrógrados sim, egocêntricos sim, antropocêntricos sim, especialistas sim...da intelectualidade brasileira, mas não a grande maioria dos pensadores deste país, notadamente tropical e mestiço, caríssimo senhor doutor.

E como eu acredito na jovem e incipiente democracia vivida por nós, assistida atentamente pelo mundo inteiro neste momento, tanto é que afirmo, que o caríssimo doutor tem o direito legítimo e constitucional de apoiar e lutar pelo que faz abertamente a mídia de massa no Brasil contra um governo legítimo que marcará para sempre a história moderna do maior pais da América do Sul...; mas também registro que o seu direito legítimo termina no limite do meu direito legítimo de reprovar e condenar, com veemência, cada palavra, cada gesto, cada manobra eleitoral criminosa, cada intolerância, cada pré-conceito, cada ofensa gratuita... o que faz desta mesma mídia e de intelectuais como o senhor apenas mais um segmentos de nossa frágil democracia tropical...o povo sempre estará acima do que pensam os operadores articulados da inteligência humana, da "verdade" e da "honestidade" supostamente depositada num viés de intelectualidade!

Não é tarde, jamais será tarde para descobrir onde foi que erramos todos e permitimos que a sociedade brasileira esteja agora refém de marqueteiros tão refinados...como o ilustríssimo senhor doutor!

Muito respeitosamente,

Luiz Felipe Muniz de Souza

Os pensamentos rápidos de Susanna

São quase 13 horas. Tuma morreu ontem. Néstor Kirchner morreu hoje. Na Oceania, no paraíso de Bali, muitas mortes por conta de Tsunami e vulcão. Nova pesquisa Sensus. Dilma sofrerá novos ataques até as eleições? A reunião daqui a pouco está confirmada? A cirurgia de um conhecido já está marcada? A convenção de Nagoia sobre Diversidade Biológica vai ser um fracasso? Minhas contas não fecham. Tem as apresentações de teatro e ballet da minha filha e a prova do ENEM do meu filho.
Muitos pensamentos ao mesmo tempo agora.
Os budistas devem ter razão. Precisamos acalmar a mente.
Susanna também precisa.


Churrasco, Cerveja & Rock'n Roll (não tem Pagode)

Esse é um post mais "regional".
O filho de uma amigo é baixista da banda Crazy Clowns of Shakespeare (gosto desse nome), que vai se apresentar no próximo sábado à tarde, conforme anúncio acima (cliquem para ver melhor os detalhes).
O que acho mais legal nisso é que, se você for ver a história do rock, vai perceber que grande parte das bandas (Beatles inclusive) c0meçou assim, em pequenos encontros vespetinos de sábado.
Quem sabe dessas aí não saíra uma grande banda internacional...

CNT/Sensus hoje: Dilma 58,6 x 41,4 Serra (votos válidos)

Diferença de 17,2 pontos!!
É bom lembrar que o Sensus na última pesquisa (20 de outubro) foi o que tinha dado menor diferença: 5,6 pontos.
Mas porque esse descompasso tão grande entre uma pesquisa e outra, com uma semana entre elas? O instituto mudou os critérios?
Uma explicação:
"Para o diretor do instituto Sensus, Ricardo Guedes, a ampliação da vantagem de Dilma se deve a fatores econômicos. Para ele, a disputa sobre “valores” perdeu espaço na eleição. “Houve um processo de desconstrução da imagem da Dilma no final do 1º turno e no início do 2º, mas no momento que a desconstrução aconteceu dos dois lados, a questão valorativa deixou de ser moeda principal e volta o foco para o econômico-político, em que Dilma abre vantagem”."

26 de outubro de 2010

Jean Michel Jarre - Rendez Vous

Para encerrar a terça, uma apresentação do compositor e tecladista francês Jean Michel Jarre na Dinamarca em 2005.

O evento foi uma comemoração dos 200 anos de nascimento do poeta e escritor Hans Christian Andersen.

Com orquestra e coral.

Muito bom.

Datafolha: Dilma 56 x 44 Serra (votos válidos)

A diferença de 12 pontos continua!
E Lula com incríveis 83% de aprovação total!

Um Blog da Rússia: Raridades Musicais

Acabei de verificar no post anterior (video com os depoimentos a favor da Dilma por parte de Chico Buarque e Leonardo Boff) o seguinte comentário de nosso leitor Rodrigo:

Marcos ou Luiz Felipe, vendo o Chico Buarque nos lembramos é claro de música.
E vocês colocaram um link para um blog especializado em música dos anos 60 e 70 no campo Sugestão do Blog.
O que não entendi é que trata-se de um blog escrito em russo e nem tem trechos das músicas para ouvir, pelo menos eu não achei.

Gostaria de saber a vantagem de olharmos um blog desse, sobretudo porque eu me interessei pelos discos mostrados, não conheço nada daquilo, mas não endendo a língua nem consigo ouvir as músicas. Podem me explicar?


Resolvi responder aqui no espaço principal de nosso blog porque esta pode ser a dúvida de outros leitores.
Realmente ontem coloquei mais três sugestões em nosso espaço de acesso direto a outros sites e blogs: "Outras Palavras", "Documentários de Verdade" e "Music 60-70".
O primeiro é um blog ligado à publicação "Le Monde Diplomatique", com interessantes análises políticas e históricas. O segundo é diferente: disponibiliza documentários para download ou para ver em Streaming. São documentos em video e produções que dificilmente achamos por aí. Vale a pena a visita.
O terceiro é justamente o citado pelo Rodrigo.
"Music 60-70" é mesmo um blog feito na Russia e, como o nome diz, especializado em música das décadas de 1960 e 1970.
A ação deles é a seguinte: pegam discos raros de vinil, escaneiam as capas e fotos, digitalizam as músicas, tecem comentários sobre o trabalho e postam diariamente de um a quatro álbuns.
O que eles fazem é trazer à luz para os interessados coisas que em sua maior parte nunca foram reeditados em CD e permanecem esquecidos.
Em resumo fazem um resgate histórico de trabalhos feitos no mundo inteiro, principalmente rock e suas dezenas de variações, abrangendo o período de 1960 a 1979.

Sem essas iniciativas (existem muitos outros blogs desse tipo) essas realizações teriam o destino do esquecimento total. Não se trata portanto de "pirataria" e sim de um trabalho de divulgação.
Para quem gosta é um tesouro!
Rodrigo, dá para ler mais ou menos do que se trata se você apertar um botão do lado esquerdo, na parte superior logo abaixo da foto do Led Zeppelin.
Ali você habilita o tradutor do Google e escolhe a língua portuguesa. O Blog é então recarregado, já em nossa língua. É claro que trata-se de uma tradução "mambembe", porque é feita por palavra e não frase, mas pelo menos você terá como conferir algumas informações básicas.

Pode-se baixar o disco inteiro clicando no termo "Narod.ru".
Será redirecionado para um provedor de download. Basta digitar um código que aparece na parte inferior, lado esquerda e clicar em "Download". Normalmente o disco vem em arquivo compactado.
Atenção, volto a afirmar, na quase totalidade são antigos e raros discos de vinil que não estão disponíveis para venda em lugar nenhum, configurando um trabalho de preservação de memória musical por parte dos russos que editam o Blog.
Vejam o caso dessas duas capas que reproduzo aqui. Alguém aí tinha ouvido falar do grupo de Contry & Blues-Rock "Cochise" de 1971 e da banda feminina(!) de Garage e Psychedelic Rock "Feminine Complex" de 1969? Eu não.

25 de outubro de 2010

Vale a pena ver e ouvir de novo: Chico Buarque & Leonardo Boff

O fim do Walkman

Acho que vou ter mesmo que criar uma série chamada "O tempo passa...".
Acredito que as gerações da década de 1960 para cá foram as que mais presenciaram as mudanças de hábitos decorrentes dos rápidos avanços tecnológicos.
Não vou enumerar os diversos itens (talvez os maiores sejam na área de comunicação e lazer: televisão, internet, celular), mas o que me chamou atenção foi que li ainda agora que a Sony anunciou que vai deixar de produzir o Walkman no Japão. Leiam a notícia abaixo.
Eu imaginava que já não era produzido há muito tempo, mas me surpreendi com o fato de que ainda existem enstusiastas das fitas cassetes.
Mas porque? No caso dos discos de vinil há fatos e dados que comprovam a qualidade dos mesmos em alguns pontos não atendidos pela tecnologia digital. Além disso existem os fatores coleção e as belas capas em tamanho grande. Assim, justifica-se a manutenção dos mesmos.
Mas no caso das fitas...
Acho que tenho uma explicação: nostalgia e o cansaço de tentar acompanhar tanta evolução que obriga você a ficar descartando o que tem e comprando sempre o novo e o "melhor".
Neste momento, a febre é o Blu-Ray Disc. Ou seja, DVD já era. Essa expressão "já era" também é ultrapassada. Já era.
O que aconteceu é que acabei por me lembrar de bons tempos, há 25 anos (aproximadamente) quando comprei meu primeiro Walkman.
E deu vontade de gravar umas fitas cassetes (lado A e lado B) para os amigos.
Até hoje tenho muitas de minha coletâneas em K7 (também tinha essa grafia) guardadas. Mas nem sei pra quê...
Eu acompanho essa evolução, mas acho que também já estou ficando cansado.

Agora até o Discman já é difícil de achar. Para ouvir música de forma portátil só via Ipod ou celular.
Quero de volta o meu Walkman para ouvir minhas fitas K7!

______________________________________________________

Sony põe fim ao Walkman

"A Sony anunciou, a semana passada, que vai pôr fim à comercialização no Japão do conhecido leitor de cassetes. Mas os aparelhos vão continuar a ser vendidos em países menos desenvolvidos (e a marca Walkman continuará a ser usada nos leitores de MP3).

Na década de 1980, o Walkman teve o mérito de ser um aparelho barato e prático (para os padrões da altura), de ter som stereo e, sobretudo, de ter sido bem publicitado pela empresa.

Já em 1978 a própria Sony comercializara um leitor portátil de cassetes. Mas era demasiado caro para o consumo geral. Um dos administradores da Sony, porém, era fã do aparelho (usava-o nas longas viagens de avião) e deu instruções para que a empresa criasse um leitor semelhante, mas com um preço reduzido.

O primeiro mês após o lançamento foi decepcionante: apenas três mil unidades foram vendidas. Porém, o marketing da Sony acabou por triunfar e, até ao final de 1979, as vendas dispararam.

Um dos problemas que a Sony enfrentou inicialmente foram os grandes fones de ouvido – inicialmente eram considerados inestéticos e foram um entrave à adoção do aparelho. Mas a Sony (em parte graças a anúncios com pessoas famosas a usá-los) conseguiu

A marca Walkman veio a ser usada noutros leitores de áudio da empresa, incluindo o leitor de CD, de mini-discs e os novos leitores digitais.

Há cerca de um ano, a BBC fez uma experiência: pediu a um adolescente de 13 anos que usasse um Walkman em vez do iPod. Foram precisos três dias para que o jovem descobrisse que a cassete tinha dois lados."

Fonte: Público

24 de outubro de 2010

Domingo sem incidentes

Até o momento, que eu saiba, não aconteceu tumulto nas passeatas e carreatas de Dilma e Serra hoje no Rio.
Faço esse comentário porque estava preocupado.
Leiam o texto abaixo do Rodrigo Viana (o Escrevinhador) que ele escreveu ontem e entenderão.
Falta uma semana para a decisão final.
A preocupação agora é só a fabricação e "hiper-divulgação" de um fato negativo novo.
Contra quem? É óbvio, né?
Já viram alguma coisa sendo dita contra o FHCerra nesta campanha por parte da grande mídia?

Dilma e Lula hoje na Zona Oeste (minha terrinha, vejam post anterior) do Rio (foto Agência O Dia)

Os riscos na reta final da eleição
"Pesquisas internas do PT – avisa-me um colega muito bem informado - mostram que a diferença entre Dilma e Serra segue a se alargar: nesse fim-de-semana, em votos válidos, o resultado é Dilma 57% x Serra 43%.

Desde o debate na “Band” – quando partiu para o confronto, e mudou a pauta do segundo turno – a tendência tem sido essa. O que aparece nas pesquisas Ibope, DataFolha e Vox Populi da última semana - que apontam vantagem entre 10 s 12 pontos para Dilma. Só o Sensus trouxe um levantamento diferente, com vantagem de 5 pontos.

A última capa da “Veja” – que muitos viam como ameaça para Dilma – foi apenas mais um factóide, sem importância, que não para em pé. Além disso, nas bancas de todo o país, estará exposta ao lado da “Istoé” e da “CartaCapital” – que trazem capas desfavoráveis a Serra. Nese terreno, o jogo está empatado. O progama de TV de Dilma segue melhor.

Então, qual seria a aposta de Serra para virar o jogo? Como sempre, a aposta está nas sombras.

Escrevi há alguns dias um texto sobre as “Cinco Ondas” da campanha negativa contra Dilma. O texto está aqui. O desdobramento final dessa campanha de medo e boatos (ou seja, a ”Quinta Onda”) seria ”mostrar” ao eleitor que a “Dilma terrorista” e o “PT contra as liberdades” não são apenas boatos. A Quinta Onda, pra dar resultado, precisa gerar fatos. Não pode viver só de boatos.

Serra parece ter chegado à Quinta Onda, com o factóide da bolinha de papel em Campo Grande. Caiu no ridículo, é verdade. Mas a mensagem que interessa a ele segue no ar (especialmente na Globo): “os petistas agridem, são violentos”.

Por isso, o grande risco dessa reta final é a criação de um factóide de maior gravidade: temo muito pelo que possa acontecer no Rio nesse domingo, com passeatas do PT e PSDB marcadas para o mesmo dia (felizmente, o PT mandou cancelar qualquer atividade na zona sul, onde os tucanos vão marchar).

Serra precisa de tumulto, de militantes tucanos feridos. Ou até de uma agressão mais grave contra ele mesmo. Imaginem só, entrar na última semana de eleição com essa pauta: “PT violento”, “a turma da Dilma é terrorista”. Imaginem Serra com um curativo na cabeça no debate da Globo!

A emissora dirigida por Ali Kamel já mostrou que não terá limites na tarefa de reverberar a onda serrista – seja ela qual for.

Serra quer criar tumulto. Serra precisa do tumulto. Só o tumulto salva Serra."

Reminiscências em uma pequena crônica dominical ou: Sobre amoras, araçás e jabuticabas

Devo estar ficando velho. Não que pareça, já adianto. A genética e alguma atividade física têm me ajudado ao longo deste meio século mais 1 (mais 1 ano e não mais 1 século).

Essa percepção é despertada quando algum fato me dá uma espécie de nostalgia de tempos que não voltam (como diria o compositor).

Ou quando me pergunto: “cadê aquelas coisas legais que não existem mais?” ou “por onde andam aquelas pessoas que já estiveram tão presentes em minha vida?”.

Já me entenderão melhor.

Tive uma infância meio urbana meio rural (o que sempre me faz lembrar de um disco do saudoso músico Paulo Moura: “Confusão Urbana, Suburbana e Rural”, de 1976; não que eu tenha sido um jovem confuso, nem tenha participado de atos de ‘confusão’, embora eram tempos de ditadura, mas eu era uma criança).

Nasci e morei até os 12 anos na Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro, área que começa no final da Barra da Tijuca e avança até Santa Cruz, passando pelo Recreio, Jacarepaguá e Campo Grande. Longe, portanto, do ‘glamour’ da Zona Sul.

Em frente à minha casa havia uma imensa área livre, um sítio aberto a todos, com riacho, mangueiras, goiabeiras, coqueiros, pé de laranja lima (lembram do belo livro autobiográfico do José Mauro de Vasconcelos que depois foi transformado em filme e novela?), jamelão, tamarindo, campo de futebol e até bois criados soltos.

Pois recentemente estive em um desses estabelecimentos “hortifruti” e fiquei olhando a profusão de frutas ali disponibilizadas. Me aproximei das estantes que continham aqueles espécimes considerados mais “raros”, menos consumidos, para dar uma olhada no que havia por ali.

De repente percebi que eu não estava olhando por olhar e sim estava procurando algo. E eram três tipos de frutinhas.

Voltando ao túnel do tempo, em flashback: além do citado sítio, o quintal de minha casa era grande e havia ali também alguns pés de fruta. Tanto árvores, como arbustos.

Pois naquele momento, em frente às estantes, eu me vi outra vez em meu quintal, criança pequena, tirando direto do pé, amoras vermelhas e roxas, jabuticabas e araçás.

Não sei quantos que lêem esse texto aqui no blog conhecem essas frutas. Não cabe aqui descrevê-las, a não ser seus sabores agridoces, suas cores marcantes, seus perfumes inesquecíveis.

Pois há muito tempo não vejo nem saboreio essas delicadezas. Saíram de moda ou nunca frequentaram esses estabelecimentos? De qualquer maneira, pela fragilidade, não resistiriam muito tempo ao ritmo frenético e às distâncias da cidade grande.

Acho que elas estão lá, escondidas na roça, esperando quem sabe pela criança que já fui e que erroneamente teimo em nunca mais voltar a ser.

Na verdade, ao olhar aquelas estantes do hortifruti procurando amoras, araçás e jabuticabas eu estava procurando, além das frutas, a minha infância perdida.

Não encontrei nenhuma coisa nem outra. Estão muito distantes agora.

Quem sabe eu ainda encontre as frutas por aí. Pelo menos isso...

Bom domingo!


Uma trilha sonora para essa crônica:

Trecho da novela "O meu pé de laranja lima", baseado no livro citado: